Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "Vinícius Eutrópio"

O que interessa nas estreias de Avaí e Figueirense é o resultado

02 de fevereiro de 2015 0

Avaí e Figueirense fizeram estreias que não deixaram nenhum torcedor empolgado. O Leão foi o primeiro a entrar e campo. Contra o JEC, os avaianos foram apáticos e não apresentaram um bom futebol. O gol de Anderson Lopes no final do primeiro tempo permitiu a recuperação. O vestiário fez bem e Geninho conseguiu arrumar a equipe. O que fica de mais positivo é a força de vontade dos jogadores em buscar o empate.

No Orlando Scarpelli, o Figueirense sofreu para bater o Atlético-IB, isso porque falta ao time um camisa 10. A diretoria terá que buscar um substituto para Juninho, jogador lesionado e que voltará apenas daqui a seis meses. Marcão provou que pode ser “o cara” do time, já que foi dele o gol que garantiu a estreia vitoriosa no Estadual.

Sintonia

Vinícius Eutrópio está à vontade no comando do Verdão, e estive em Chapecó para conferir. O treinador está gostando das condições de trabalho e impressionado com a preocupação da diretoria de investir na infraestrutura do clube. E os cartolas também estão gostando do treinador, por isso confiaram nos jogadores indicados por ele. Neste ano o time faz um planejamento diferente, trazendo atletas de Série A no Catarinense.
A estreia foi uma amostra do que o trabalho do Eutrópio pode fazer, mas o time só será testado de verdade no próximo domingo, quando enfrenta o Criciúma na Arena Condá.

Ligeirinhas

Artilheiro do Catarinense em 2012 e 2013, o atacante Rafael Costa começou muito bem o torneio ao marcar contra o Avaí.

Marcelinho Paraíba deixou o gramado da Arena Condá muito irritado. A razão foi a goleada sofrida pelo Inter de Lages. O experiente jogador mostra que continua com gana de vitória. Em campo não conseguiu ajudar sua equipe, mas no vestiário ele tomou a palavra e conversou com os colegas. O próximo jogo do Colorado promete ser diferente.​

Após título, Figueirense faz festa em churrascaria da Grande Florianópolis

14 de abril de 2014 3
Foto: André Podiacki

Foto: André Podiacki

A festa do Figueirense não terminou no Estádio Orlando Scarpelli, a diretoria alvinegro organizou uma janta para celebrar a conquista do 16º título Catarinense do Furacão. Jogadores, comissão técnica, cartolas e funcionários do clube se reuniram na Churrascaria Meu Cantinho, no Kobrasol em São José.

A comemoração foi longe e os quatro meses de dedicação intensa ao Estadual foi recompensada com um bom churrasco e uma cervejinha. Não foi permitida a nossa entrada para fazer fotos, mas o técnico Vinícius Eutrópio gentilmente atendeu o Diário Catarinense. O comandante alvinegro tem uma história de muitos anos com o Furacão e que agora foi coroada com um título:

− Eu acho que foi um coroamento, sem dúvida. Mas nós vamos tendo desafios, projetos, objetivos ao lado do clube e existem coisas para serem feitas. Essa aproximação a base, esse fortalecimento da marca do clube ao torcedor e uma boa campanha na Série A, que é muito importante − analisou Eutrópio.

Para o treinador o momento mais importante da campanha do título foi a vitória sobre o Criciúma na última rodada do quadrangular semifinal no Estádio Heriberto Hülse.

−A nossa vitória contra o Criciúma fortaleceu muito o nosso trabalho, foi uma vitória contra um grande adversário e da melhor forma: jogando bola. Nós fomos e buscamos jogando bola e trouxemos de forma muito positiva a vitória que nos embalou − completou.

Foto: André Podiacki

Foto: André Podiacki

Do lado de fora do restaurante era possível ouvir o discurso do presidente Wilfredo Brillinger, que inflado agradecia aos jogadores e comissão técnica pelo sucesso. Até o Padre Prim deu uma palavrinha e puxou uma oração.

A segunda-feira é de folga para os atletas e comissão técnica, porém ao meio-dia eles estarão na  Beira-Mar Continental, para atender a imprensa e torcedores.

