Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Raio X: Ney Franco avalia promessas da dupla Gre-Nal convocadas ao Pan e vê briga acirrada por titularidade

28 de setembro de 2011 1

O trio da dupla Gre-Nal convocado para o Pan-Americano de outubro está cheio de moral com Ney Franco. A pedido do blog Pratas da Dupla, logo após fazer a ponte aérea Rio-São Paulo na noite desta terça-feira, o técnico da seleção sub-20 e coordenador geral das categorias de base da CBF avaliou Romário, do Inter, e Misael e Leandro, do Grêmio. Não faltaram elogios.

Segundo Ney, a gurizada “gaúcha” vai brigar forte por posição numa seleção bastante remodelada em relação à que venceu o Mundial da categoria, em agosto (apenas cinco remanescentes, entre eles Romário). Isso porque a CBF decidiu desonerar os clubes na reta final do Brasileirão e não convocar os principais jogadores. Do Inter, Oscar e Juan, hoje protagonistas do time de Dorival Júnior, ficaram no Beira-Rio. Ney ainda chegou a solicitar Fernando à direção do Grêmio. Recebeu a negativa com naturalidade, afinal o volante vive bom momento com Celso Roth.

A delegação se apresenta no dia 4 de outubro para iniciar o período de treinamentos na Granja Comary, em Teresópolis. No dia 12, o Brasil segue para o México. A estreia na competição será contra a Argentina em 19 de outubro. Em seguida, o adversário será Cuba, no dia 21, e, na última rodada do Grupo B, a Costa Rica, em 23 de outubro.

> Veja o que Ney Franco pensa dos guris da Dupla convocados:


Romário, zagueiro, 19 anos – Inter

“Teve uma sequência de convocações comigo. Além do Sul-Americano e do Mundial sub-20, participou de um torneio em Barcelona (Copa Internacional do Mediterrâneo, com a sub-18, em abril). Foi titular, capitão e campeão. Todas as experiências dele com a seleções têm sido boas. Não jogou muito, mas foi muito bem quando solicitado.  Sabemos que vamos ter um zagueiro de qualidade, muito técnico, que joga bem posicionado. Eu também posso utilizá-lo como lateral-esquerdo. Está tendo um ano bastante proveitoso em experiências internacionais, além da fase de transição no Inter”

Misael, volante, 17 anos – Grêmio
“Eu o acompanhei de perto, tanto no Sul-Americano quando no Mundial Sub-17. Sempre me chamou a atenção. Precisava de um volante com saída pelos lados. Eu tinha opções de jogadores mais experientes, mas, pelo que vi dele, resolvi chamá-lo. Vejo o Misael como um segundo volante, com capacidade de chegar ao ataque. Basicamente, a mesma função que o Casemiro (São Paulo) vinha executando. Apesar de eu ter convocado nomes que já estão atuando no profissional em seus clubes, como Lucas Zen (Botafogo) e Djair (Coritiba), o Misael chega lutando pela posição”

Leandro, atacante, 18 anos – Grêmio
“Teve um bom primeiro semestre com o Renato (Portaluppi). Acompanhei de perto a sua evolução. Sei que não vem sendo aproveitado hoje no Grêmio, mas temos que levar em conta as boas opções à disposição de Celso Roth. Já mostrou que é talentoso. Com pouca idade (17 anos), já havia subido para o grupo principal do clube. Precisava de um jogador que tivesse a facilidade de atuar tanto caindo pelas pontas como, por vezes, mais centralizado. E ele tem essa facilidade. Também finaliza muito bem. Tenho certeza de que vai nos ajudar muito”.


> Confira a convocação:


Goleiros

Cesar – Flamengo
Douglas Pires – Cruzeiro

Zagueiros
Bruno Uvini – São Paulo
Frauches – Flamengo
Romário – Inter

Laterais
Henrique Miranda (lateral-esquerdo) – São Paulo
Madson (lateral-direito) – Bahia

Meias/volantes
Cidinho – Botafogo
Djair – Coritiba
Felipe Anderson – Santos
Lucas Patinho – Fluminense
Lucas Zen – Botafogo
Misael – Grêmio

Atacantes
Felipe Amorim – Goiás
Henrique – São Paulo
Leandro – Grêmio
Rafael – Bahia
Sebá – Cruzeiro

Comentários (1)

  • Rudson diz: 28 de setembro de 2011

    Nossa, morri de rir quando ele disse que o Leandro também finaliza muito bem. Podem me cobrar… Este jogador não vai vingar, ele tem muita velocidade e parti pra cima, e… Nada mais. Sérias dificuldades pra passar e dominar a bola, pra finalizar e pra driblar (não pense que correr em “linha reta” é driblar).

    Misael tem grande futuro no Tricolor, joga o que não joga o Rocca.

Envie seu Comentário