Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Com gol nos acréscimos, Inter vence o Vitória na final da Copa do Brasil sub-20

25 de novembro de 2014 2

01bgomes
Foto: Marcelo Oliveira / Agencia RBS

Assim como o time profissional, o Inter Sub-20 mostrou força de vontade para também buscar a vitória nos últimos minutos. Na partida de ida da final da Copa do Brasil Sub-20, a equipe do técnico Clemer venceu por 2 a 1 o Vitória, com gols de Andrigo e Bruno Gomes, e decidirá a Copa do Brasil na próxima terça-feira, às 21h, no Barradão, em Salvador. Para ficar com o título inédito, basta voltar da Bahia com um empate.

O Inter começou o jogo tentando fazer valer o fator local. Com controle das ações de partida, e também maior posse de bola e finalizações ao gol adversário, a equipe do técnico Clemer partiu para o ataque desde os primeiro minutos. Na velocidade de Alisson Farias e Leandro, o Inter pressionava o sistema defensivo do Vitória, que se encolhia com as chegadas coloradas.

Mesmo com o maior domínio, o primeiro chute a gol só aconteceu aos 15 minutos. Bruno Gomes arriscou da entrada da área, mas a bola ficou na rede pelo lado de fora. Dois minutos depois foi Andrigo que finalizou, para boa defesa do goleiro Ronaldo. Com 38 minutos, Leandro roubou a bola quase na linha lateral do lado direito. O atacante invadiu a área, teve calma e rolou para Andrigo estufar as redes do Beira-Rio e abrir o placar.

Melhor em campo, o Inter quase ampliou antes do final da primeira etapa em bela jogada. Alisson Farias driblou o marcador pela esquerda e cruzou na cabeça de Bruno Gomes, mas o goleiro Ronaldo salvou quase em cima da linha.

Logo nos primeiro minutos do segundo tempo o Vitória conseguiu empatar. Wellington cobrou falta com força da intermediária. O goleiro Jaccson não conseguiu segurar, e Léo marcou aos 3 minutos.

Para segurar o ímpeto do ataque do Inter, o técnico do Vitória recuou o volante Borges para marcar o centroavante Bruno Gomes, liberando os zagueiros para ficarem na sobra. E para complicar ainda mais a vida de Clemer, o atacante Leandro sentiu uma lesão e precisou sair da partida.

Sem conseguir furar a retranca do meio da defesa do Vitória, o Inter passou a apostar em jogadas pelos lados do campo e tentativas de bola aérea. Cansado, Andrigo, um dos melhores do Inter na partida, deu lugar a Maurides.

No último minuto do tempo regulamentar, Bruno Gomes, que perdeu uma chance parecida minutos antes, recebeu na entrada da área e bateu firme, no canto direito do goleiro, para garantir a vitória e a vantagem na decisão pelo título.

Inter: Jacsson, William (CA), Eduardo, Eriks e Geferson; Silva, Rodrigo Dourado, Leandro (Gustavo, 13/2º), Andrigo (Maurides, 28’/2º) e Alisson Farias (Everton, 39’/2º); Bruno Gomes.

Vitória: Ronaldo (Caique, intervalo); Guilherme, Maracas, Ramon e Euller; Borges, Flávio, David (Nickson, 31’/1º) e Wellington (Cortês, 31’/2º); Gabriel e Léo.

Comentários (2)

  • Caldeira diz: 26 de novembro de 2014

    “Assim como o time titular….” (sic) pelo visto é lícito questionar se houve um penalti para o Vitória não assinalado pelo sr. árbitro, como aconteceu em favor dos profissionais……

  • Nereu diz: 26 de novembro de 2014

    Vi outro jogo, gurizada sem motivação displicentes, sem vontade de ganhar. Clone do time titular, sem raça. Pela pouca idade deveriam morder a bola, não vi isso no campo; o Abel tem razão não jogam nada. Esta meninada não se identificam com o manto sagrado do Internacional.

Envie seu Comentário