Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Centroavante Marcos Paulo é a esperança de gols do Grêmio contra o Vitória na Copa do Brasil Sub-20

23 de outubro de 2014 2

MarcosPaulo
Foto: Rodrigo Fatturi

Para buscar um lugar nas quartas de final da Copa do Brasil Sub-20, o Grêmio aposta no retorno do centroavante Marcos Paulo, 20 anos. Na partida desta quinta-feira, às 19h45min, a equipe treinada pelo técnico Raul Cabral precisa reverter a vantagem do Vitória, que fez 1 a 0 no jogo de ida. E nada melhor do que contar com um jogador que marcou 12 gols em 19 disputas em 2014 quando o time precisa marcar pelo menos uma vez para levar a decisão para as penalidades.

O time titular para o importante confronto terá: Ygor; Canavarros, Gabriel Silva, Mancini e Marcelo Hermes; Arthur, Moisés, Felipe Ferreira, Lucas Gabriel, Jeferson; Marcos Paulo.

Clique aqui para informações sobre como comprar ingressos para assistir Grêmio x Vitória

Marcos Paulo saiu do Rio de Janeiro para concretizar o sonho de ser jogador. Depois de começar nas categorias de base do Profoot, no Rio, foi para o Atlético-MG. Passou um ano no time mineiro. Veio o convite para um teste no Olímpico, que não deu certo. Então, Marcos partiu para o Caxias, onde ficou por três anos. Em 2012, marcou o gol que eliminou o Grêmio de Vanderlei Luxemburgo no Gauchão. Mesmo com o destaque pela boa participação no time da Serra, o retorno a Porto Alegre só aconteceu no ano seguinte.

No começo de 2013, chegou ao Olímpico junto com um menino franzino, uma aposta do Interior Paulista, um tal de Luan. A dupla fez sucesso no time sub-20, treinado por Mabília.

- A gente criou uma parceria. Começamos a jogar juntos no ataque. Eu atuava pelas beiradas do campo. Até não sou tão alto (1m82cm), mas tenho um bom porte físico. O Mabília me colocou mais tempo como centroavante – relembra.

Usado como referência no ataque, Marcos Paulo passou a assistir vídeos e jogos de Luis Fabiano para ver como se posicionar na área e a levar vantagem contra os marcadores.
- Ele é um cara que eu me espalho. Mas eu sou mais calmo – brinca.

O problema é que uma séria lesão no ombro atrapalhou a ascensão de Marcos Paulo. No final do ano, uma queda no jogo contra o Botafogo pelo Brasileirão Sub-20 tirou o centroavante dos gramados por cinco meses.

- Cai em cima do ombro. Colocaram cinco pinos na cirurgia. Sofri bastante. Só tratava e ficava no clube.

Além do parceiro Luan, o fisioterapeuta Roberto Abib também teve papel importante para Marcos Paulo a não se abater, seguir firme e zeloso com a recuperação.

- O Roberto me deu forças. Era muita dor, quase não conseguia mexer o braço.

Por telefone, conversava com a mãe Simone e o pai Jorge, que é vigia noturno. Assim como o irmão Maycon, que também é atacante e que joga no futebol coreano, mandava todo mês uma parte do salário, para os pais investirem na compra de uma casa.

Convocado por Felipão para o jogo contra o Flamengo, Marcos Paulo pode ver o amigo Luan marcar o gol da vitória, calando 60 mil, no minuto final de jogo.

- O Felipão me disse que me colocaria se precisasse sem problemas, que conhecia meu trabalho e sabia o que eu estava fazendo.

Comentários (2)

  • Carlos Belera diz: 23 de outubro de 2014

    To vendo o jogo, não joga nada esse rapaz.

  • Carlos Belera diz: 23 de outubro de 2014

    Se este time que jogou hoje é a base de 70% do elenco pro ano que vem é melhor fechar as portas do clube, ganham um gauchão e ja dizem que temos vários jogadores pro profissional. Romildo Bolzan já começou mal.

Envie seu Comentário