Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de março 2014

Em três anos como técnico profissional, Hemerson Maria tem a chance de ganhar seu segundo título do Catarinense

24 de março de 2014 1
Hemerson Maria está em sua segunda final do Catarinense. Foto: Leo Munhoz

Hemerson Maria está em sua segunda final do Catarinense. Foto: Leo Munhoz

Esta temporada é a terceiro de Hemerson Maria com treinador de futebol profissional. Depois de um belo trabalho nas categorias de base do Figueirense e do Avaí o técnico ganhou uma oportunidade no comando do Leão no Catarinense de 2012. Maria substituiu o demitido Mauro Ovelha. A diretoria não tinha expectativas de classificar para as semifinais do Estadual, mas a equipe de Hemerson Maria não apenas conseguiu chegar a fase decisiva como também ficou com o título, batendo na final seu maior rival, o Furacão.

Com o Joinville o treinador disputa sua segunda edição do Campeonato Catarinense. E com uma rodada de antecedência sua equipe está classificada para a decisão. O JEC sonha com o título, já que desde 2001 não conquista o torneio de Santa Catarina. Maria sabe da pressão que tem nos ombros, mas confia no seu trabalho e no grupo, pois uma coisa que o técnico sabe administrar é o elenco. Os jogadores gostam de Hemerson Maria, seja pelo seu jeito humilde ou pela sua postura amigável.

Nascido em Florianópolis, mas criado na Procasa, em São José, Hemerson Maria sempre teve o sonho de ser um grande jogador. Foi atleta da base do Figueirense, mas aos 23 anos desistiu de ser atleta por entender que lhe faltava técnica. Decidiu continuar no esporte e virou treinador. Trabalhou por aproximadamente por 10 anos na base do Alvinegro até ir para o Avaí. Hoje, luta para consolidar a carreira de técnico, que é tão difícil quando a de um jogador, e conquistar mais um título do Catarinense seria importantíssimo.

#6 - Foto do dia: a medalha de ouro do russo Roman Petushkov na Paraolímpiada de Inverno

12 de março de 2014 0

A foto do dia é do esquiador russo Roman Petushkov que ganhou a medalha de ouro na prova de Sprint de 1 km nos Jogos Paraolímpicos de Inverno na cidade russa de Sochi na quarta-feira.

Outro esquiador russo Grigory Murygin conquistou a medalha de prata. Maksim Yarovyi, da Ucrânia, garantiu a medalha de bronze.

FOTO: KIRILL KUDRYAVTSEV / AFP

FOTO: KIRILL KUDRYAVTSEV / AFP

#5 - Foto do dia: a seleção catarinense de futebol na década de 1950

10 de março de 2014 0

A seleção catarinense na década de 1950, e que representou Santa Catarina no Campeonato Brasileiro de Seleções. Da esquerda para direita, de cima para baixo: Mosimann (Carlos Renaux), Antoninho (Marcílio Dias), Ivo (C. Renaux), Bráulio (Avaí e Figueirense), Valério (Paula Ramos), Bequinha (Paysandu), Petrusky (C. Renaux), Esnel (C. Renaux), Gaivota (América) , Teixeirinha (C. Renaux e outros), Saul (Avaí), e Helio Olinger, técnico natural de Brusque e ex-atleta do C. Renaux.

blgselecao

#4 - Foto do dia: Chico Lins com a camisa da Seleção Catarinense de Futsal em 1987

07 de março de 2014 0

Em 1987, antes de um jogo da seleção catarinense de futebol de salão o então Governador do Estado, Esperidião Amin, com os atletas Chico Lins (E) e Sérgio Abrahan.

Foto: Arquivo

Foto: Arquivo

Chico Lins que já teve perfil publicado aqui no blog. Você pode reler o post e ver um webdocumentário aqui.

#3 - Foto do dia: Lico, ex-Flamengo e Avaí, caçando passarinho em Florianópolis

06 de março de 2014 1

Em setembro de 1977 o atacante Lico, do Avaí, foi fotografado caçando passarinhos silvestres com um espingarda de pressão em uma chácara em Canasvieiras, no Norte de Florianópolis. O atleta foi advertido pelo IBDF (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal).

Foto: Arquivo pessoal, acervo Evory Pedro Schmidtt

Foto: Arquivo pessoal, acervo Evory Pedro Schmidtt

 

#2 - Foto do dia: José Mourinho quando era jogador de futebol

05 de março de 2014 0

José Mourinho é um dos maiores treinadores de futebol da atualidade, inteligente e polêmico o comandante do Chelsea coleciona importantes títulos, mas como jogador de futebol não conseguiu o mesmo resultado.

