Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de dezembro 2013

Footecon: Felipão confirma Fred na Copa e Brasil pode fazer amistoso contra Sérvia

11 de dezembro de 2013 0
Felipão garantiu Fred na Copa do Mundo. Foto: André Podiacki

Felipão garantiu Fred na Copa do Mundo. Foto: André Podiacki

O técnico da Seleção Brasileira foi o grande astro do último dia de Footecon, no Rio de Janeiro. O comandante brasileiro, junto com o auxiliar técnico Flávio Murtosa, palestrou sobre a preparação do Brasil para a Copa do Mundo de 2014.

O planejamento foi entregue a CBF no dia 19 de dezembro de 2012. O trabalho de 87 semanas só termina no dia 13 de junho, na final da Copa. Confiante, Luiz Felipe Scolari só fala em conquistar o título.

— Assumi a Seleção para ser campeão, vou falar outra coisa?

Confiante sobre o título, mas com algumas dúvidas ainda sobre os 23 jogadores que serão convocados. Fred está garantido.

— A Copa é em junho, ele terá tempo para se recuperar — disse o treinador.

Além disso, outros atletas entraram na briga como o meia Willian, do Chelsea, e Robinho, do Milan.

Amistosos

O Brasil enfrentará dois adversários dias antes da Copa do Mundo. Serão esses jogos que vão preparar o time para o mundial. Durante o Footecon Felipão, Murtosa e Carlos Aberto Parreira confirmaram que a Sérvia é uma forte candidata a um desses jogos.

— Queremos um adversário mais complicado e um mais tranquilo. A Sérvia está mais próxima, mas pode ser a Republica Tcheca — disse Scolari.

Murtosa ainda completou que o outro adversário deve ser um dos países caribenhos.

— Queremos enfrentar adversário que já atuaram contra as seleções que enfrentaremos na primeira fase da Copa — finalizou o auxiliar da Seleção.

Durante palestra do Footecon técnico Vinícius Eutrópio confirma renovação do Figueirense com o atacante Pablo

11 de dezembro de 2013 3
Eutrópio confirmou a renovação com o atacante Pablo. Foto: André Podiacki

Eutrópio confirmou a renovação com o atacante Pablo. Foto: André Podiacki

Foi Carlos Alberto Parreira que indicou o nome de Vinícius Eutrópio para o Figueirense, mostrando mais uma vez sua confiança no técnico alvinegro Parreira convidou Eutrópio para palestrar na décima edição do Footecon.

Junto com o treinador Caio Júnior o comandante do Furacão ministrou a palestra Quais atributos do jogador se tornarão mais valiosos? A condição física? A técnica? A habilidade? A inteligência de jogo? Algum atributo alternativo?

Durante a apresentação Vinícius Eutrópio utilizou diversos lances do Figueirense para exemplificar suas teorias. Em uma delas mostrou o golaço de Pablo contra o ASA, na 37ª rodada, e anunciou:

Eutrópio mostra um lance do último clássico para exemplificar uma de suas teorias. Foto: André Podiacki

Eutrópio mostra um lance do último clássico para exemplificar uma de suas teorias. Foto: André Podiacki

— Esse é um jogador de 21 anos, bom não vou falar muito. Na verdade eu posso, já fechamos com ele, não é Pastana — disse indagando o Superintendente de Esportes do clube, Rodrigo Pastana, que acompanhava a palestra da plateia.

Com um balançar de cabeça Rodrigo Pastana confirmou o acerto com o atacante.

Depois da palestra conversei com Pastana que me disse que está tudo praticamente acertado. Pablo deve renovar seu empréstimo até o fim de 2014.

A palestra

Vinícius Eutrópio falou do processo de desenvolvimento do ensino do futebol. Salientando a importância da estrutura do espaço em campo, relação do treinamento para a adaptação do minicampo (trabalhou feito nos treinos) para um gramado maior. Mostrando que a relação com a bola não pode ser apenas o adestramento técnico. Além de ensinar a comunicação corporal, os atletas aprendem a entender os sinais através do posicionamento em campo.

