Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "Copa do Mundo"

Victor entrega terço "da sorte do Atlético-MG" para Julio César antes das cobranças de pênaltis

28 de junho de 2014 0
Julio abraça Victor depois da classificação Foto: Vanderlei Almeida/AFP

Julio abraça Victor depois da classificação Foto: Vanderlei Almeida/AFP

Julio César foi o herói do Brasil contra o Chile. O goleiro defendeu dois pênaltis e ajudou a Seleção a passar para as quartas de final. Mas camisa 12 não estava sozinho em baixo da trave, Julio carregou um presente de Victor, goleiro reserva do Brasil.

Em Belo Horizonte, Victor deu ao seu companheiro de time um terço que recebeu de um torcedor do Atlético-MG — time do arqueiro reserva — durante a disputa da Libertadores de 2013.

O Twitter oficial do Galo foi quem percebeu a entrega do amuleto:

PodiCast 10º edição - Lembranças do penta do Brasil em 2002

19 de junho de 2014 0

As brilhantes defesas do goleiro mexicano Ochoa que impediram a vitória do Brasil na Copa do Mundo

17 de junho de 2014 1

O grande destaque do empate em 0 a 0 entre Brasil e México foi o goleiro Guillermo Ochoa. O camisa 13 salvou os mexicanos da derrota com defesas espetaculares. Com 28 anos, o goleiro foi destaque do América do México nas Libertadores de 2005 e 2006. Em 2011 foi negociado para o Ajaccio, da França, mas antes do início da Copa do Mundo seu contrato com o clube francês terminou.

Com certeza propostas não vão faltar para Ochoa depois da partida que fez contra a Seleção. Com quatro pontos, o México só precisa empatar com a Croácia no dia 23 de junho para se classificar para as oitavas de final do Mundial.

Abaixo a primeira grande defesa de Ochoa na partida, uma cabeçada de Neymar e uma grande defesa.

Neste chute do nosso camisa 10 um outra boa defesa

Em um dos últimos lances da partida salvou essa bola do Thiago Silva.

O goleiro saiu satisfeito do jogo, afinal foi o herói da partida.

 

Foto: FABRICE COFFRINI, AFP

Foto: FABRICE COFFRINI, AFP

Japoneses recolhem lixo na Arena Pernambuco após jogo da Copa do Mundo

15 de junho de 2014 6

O Japão perdeu a partida de sábado para a Costa do Marfim, mas os seus torcedores saíram vitoriosos da Arena Pernambuco. Isso por um ato muito simples. Os Japoneses fizeram questão de deixar as arquibancadas do estádio limpas depois do jogo.

Os nipônicos usaram sacos azuis — que durante o jogo serviu para animar o time — para catar o lixo que ele fizeram durante a partida.

 

Fotos: Reprodução

Fotos: Reprodução

A primeira vez: Chile x Austrália

13 de junho de 2014 0
O primeiro jogo entre as seleções foi no Mundial de 1974, Foto via ak-tsc

O primeiro jogo entre as seleções foi no Mundial de 1974, Foto via ak-tsc

Depois de 40 anos Chile e Austrália voltam a se encontrar na Copa do Mundo. No dia 22 de junho de 1974 os dois países se enfrentaram pela primeira vez na história, na última rodada do da primeira fase do Grupo A do Mundial da Alemanha.

O jogo foi tedioso, o empate sem gols foi o placar perfeito para aquela partida sem sal. Mas isso não quer dizer que o jogo não tenha sido histórico. Quem deu gosto ao encontro foi um grupo de chilenos que invadiu o campo com uma bandeira do Chile com a seguinte frase escrita: “Chile socialista”.

Era um protesto contra a ditadura do General Augusto Pinochet. Nove meses antes da Copa, em 11 de setembro de 1973, houve um golpe e Salvador Allende, que havia sido eleito democraticamente, foi tirado do poder. Esse ato iniciou um domínio militar muito sangrento que durou 17 anos, machado por tortura, mortes e abusos.

O protesto chileno na Alemanha serviu para alertar o mundo da insatisfação com a ditadura em seu país.

Quatro décadas depois Chile e Austrália voltam a ser encontrar em um clima muito diferente e longe de problemas políticos. A preocupação das seleções agora é sobreviver no Grupo da Morte da Copa no Brasil. Os dois tentam passar da primeira fase, mas para isso tem que deixar para trás Espanha e Holanda. O jogo começa às 19h na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT).