Durante palestra do Footecon técnico Vinícius Eutrópio confirma renovação do Figueirense com o atacante Pablo

11 de dezembro de 2013 3
Eutrópio confirmou a renovação com o atacante Pablo. Foto: André Podiacki

Eutrópio confirmou a renovação com o atacante Pablo. Foto: André Podiacki

Foi Carlos Alberto Parreira que indicou o nome de Vinícius Eutrópio para o Figueirense, mostrando mais uma vez sua confiança no técnico alvinegro Parreira convidou Eutrópio para palestrar na décima edição do Footecon.

Junto com o treinador Caio Júnior o comandante do Furacão ministrou a palestra Quais atributos do jogador se tornarão mais valiosos? A condição física? A técnica? A habilidade? A inteligência de jogo? Algum atributo alternativo?

Durante a apresentação Vinícius Eutrópio utilizou diversos lances do Figueirense para exemplificar suas teorias. Em uma delas mostrou o golaço de Pablo contra o ASA, na 37ª rodada, e anunciou:

Eutrópio mostra um lance do último clássico para exemplificar uma de suas teorias. Foto: André Podiacki

Eutrópio mostra um lance do último clássico para exemplificar uma de suas teorias. Foto: André Podiacki

— Esse é um jogador de 21 anos, bom não vou falar muito. Na verdade eu posso, já fechamos com ele, não é Pastana — disse indagando o Superintendente de Esportes do clube, Rodrigo Pastana, que acompanhava a palestra da plateia.

Com um balançar de cabeça Rodrigo Pastana confirmou o acerto com o atacante.

Depois da palestra conversei com Pastana que me disse que está tudo praticamente acertado. Pablo deve renovar seu empréstimo até o fim de 2014.

A palestra

Vinícius Eutrópio falou do processo de desenvolvimento do ensino do futebol. Salientando a importância da estrutura do espaço em campo, relação do treinamento para a adaptação do minicampo (trabalhou feito nos treinos) para um gramado maior. Mostrando que a relação com a bola não pode ser apenas o adestramento técnico. Além de ensinar a comunicação corporal, os atletas aprendem a entender os sinais através do posicionamento em campo.

Nos últimos 10 anos apenas 11 técnicos estrearam com vitória no Figueirense

22 de agosto de 2013 0
Vinícius fará sua estreia no sábado contra o América-RN. Foto: Daniel Conzi

Vinícius fará sua estreia no sábado contra o América-RN. Foto: Daniel Conzi

No próximo sábado Vinícius Eutrópio fará sua estreia no comando do Figueirense. A partida contra o Oeste no Estádio Orlando Scarpelli, às 21h, pode ser de festa ou de mais cobrança da torcida. E começar com vitória no comando alvinegro não é algo fácil.

Fiz um levantamento e nos últimos 10 anos dos 26 técnicos que treinaram o Furacão apenas 11 começaram suas trajetórias alvinegras com vitória. Oito começaram com um empate e sete foram derrotados.

A melhor estreia foi de Paulo Comelli em 2005. Na primeira rodada do Campeonato Catarinense o técnico comandou o Furacão contra o fraco União de Timbó e jogando no interior de Santa Catarina o Figueira não teve problemas em ganhar por 7 a 1.

A pior estreia foi de Guilherme Macuglia que sofreu uma dolorosa derrota por 4 a 0 para o Vitória. Dos técnicos de maiores sucesso nos últimos 10 anos apenas um foi derrotado na estreia, e foi justamente Adilson Batista em sua primeira passagem pelo Alvinegro, em 2005. Dorival Júnior, Márcio Goiano e Jorginho empataram e Mário Sérgio e Alexandre Gallo venceram.

O resultado de sábado não será decisivo para Vinícius Eutrópio, mas começar com uma vitória não seria nada mal.

Desde 2003, o Figueirense teve 26 técnicos. Não considerei no levantamento treinador interinos, que trabalharam em apenas uma ou duas partidas.

Artur Neto

Dia da estreia: 22/06/2003
Jogo: Figueirense 2 x 2 Fortaleza
Campeonato: Série A
Curiosidade: O Figueirense saiu perdendo de 2 a 0 para o time cearense, no fim do primeiro tempo Léo Macaé descontou e na segunda etapa Luiz Fernando marcou o gol de empate.

