Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Arthur Badalotti, primeiro presidente campeão com a Chapecoense, comemora boa fase do time: "O nosso melhor jogador é o Bruno Rangel"

11 de setembro de 2013 1
Passado e presente: Arthur Badalotti, presidente em 1977, e Sandro Pallaoro atual presidente da Chapecoense. Foto: Sirli Freitas, BD, 29/04/2011

Passado e presente: Arthur Badalotti, presidente em 1977, e Sandro Pallaoro atual presidente da Chapecoense. Foto: Sirli Freitas, BD, 29/04/2011

A Chapecoense perdeu para o Oeste, na terça-feira, por 1 a 0. O Verdão do Oeste foi até Itápolis (SP) desfalcado de Athos, Paulinho Dias e Fabinho Alves, todos suspensos. Mesmo com a derrota a Chape continua em segundo lugar e com uma vantagem de 10 pontos para o terceiro colocado. Campanha que deixa orgulhosa toda Chapecó e em especial Arthur Salvador Badalotti. Esse torcedor de 83 anos tem uma relação muito especial com a Chapecoense.

Arthur Badalotti foi o primeiro presidente campeão pelo Verdão com o título Estadual em 1977. Sempre próximo do clube até hoje ele sofre com o time nas arquibancadas da Arena Condá, mas atualmente ele tem tido apenas alegrias.

— Eu fui presidente, mas antes disso eu trabalhei muito pelo clube. Eu fico contente em saber que a Chapecoense está em um bom momento e que tem gente muito boa trabalhando no clube — disse o ex-presidente por telefone.

Como qualquer outro torcedor fanático, Arthur Badalotti também tem seus ídolos. O vovô da Chape adora o goleiro Nivaldo, mas para ele atualmente o grande craque do time é o centroavante Bruno Rangel, artilheiro da Série B com 19 gols.

— O nosso melhor jogador é o Bruno Rangel, ele faz gols de tudo que é tipo. É um rapaz muito gente boa.

Arthur Badalotti também é um admirador do trabalho de Sandro Pallaoro, atual presidente da Chapecoense.

— Ele é muito trabalhador e honesto, como todos que estão nessa diretoria. Ele é muito parecido comigo quando presidia o clube com tudo certinho e pagando as contas corretamente — comparou o ex-presidente.

Na próxima semana será lançada a licitação para ampliação da Arena Condá. Como informou o prefeito de Chapecó, José Cláudio Caramori, em entrevista ao Diário Catarinense o projeto de ampliação será finalizado até sexta-feira pela Secretaria de Desenvolvimento do município. De acordo com o prefeito, a Ala Leste terá capacidade para pelo menos dez mil lugares, encostará nas alas Sul e Norte, ficará mais próxima o campo num formato de tobogã. Com isso a capacidade da Arena vai passar para 20 mil lugares.

— Eu não sei como eles vão fazer para tocar o time até lá (terminar a reforma), tem que ter muito dinheiro. Mas eles têm dinheiro para tocar. E tudo tem que ser bem feito para dar certo.

Nascido e criado em Erechim (RS), Arthur Badalotti chegou a Chapecó com apenas 20 anos e se apaixonou pelo Oeste catarinense. E que glória seria para ele ver o time que ajudou a profissionalizar chegar a uma Série A:

— É um sonho para quem viveu o que eu vivi por esse clube — finalizou.

Comentários (1)

  • Nelson Neckel diz: 12 de setembro de 2013

    Parabéns a este Senhor Badalotti que teve seu nome marcado pela historia da Chapecoense, e que esta nova geração nos de ainda mais alegria PARABÉNS A NOSSA ATUAL DIREÇÃO, Pallaoro e Cia.

Envie seu Comentário