Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Bolaños, no meio ou no ataque?

01 de junho de 2009 27

Diagrama tático recupera ilustração de post sobre a LDU no Mundial da Fifa do ano passado

Para minha surpresa, a bela contratação do equatoriano Bolaños foi anunciada no Inter por Fernando Carvalho como “a chegada de um atacante”. O ex-jogador da LDU chega para ser utilizado, em primeiro momento, como reserva de Taison na segunda função ofensiva, enquanto Alecsandro se fixa como suplente de Nilmar. Por isso, proponho o debate.

Bolanõs atuava como meia-extremo pela esquerda na LDU, que à época se utilizava do 4-4-2 em duas linhas de quatro jogadores. Posição que no 4-4-2 britânico é chamada pelos ingleses de “winger”, ou seja, o jogador que fica na ponta da asa. Para que a imagem tenha paralelo, os mais recentes wingers de sucesso do futebol inglês são Beckham e Cristiano Ronaldo, por exemplo.

Como a LDU atuava ano passado – na Libertadores e no Mundial – no 4-4-2 britânico (confiram no diagrama tático que ilustra o post, recuperado de análise sobre a LDU postada no link desta frase) – a tática individual de Bolaños em nada se altera na comparação com os tradicionais wingers. O jogador equatoriano tinha como função marcar por zona com pressão sobre a bola, e atacar pelo lado do campo, alternando avanços rumo à linha de fundo com diagonais na direção dos atacantes.

Esta é minha dúvida: porque a convicção de Carvalho sobre a posição de Bolaños? Ele chega como segundo atacante, mas na LDU a dupla de frente era formada por Manso e Bieler. Na linha de meio-campo, Bolaños era extremo pela esquerda, Guerrón (depois Reasco) o extremo-direito, e centralizados os meio-campistas Urrutia e Vera (ou W.Araújo).

Mas uma constatação, vinda do futebol inglês, pode ser fonte de boas perspectivas para o Inter. Jogadores que atuam como wingers costumam se dar bem no ataque. E o mesmo acontece quando se escala um atacante pelo lado da linha de meio-campo. Na primeira situação, temos o exemplo de Cristiano Ronaldo atuando adiantado no Manchester. E no segundo exemplo, o recuo de Rooney para o meio (também no Man.Utd), e a afirmação de Kuyt como winger no Liverpool, ele que sempre foi atacante e assim atua na seleção da Holanda.

Por isso, acredito que Bolaños não se limite ao ataque, nem ao meio-campo. Ele deve oferecer ao técnico Tite boas alternativas de variação tática. Excelente contratação, caso confirme tecnicamente aquilo que já fez na LDU. O equatoriano certamente será observado pela comissão técnica como um polivalente nas posições e funções do meio para a frente.

Além de concorrer com Taison no ataque, como quer Fernando Carvalho, Bolaños proporciona ao treinador a possibilidade de novos desenhos de meio-campo, conforme as exigências de cada partida: em linha, fazendo um dos extremos; em quadrado, auxiliando D`Alessandro na articulação, com dois volantes; ou até mesmo dentro do losango, em parceria a Magrão ou Guiñazu, forçando uma saída mais rápida pelo lado.

Aguardo seu aproveitamento nos treinos do Inter para saber o que pensa Tite sobre Bolaños. E se algum leitor do blog quiser contribuir com o debate, apresentando sua avaliação sobre o aproveitamento tático de Bolaños no Inter, fique à vontade…

Postado por Eduardo Cecconi

Comentários (27)

  • Ricardo Dallegrave diz: 1 de junho de 2009

    Eai Eduardo, agradeço por fazer o post que pedi há um tempo, se é que te lembras, já que são tantos comentários. Então, na tua opinião o Bolaños joga nessas duas funções, ótimo, mais qualidade nesse grupo maravilhoso. Como jornalista deves estar informado sobre alguma negociação envolvendo o Nilmar, pelo que sei, pois conheço pessoas próximas a ele, o jogo contra o Coxa foi o último dele, vai jogar na Espanha. Eaí, sera que temos reserva pro Alecssandro case se confirme a venda?

  • Hendel diz: 2 de junho de 2009

    O essencial para a caracterização sobre a posição de um jogador são suas capacidades.
    Bolaños apresenta uma clara capacidade de Assistência e alguma habilidade de armação(marcante para meias, alas e segundos atacantes). Além disso, na LDU apresentou desenvoltura pela Ala, atuando com Winger. Não sei sobre sua capacidade de defesa ou de finalizar, mas acho que ficam aquém das demais.
    Com estas caracteristicas, eu o considero como um winger avançado ou um segundo atacante aberto (como Tison).