Para Zagallo o melhor do mundo em 2013 é Cristiano Ronaldo

11 de dezembro de 2013 0

No dia 14 de janeiro a Fifa vai anunciar o vencedor da Bola de Ouro. Mas, para o multicampeão Zagallo o prêmio já tem dono. Segundo o Velho Lobo Cristiano Ronaldo foi o melhor jogador da temporada.

Zagallo aposta em Cristiano Ronaldo na Bola de Ouro. Foto: André Podiacki

Zagallo aposta em Cristiano Ronaldo na Bola de Ouro. Foto: André Podiacki

O simpático tetra campeão do mundo passou a terça-feira no Footecon. Zagallo não palestrou, não participou de nenhuma mesa redonda, apenas foi ao evento para prestigiar o amigo Carlos Alberto Parreira e aprender. Mesmo aos 82 anos o Velho Lobo ainda gosta de se atualizar.

_ Cristiano Ronaldo foi o melhor esse ano. A última partida dele por Portugal foi fora de série. Eu acho que com esse jogo que classificou a Portugal para a Copa sintetizou tudo que ele fez na temporada _ analisou.

Para Zagalllo, Messi ainda é melhor que o português, porém em 2013 para ele Cristiano Ronaldo foi o melhor, mesmo Ribery tendo sido um dos protagonistas da fantástica temporada do Bayern de Munique.

_ O Messi teve uma lesão e não pode ter uma continuidade. É um craque. Mas o Cristino vinha sempre batendo na trave e nesta temporada merece.

Sobre o craque da Copa do Mundo de 2014 a lenda do futebol brasileiro não tem dúvidas:

_ O Brasil se Deus quiser vai ganhar essa Copa. Quem é que poderia ser o melhor jogador? Neymar, levantando a taça com o hexa para a gente.

Seedorf é o destaque do primeiro dia de Footecon

10 de dezembro de 2013 0
Foto: André Podiacki

Foto: André Podiacki

O primeiro dia de Footecon teve conversa tática com Tite, mostrando o Corinthians campeão mundial, e com Carlos Alberto Parreira, mostrando o duelo tático de Barcelona e Bayern de Munique. Além disso, uma conversa sobre o calendário do futebol brasileiro com Filipe Ximenes, Américo Faria, Vagner Mancini e Seedorf.

O holandês foi o grande destaque do Footecon até agora. Com poucas palavras mostrou seriedade e consciência do país que vive. Ele sabe a importância dos campeonatos estaduais e por isso não pede o fim da competição por um calendário mais tranquilo.

Filipe Ximenes, Americo Faria, Fernando Gomes, Seedorf e Vagner Mancini no Footecon. Foto: André Podiacki

Filipe Ximenes, Americo Faria, Fernando Gomes, Seedorf e Vagner Mancini no Footecon. Foto: André Podiacki

_ O problema não é a quantidade de jogos, mas sim o acumulo delas em um curto período de tempo. A minha proposta é que o Campeonato Brasileiro deveria começar junto com o Estadual. Assim valorizaria o campeonato regional que poderia ser mais longe. Mais jogadores podem participar. Ao invés de disputar o Brasileirão em seis meses disputamos em 10 como é no resto do mundo _ analisou.

Seedorf também pediu mais atenção com as pessoas, com a parte humana:

_ O futebol tem uma responsabilidade social. A parte humana é fazer pessoas corretas e não corruptas. Os clubes tem que ter esse olhar também.

Para fechar com chave de ouro ainda brincou com Carlos Alberto Parreira. O organizador do Footecon fez uma pergunta sobre o calendário do futebol ao holandês e o jogador já tinha falado do assunto. De bate-pronto Seedorf respondeu brincando:

_ O professor estava no telefone quando eu falei isso né?

Ao fim da palestra abraçou Zagallo, que sentado na primeira fileira assistia a mesa redonda. Seedorf deixou o Sofitel, em Copacabana, aplaudido, o mais referenciado do dia.