Luiz Carlos Ferreira

Dia da estreia: 16/08/2003
Jogo: Figueirense 1 x 0 Santos
Campeonato: Série A
Curiosidade: Com essa vitória o Figueirense quebrou um jejum de três partidas sem vitória na primeira divisão, Triguinho marcou o gol alvinegro.

Dorival Júnior

Dia da estreia: 25/09/2003
Jogo: Figueirense 2 x 2 Fluminense
Campeonato: Série A
Curiosidade: Dorival Júnior era o diretor de Futebol da equipe e assumiu interinamente a função depois de Luiz Carlos Ferreira se demitiu para dirigir o Marília na Série B, após receber uma proposta irrecusável de R$ 70 mil. Os bons resultados fizeram Dorival comandar a equipe até dezembro de 2004.

Paulo Comelli

Dia da estreia: 24/01/2005
Jogo: União de Timbó 1 x 7 Figueirense
Campeonato: Catarinense
Curiosidade: Felipe Oliveira e Carlos Alberto foram os destaques da partida, cada um marcou dois gols.

Marco Aurélio

Dia da estreia: 20/03/2005
Jogo: Figueirense 0 x 1 Criciúma
Campeonato: Catarinense
Curiosidade: A vitória do Tigre, com gol de Athos, impôs ao Figueirense sua quarta derrota seguida. No fim do campeonato o Criciúma seria campeão.

Zé Mário

Dia da estreia: 24/07/2005
Jogo: Juventude 1 x 4 Figueirense
Campeonato: Série A
Curiosidade: A partida foi anulada pelo STJD por causa das denuncias contra o árbitro Edilson Pereira de Carvalho. Ele manipulava os resultados das partidas em um esquema que ficou conhecido como a Máfia do Apito. Edílson deveria garantir a vitória dos gaúchos. Admitiu que até marcou um pênalti inexistente para os donos da casa (desperdiçado pelo atacante Zé Carlos), mas disse a Gibão (um dos pagadores) que não pôde fazer nada diante da grande atuação de Edmundo, que marcou três gols. “Você viu que barbaridade?”, disse a Gibão, sobre o Animal.

Adilson Batista

Dia da estreia: 21/08/2005
Jogo: Santos 4 x 3 Figueirense
Campeonato: Série A
Curiosidade: Essa foi a penúltima partida do atacante Robinho no Santos antes de ele ir para o Real Madrid, e a última do atacante na Vila Belmiro. Outra curiosidade é que o Figueirense terminou o primeiro tempo perdendo por 4 a 0 e na segunda etapa conseguiu diminuir e quase empatar, com uma forte cabeçada do zagueiro Cléber que fez a bola explodir no travessão.

Waldemar Lemos

Dia da estreia: 12/07/2006
Jogo: Figueirense 2 x 1 Santos
Campeonato: Série A
Curiosidade: Soares e Cícero marcaram os gols da vitória do Figueirense.

Heriberto da Cunha

Dia da estreia: 17/01/2007
Jogo: Chapecoense 1 x 0 Figueirense
Campeonato: Catarinense
Curiosidade: Depois de ser contratado em 2005 do Remo como uma grande promessa, Rogerinho voltava ao Figueirense de empréstimo e ganhava mais uma chance no time titular, hoje ele joga no Ceará.

Mário Sérgio

Dia da estreia: 21/02/2007
Jogo: Madureira 2 x 3 Figueirense
Campeonato: Copa do Brasil
Curiosidade: Ramon marcou dois gols e garantiu a vitória alvinegra, esse foi o primeiro jogo da competição. Naquele ano o Alvinegro chegou a final sendo derrotado pelo Fluminense.

Alexandre Gallo

Dia da estreia: 16/09/2007
Jogo: Figueirense 4 x 1 Juventude
Campeonato: Série A
Curiosidade: Otacílio Neto marcou duas vezes na goleada de 4 a 1.

Guilherme Macuglia

Dia da estreia: 24/05/2008
Jogo: Vitória 4 x 0 Figueirense
Campeonato: Série A
Curiosidade: Essa foi a pior estreia de um técnico do Figueirense na era Paulo Prisco Paraíso.

