Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Até quando?!

08 de abril de 2010 3

E aí, pessoal, como foram de páscoa? A minha foi ótima… Apesar de alguns episódios – normal, né? – Mas, não morram de curiosidade (hehe). Um deles eu contarei aqui… E, se não fosse trágico, seria (muito) engraçado!!!

Viajei pra Gramado; adoro aquela cidade. Limpa, organizada, ótimos restaurantes, paisagens maravilhosas e os moradores são muito educados. Mas dessa vez acho que quase todo mundo -literalmente- teve a mesma idéia… Frequento Gramado a mais de 25 anos e nunca vi tanta gente como nesse feriado, pra vocês terem noção, na estrada, já peguei congestionamento no segundo pedágio e por lá fiquei uns 50 minutos: Ufa!

Agora vem a parte cômico-trágica! Após mil voltas, passeios, compras, tumulto, fui almoçar… Ainda não conhecia o restaurante, mas, aparentemente pareceu perfeito: Rampa de acesso ao lado da escada, bonito, comida boa, preço compatível, até que… Sabem aquele barulhinho que começa a dar na barriga e que avisa que lá vem bomba? Pois é, meus amigos… Passei por essa!! Mas, pra coisa não ser pior, logo tentei ir ao banheiro. Tentei, né?!

Chamei o garçom e perguntei onde ficava o banheiro dos cadeirantes e ele disse que o estabelecimento não possuía um, ok… Inadmissível pra uma cidade turística como Gramado, mas, já estou acostumado. Lá fui eu em direção ao banheiro masculino… E, para minha surpresa, não consegui chegar ao destino. Calma, não é nada do que vocês estão pensando, hehehe. Minha barriga agüentou, o problema foi o acesso mesmo. Acreditem se quiser, mas o corredor era tão estreito que a minha cadeira quase não passou!! Após várias tentativas e muito esforço, cheguei até a porta do banheiro masculino e também não rolou. A porta era menor ainda e não teve jeito, não consegui entrar!!!!

A minha vontade era de fazer o que eu tinha pra fazer na frente de todo mundo. Sério, como alguém, nos dias de hoje, abre um restaurante sem o mínimo de atenção com as pessoas portadoras de necessidades especiais? Um obeso, por exemplo, não teria acesso ao banheiro também. Acho até que um carrinho de bebê teria problemas pra passar por ali… INACREDITÁVEL! Ainda mais sendo em Gramado, uma cidade conhecida internacionalmente. Fica aqui o meu desabafo!

Ah, o resto da história? É melhor deixar que a imaginação de vocês crie um final… Feliz, por favor!! Hahaha. A minha páscoa foi muito boa, não se preocupem. Até mais, pessoal.

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • Priscila Tescaro diz: 9 de abril de 2010

    Olá, gostaria de lhe enviar uma sugestão de pauta sobre ônibus com acessibilidade universal que começam a circular em Alvorada no domingo, dia 18. Qual seu email para contato?

    Obrigada,
    Priscila Tescaro

  • Cris Moro diz: 9 de abril de 2010

    Felipe…tu és mto sensacional…mesmo uma situação dessas te faz fazer uma crônica!!! Estou mto feliz em “te ter poe perto” de novo!!! Beijo!

  • Dani diz: 21 de abril de 2010

    hahahahaha
    que situação!!!!!!
    bjs

Envie seu Comentário