Assista a um vídeo com melhores momentos e com a imagem do protesto:

FICHA TÉCNICA

AUSTRÁLIA (0)

Reilly; Utjesenovic, Wilson, Schaefer, Curran (Williams); Richards, Rooney, Mackay, Abonyi; Alston (Ollerton) e Buljevic

Técnico: Rale Rasic

CHILE (0)

Vallejos; Garcia, Quintano, Arias, Figueroa, Caszely, Valdez (Farias), Ahumada, Veliz (Yavar), Reinoso, Paez

Técnico: Luis Alamos Morales

Cartão amarelo: Ray Richards (A)
Cartão vermelho: Ray Richards (A)
Arbitragem: Jafar Namdar (IRN), auxiliado por Vital Loraux (BEL) e Arie Van Gemert (HOL)
Data: 22/06/1974
Local: Estádio Olímpico de Berlim, em Berlim (ALE)

Com informações de The Rec.Sport.Soccer Statistics Foundation (RSSSF), Fifa, The Guardian e Southern Cross

OBS: A título de curiosidade vou publicar no blog a cada dia de jogo da Copa do Mundo um pequeno texto trazendo alguns detalhes — aqueles que as minhas pesquisas conseguirem achar —, dos primeiros encontros das seleções.

OBS 2: Se você quiser saber mais sobre a relação da ditadura chilena com o futebol indico o documentário Memórias do Chumbo, o futebol nos tempos do condor: Chile do jornalista da ESPN Brasil Lúcio de Castro.

A primeira vez: Espanha x Holanda

13 de junho de 2014 0
A seleção holandesa em 1920, que ficou com a medalha de bronze

A seleção holandesa em 1920, que ficou com a medalha de bronze

Foi Olimpíada de 1920, em Antuérpia na Bélgica, em que Espanha e Holanda se encontraram pela primeira vez. Quem ficou com a medalha de ouro foi a anfitriã Bélgica. A Tchecoslováquia deveria ser a vice-campeã, porém em protesto contra a arbitragem da partida final deixou o gramado aos 32 minutos do segundo tempo.

Assim, a organização da Olimpíada decidiu fazer um jogo entre a Holanda (que tinha ficado na terceira colocação) e os países que tinham sidos eliminados na fase final. A França se negou a jogar pois a maioria dos seus atletas já tinham retornado para casa. Itália, Noruega, Suécia e Espanha fizeram jogos eliminatórios e a Fúria conseguiu se classificar para enfrentar a Holanda.

A partida foi disputada no dia 5 de setembro de 1920, três dias depois da confusão que terminou com a medalha de ouro da Bélgica. Os espanhóis venceram os holandeses por 3 a 1, com dois gols de Felix Sesumaga e ficaram com a medalha de prata.

FICHA TÉCNICA

HOLANDA (1)

Robert Macneill; Henry Denis, Ben Verweij, Leonhard Bosschart, Frederik Kuipers, Hermanus Steeman, Oscar Van Rappard, Jan Van Dort, Bernardus Groosjohan, Herman Von Heijden e Evert Bulder

Técnico: Frederick Warburton

ESPANHA (3)

Ricardo Zamora; Pedro Vallana, Mariano Arrate, Jose Samitier, Belauste, Ramon Eguiazabal, Ramon Gil, Felix Sesumaga, Patricio Arabolaza, Pichichi e Domingo Gomez acedo

Técnico: Francisco Bru

Gols: Felix Sesumaga (E), aos sete e aos 35 minutos do 1º tempo. Bernardus Groosjohan (H), aos 23, e Pichichi (E), aos 27 minutos do 2º tempo
Arbitragem: Paul Putz, auxiliado por Henry Cristophe e Georges Hubrecht (trio da Bélgica)
Data: 05/09/1920
Local: Stedelijk Olympisch, em Antuérpia (BEL)

Com informações de The Rec.Sport.Soccer Statistics Foundation (RSSSF), Fifa e do arquivo olímpico da Fifa

OBS: A título de curiosidade vou publicar no blog a cada dia de jogo da Copa do Mundo um pequeno texto trazendo alguns detalhes — aqueles que as minhas pesquisas conseguirem achar —, dos primeiros encontros das seleções.

A primeira vez: México x Camarões

13 de junho de 2014 0

O México e Camarões vão se enfrentar nesta sexta-feira às 13h na Arena das Dunas, em Natal (RN). Essa é apenas a segunda vez que as duas seleções se encontram. A primeira foi um amistoso em 22 de setembro de 1993 em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Os mexicanos venceram a partida por 1 a 0 com um gol de Daniel Guzmán aos cinco minutos do segundo tempo.