Footecon 2013: para Max Gehringer clubes de futebol não podem ser administrados como empresas

10 de dezembro de 2013 0
Max Gehringer durante o Footecon. Foto: André Podiacki

Max Gehringer durante o Footecon. Foto: André Podiacki

O Footecon é o maior evento no Brasil sobre discussão de futebol. Organizado pelo campeão mundial Carlos Alberto Parreira, o evento chega ao seu décimo ano. Lugar para troca de informações, é frequentado por vários treinadores e integrantes de comissões técnicas de todo o Brasil, incluindo gestores de esporte. Neste ano estou aqui acompanhando o congresso e vou trazer algumas coisas que achar interessante.

Sem realizado no Rio de Janeiro, o evento deste ano teve como palestra de abertura o administrador de empresas, escritor, autor de diversos livros sobre carreiras e gestão empresarial, comentarista da CBN, Max Gehringer.

O tema era Planejamento e Determinação para a Copa do Mundo de 2014. Porém, o administrador abriu sua palestra falando sobre a gestão dos clubes de futebol no Brasil.

— Quem pensa em administrar um clube como empresa é porque nunca administrou uma empresa — afirmou logo no início.

Para Gehringer outra falácia do futebol é a cogestão _ quando dois ou mais administradores tem interesse em comum. O grande problema, segundo ele, é que clubes e investidores têm interesses diferentes.

— Uma cogestão não pode funcionar, pois o presidente quer títulos imediatos e os investidores querem lucro imediato. Sendo assim muitas vezes jogadores são vendidos para se ter lucro, mas se perde em qualidade técnica — analisou.

Associação de Clubes de SC prepara campanha enaltecendo sucesso do futebol catarinense

08 de dezembro de 2013 1

Santa Catarina terá três time na elite do futebol brasileiro em 2014 _ Criciúma, Chapecoense e Figueirense. O estado será o segundo com mais clubes na Série A, atrás apenas de São Paulo, com cinco representantes. Além disso ainda tem Avaí e Joinville na Série B. Um grande resultado para SC que cresceu demais nos últimos 10 anos.

— A partir do Século XXI o estado entrou no ritmo do pelotão de frente e desde que o Brasileirão começou a ser jogado no sistema de pontos corridos, em 2003, sempre teve representante na Série A — destacou o presidente da SCClubes e do Figueirense, Wilfredo Brillinger.

Nesta segunda-feira você verá nas tevês catarinenses essa propaganda (abaixo) do SCClubes. Ela enaltece o feito catarinense. Assista:

Presidente do conselho do Avaí quer reduzir mensalidades dos sócios

05 de dezembro de 2013 4
Alessandro quer reduzir as mensalidades. Foto: Ricardo Wolffenbüttel

Alessandro quer reduzir as mensalidades. Foto: Ricardo Wolffenbüttel

No dia 12 de dezembro o conselho deliberativo do Avaí se reúne para eleger a diretoria executiva do clube, Nilton Macedo Machado será o escolhido para presidir o clube. Porém antes, o novo presidente do conselho, Alessandro Abreu, colocará em votação uma proposta de redução das mensalidades dos sócios.

A ideia é simples, cobrar um valor menor para ter um número maior de sócios e assim continuar faturando.

— Ainda não definimos qual será a proposta, o valor. Mas queremos simplificar. Haverá três modalidades e posso te garantir que será uma redução considerável — explicou.

Alessandro Abreu também explicou que a ideia é valorizar mais o sócio para que ele não se sinta lesado quando houver promoções de ingressos por exemplo.

— Ser sócio será muito mais barato do que comprar ingressos avulso, temos que trazer esses torcedores de volta — finalizou.

Hoje o Avaí tem categorias de sócios que vão de R$ 15 a R$ 95. Para ser aceita a proposta precisa ser aprovada na assembleia extraordinária com maioria simples de votos.