PC Gusmão

Dia da estreia: 29/06/2008
Jogo: Figueirense 1 x 1 Atlético-MG
Campeonato: Série A
Curiosidade: A torcida do Figueirense reencontrou Alexandre Gallo, técnico que deu o último título do Alvinegro, o Campeonato Catarinense de 2008.

Mário Sérgio

Dia da estreia: 21/09/2008
Jogo: Figueirense 3 x 4 Cruzeiro
Campeonato: Série A
Curiosidade: Após perder para a equipe mineira o Alvinegro chegou a seis derrotas consecutivas na Série A.

Pintado

Dia da estreia: 20/11/2008
Jogo: Figueirense 4 x 3 Náutico
Campeonato: Série A
Curiosidade: Com a vitória o Figueirense continuou sonhando com a permanência na Série A, fato que não aconteceu.

Roberto Fernandes

Dia da estreia: 15/03/2009
Jogo: Avaí 1 x 1 Figueirense
Campeonato: Catarinense
Curiosidade: Em sua estreia Roberto Fernandes escalou um trio de zagueiro com Bruno Perone, Régis e Dieyson, mesmo com a mudança o Furacão não conseguiu segurar a vitória, já que saiu na frente com um gol de Schwenck.

Márcio Araújo

Dia da estreia: 01/09/2009
Jogo: Portuguesa 3 x 1 Figueirense
Campeonato: Série B
Curiosidade: Márcio Araújo utilizou os laterais Egídio e Lucas no meio de campo, já na defesa fez uma linha com quatro zagueiro João Felipe, Toninho, Roger Carvalho e Edson.

Renê Weber

Dia da estreia: 18/01/2010
Jogo: Figueirense 3 x 1 Imbituba
Campeonato: Catarinense
Curiosidade: A vitória no Orlando Scarpelli teve um gol de pênalti de Júnior Negão

Márcio Goiano

Dia da estreia: 04/02/2010
Jogo: Figueirense 2 x 2 Avaí
Campeonato: Catarinense
Curiosidade: Márcio Goiano começou como interino e após o empate de 2 a 2 no clássico e a vitória de 4 a 1 em cima do Juventus o treinador foi efetivado.

Jorginho

Dia da estreia: 09/03/2011
Jogo: Joinville 1 x 1 Figueirense
Campeonato: Catarinense
Curiosidade: Com o empate o Furacão perdeu a liderança do Campeonato Catarinense para a Chapecoense, que naquele ano seria a campeã.

Branco

Dia da estreia: 21/01/2012
Jogo: Figueirense 5 x 0 Marcílio Dias
Campeonato: Catarinense
Curiosidade: Aloisio foi o artilheiro da noite marcando dois gols.

Argel

Dia da estreia: 19/05/2012
Jogo: Figueirense 2 x 1 Náutico
Campeonato: Série A
Curiosidade: Caio fez sua estreia no Figueirense e marcou o gol da vitória aos 48 minutos do segundo tempo.

Hélio dos Anjos

Dia da estreia: 25/07/2012
Jogo: Figueirense 0 x 1 Internacional
Campeonato: Série A
Curiosidade: Leandro Damião deixou o gramado do Orlando Scarpelli com uma grave lesão no coxa direita. Loco Abreu jogou os 90 minutos, fato raro em sua passagem pelo Furacão.

Márcio Goiano

Dia da estreia: 01/09/2012
Jogo: Figueirense 2 x 2 Fluminense
Campeonato: Série A
Curiosidade: No ano em que o Fluminense foi campeão o Furacão não foi derrotado pelo Tricolor.

Fernando Gil

Dia da estreia: 11/11/2012
Jogo: Figueirense 1 x 1 Sport
Campeonato: Série A
Curiosidade: Com o empate o Figueirense foi rebaixado, com a situação quase irreversível a diretoria alvinegra decidiu deixar Fernando Gil no comando do time até o fim da temporada.

Adilson Batista

Dia da estreia: 20/01/2013
Jogo: Guarani 1 x 2 Figueirense
Campeonato: Catarinense
Curiosidade: No retorno ao futebol brasileiro, e catarinense, o manezinho Douglas marcou o gol da vitória alvinegra.