Filho do ex-goleiro do Belenenses Félix Mourinho, José começou a carreira na base do Belenenses, se profissionalizou no Rio Ave, voltou ao Belenenses, depois Grupo Desportivo Sesimbra, o seu último clube foi o Comércio e Indústria. Se aposentou aos 24 anos e se formou em Educação Física, até virar o treinador que é hoje.

A foto abaixo é de Mourinho (último a direita, agachado) no seu último ano como jogador de futebol no Comércio e Indústria, em 1987.

 

Mourinho (último a direita, agachado) no seu último ano como jogador de futebol no Comércio e Indústria, em 1987

Mourinho (último a direita, agachado) no seu último ano como jogador de futebol no Comércio e Indústria, em 1987

#1 - Foto do dia: as bolas usadas nas Copas do Mundo

04 de março de 2014 0

Vi essa no Twitter do Rui Catalão (@rcatalao), um gif com todas as bolas usadas nos mundiais desde 1930, no Uruguai, até a Brazuka, a bola oficial da Copa no Brasil.

Entrevista - presidente da Federação Catarinense de Tênis, Rafael Westrupp, avalia edição 2014 e projeta melhorias: "A mudança de data pode nos ajudar"

03 de março de 2014 0
Westrupp espera atrair melhores atletas com a mudança de data do Brasil Tennis Cup. Foto: Charles Guerra

Westrupp espera atrair melhores atletas com a mudança de data do Brasil Tennis Cup. Foto: Charles Guerra

O Brasil Tennis Cup de 2014 não teve nenhuma estrela de renome como na primeira edição, quando Venus Williams esteve presente nas quadras roxas da FCT. Mas isso não quer dizer que o torneio não teve bons jogos. A final foi um exemplo disso. Em três sets, a tcheca Klara Zakopalova conseguiu uma virar sobre a espanhola Garbine Muguruza.
A organização se mostrou mais madura e vive a expectativa de melhores edições em 2015 e 2016. Isso porque o campeonato muda de data. Passa de fevereiro para julho e ainda pode entrar no US Open Series – torneios que antecedem o Grand Slam.

Diário Catarinense − A mudança de data do torneio para julho é melhor para atrair melhores atletas nas edições de 2015 e 2016?
Rafael Westrupp − Essa nossa data em fevereiro ficaria comprometida no próximo ano porque conflitaria com o torneio de Dubai, que paga dois milhões de dólares em prêmios. Assim, a chance de trazer uma grande jogadora seria remota. O Jorge Lacerda (presidente da Confederação Brasileira de Tênis) interveio nesse sentido e passamos pelos crivos do WTA. Em julho não teremos torneios premiere, maiores. Seremos nós e um outro em Baku, no Cazaquistão. Já em 2016 o nosso torneio vai anteceder a Olimpíada do Rio de Janeiro. Apenas duas atletas podem competir por país, isso abriria muitas possibilidades para a gente, porque várias ótimas atletas ficariam sem campeonatos para jogar.

DC − Você ainda sonha em trazer uma top 10?
Westrupp − A intenção de trazer uma top 10 é muito real e viva. O nosso torneio vai começar apenas uma semana depois de Wimbledon. Vamos fazer contatos com atletas, treinadores e agentes e até o final do ano devemos ter um posicionamento. Uma top 10 geralmente pede cachê para participar, mas vamos começar essa procura por agosto, setembro.
DC − Essa alteração também permite que o Brasil Tennis Cup entre no US Open Series?
Westrupp − Essa negociação é em outra escala e o Jorge Lacerda vai ver isso. A data teoricamente nos ajuda. O nosso fuso horário é quase igual, tem uma diferença de duas horas, a nossa quadra é igual, e a logística até os Estados Unidos também.

DC − No ano passado tivemos uma final com a casa lotada. O público decepcionou este ano?
Westrupp − A gente já esperava um público menor. Primeiro, não tínhamos um nome como a Venus Williams, mas por outro lado tivemos uma atleta top 20 (Carla Navarro). Em 2013, teve uma grande expectativa. Outra coisa que atrapalhou foi o Carnaval. Mas não tínhamos como mudar a data do torneio com o WTA.

DC − Vocês estão com negociações com o Costão do Santinho. Qual torneio vocês querem fazer no resort?
Westrupp − Queremos levar a Fed Cup (versão feminina da Copa Davis) para lá. Houve reuniões e deixamos o projeto pronto com o Governo do Estado. Vamos aguardar.