Assista ao gol de Guzmán:

FICHA TÉCNICA

MÉXICO (1)

Jorge Campos (Félix Fernández); Raúl Gutiérrez, Manuel Vidrio, Carlos Turrubiates, Joaquín Hernández, Roberto Medina, Gonzalo Farfán, Marcelino Bernal, Missael Espinoza, Daniel Guzmán, Ignacio Vázquez (Gustavo Napoles)

Técnico: Miguel Mejía Barón

CAMARÕES (0)

Aliou, Rigobert Song, Yemba, Nadombe, Fiole, Nbuoum (Tang), Makanaki, Esquime, Noukko, Siola, Marc-Vivien Foé

Técnico: Leonard Kseke

Gol: Daniel Guzmán (M), aos cinco minutos do 2º tempo
Árbitro: Arturo Angeles (Estados Unidos)
Data: 22/09/1993
Local: Memorial Coliseum, em Los Angeles (EUA)

Com informações de The Rec.Sport.Soccer Statistics Foundation (RSSSF) e da Fifa

OBS: A título de curiosidade vou publicar no blog a cada dia de jogo da Copa do Mundo um pequeno texto trazendo alguns detalhes — aqueles que as minhas pesquisas conseguirem achar —, dos primeiros encontros das seleções.

PodiCast 9º edição - A estreia do Brasil na Copa do Mundo, o craque e o pereba da Seleção

12 de junho de 2014 0

A primeira vez: Brasil x Croácia

12 de junho de 2014 0

A título de curiosidade vou publicar no blog a cada dia de jogo da Copa do Mundo um pequeno texto trazendo alguns detalhes — aqueles que as minhas pesquisas conseguirem achar —, dos primeiros encontros das seleções.

O Mundial começa hoje, às 17h, na Arena Corinthians, entre o anfitrião Brasil e a Croácio. A primeira vez que essas duas seleções se encontraram foi em 22 de maio de 1996. Estatísticas sempre tem asteriscos, por isso embora a Federação Croata e a Fifa considerem este jogo realizado pelas seleções olímpicas, a CBF considera como disputado pelo time principal.

A partida foi disputada em Manaus e terminou com um empate em 1 a 1. Milan Rapaic abriu o placar, Sávio — na época ainda no Flamengo —, marcou o gol de empate brasileiro.

Assista aos gols:

FICHA TÉCNICA

BRASIL (1)

Dida; Flávio Conceição (Marcelinho Paulista), Aldair, Alexandre Lopes, Roberto Carlos; Zé Elias, Amaral (Beto), Juninho Paulista, Rivaldo; Luizão e Sávio

Técnico: Zagallo

CROÁCIA (1)

Vedran Runje; Grgica Kovac, Mario Cvitanovic, Srdian Mladinic; Danijel Štefulj (Stjepan Tomaš), Tomislav Rukavina (Jurica Vucko), Mario Cižmek (Ivo Milic), Milan Rapaic (Mario Ivankovic), Ivan Juric; Silvio Maric e Davor Vugrinec (Damagoj Kosic)

Técnico: Martin Novoselac

Gols: Milan Rapaic (C); Sávio (B)
Cartões amarelos: Tomislav Rukavina, Ivan Juric, Mario Cižmek, Silvio Maric (C); Alexandre Lopes (B)
Árbitro: Carlos Elias Pimentel (Brasil)
Data: 22/05/1996
Local: Estádio Vivaldo Lima, em Manaus (AM)

Com informações de The Rec.Sport.Soccer Statistics Foundation (RSSSF) e da Fifa

PodiCast 8º edição - Copa do Mundo, dependência de Neymar e manifestações

05 de junho de 2014 0

Falta apenas uma semana para o início da Copa do Mundo. No dia 122 de junho Brasil e Croácia fazem a primeira partida deste Mundial. Por isso, começamos uma série de PodiCasts sobre o tema. E o primeiro é sobre manifestações, cobertura jornalística e a dependência da Seleção Brasileira em Neymar. Para esses assuntos conversei com o editor de Esportes do Diário Catarinense, Marcos Castiel, que estará cobrindo de perto esse grande evento.

Edição, produção de áudio: André Podiacki | Locução: JB Schüler

Apresentação: André Podiacki
Convidado: Marcos Castiel

Confira outras edições do PodiCast:

1ª edição: A mistura do futebol com a música
2ª edição: A convocação da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo
3ª edição: Vozes do Rádio, Miguel Livramento o manezinho que não fica em cima do muro
4ª edição: O MMA em Santa Catarina, um papo sobre luta
5º edição: O vôlei em Santa Catarina vai voltar a disputar títulos?
6º edição – A decisão da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Atlético de Madrid, e uma entrevista com o catarinense Filipe Luis
PodiCast 7º edição – O futebol catarinense no Campeonato Brasileiro