  • RAFAEL PRADO diz: 2 de junho de 2009

    TOMANDO COMO BASE O JOGADOR CRISTIANO RONALDO DO MAN.UNITED E SEU POSICIONAMENTO DENTRO DE CAMPO, TENHO O PALPITE QUE BOLAÑOS JOGARÁ PELO LADO DO CAMPO, COMO UM ANTIGO PONTA FAZIA E SERVIRÁ UM CENTROAVANTE DE ÁREA COMO ALECSANDRO, JÁ PREPARANDO UMA POSSÍVEL SAÍDA DE NILMAR NO MEIO DO ANO E DE TAISON NO FINAL DE 2009. O QUE TU ACHAS???

    Resposta do Cecconi: olá Rafael. É uma boa perspectiva. Tomara que isso não aconteça e que o Inter mantenha ambos, ganhando o Bolaños como opção. Mas se sair algum jogador na janela de transferências, já tem substituto no grupo. O Inter mais uma vez se antecipa ao mercado. Abraço!

  • Gabriel Lopes diz: 1 de junho de 2009

    Na verdade, quando o time do Inter não tem a bola, e não está fazendo as 2 linhas de 4, Taison aparece ao lado de D`Alessandro, ambos atrás de Nilmar. Acho que Bolaños não terá dificuldades em se adaptar a esta função. Quanto a ser titular ou reserva: tivesse dois reservas à altura de Guiñazu e de Magrão, o Inter teria, hoje, dois times “titulares” para pôr em campo…

    Resposta do Cecconi: é verdade, Gabriel, por isso nem entrei no mérito de titularidade ou reserva, mas sim das funções que ele é capaz de desempenhar. O grupo tem opções de sobra, com boa qualidade de reposição. Abraço!

  • Miguel Delonei diz: 2 de junho de 2009

    O mais interessante Cecconi é que de novo nosso presidente de fato, FC, se antecipa a qualquer possível venda de algum craque. Jogando nas posições citadas, ele poderia muito bem substituir uma eventual saída de Nilmar, mantendo o ataque velocíssimo que o Inter apresenta hoje. Ótima contratação.

  • Paulo da PiPa diz: 2 de junho de 2009

    ———————Victor—————
    ————-léo——–réver————-
    —ruy————————–jadílson–
    ————adílson————————–
    —————————túlio———-
    ————–tcheco———————-
    —-Douglas costa——Souza———–
    —————-Máxi Lopez—————-

    Pensem bem: uma defesa tradicional,2 zagueiros, dois laterais
    um meio encorpado, dois volantes, umcentro médio (tcheco), e dois armadores ofensiv

  • Maurício diz: 1 de junho de 2009

    Meus parabéns pelo trabalho Cecconi, excelente análise. De todos os blogs do Clic, fostes o único que descreveu como o Bolaños joga, quais as características deste jogador e como pode ser melhor aproveitado. Abraço.

  • Lucas – Interblog.com.br diz: 1 de junho de 2009

    Acho que vem mesmo pra ser reserva e é boa opção pra quando precisarmos um time mais ofensivo. Poderia entrar no lugar do Magrão, que pra mim é o ponto mais fraco do nosso meio campo atualmente. Não que seja ruim, longe disso, mas com o que o Sandro e o Guiña estão jogando…

  • GUIDO FLORES diz: 2 de junho de 2009

    Você teem toda a razao. Ontem escribi na página de contato do Inter, exatamente o que você diz. Lucho é um alero o “Carrilero” como se diz em espanhol. Eu ja vi que no Santos no deu certo porque colacarao sempre ele no lugar errado, tambeem escribi para o Santos,mas ¿sera que algueem pode tomar em conta os meus comentarios?
    Obrigado.

    GUIDO

  • GUIDO FLORES diz: 2 de junho de 2009

    O apelido dele é CHUCHO nao Pachuca

  • Carlos Pizzatto – Blog do Carlão diz: 2 de junho de 2009

    Pois é, quando fiquei sabendo da contratação, pensei: Onde ele vai se encaixar no 4-4-2 em losango? Ele é muito forte fisicamente, mas não acho que seja veloz o suficiente para ser o segundo atacante. Sei lá, confesso que não cheguei à uma conclusão.

  • O QUARTO HOKAGE diz: 1 de junho de 2009

    Primeiro, parabéns pelo blog, sempre se acaba aprendendo um pouco a cada leitura.Com relação ao jogador Bolaños, me perece que, ou ele joga como o último jogador do meio campo, na linha de quatro, ou entra como segundo atacante.Resumindo,é um reforço para o ataque.No momento é um reserva de luxo.
    Falow,sharingan.

  • HELOÍSA PIRES diz: 2 de junho de 2009

    CECCONI!!!…TENS RAZÃO!…MAS ESSA VERSATILIDADE NÃO LEMBRA UM POUCO O QUE O ALEX FAZIA?..APENAS O ALEX NÃO MARCAVA TANTO QUANTO A CARACTERÍSTICA QUE O BOLAÑOS DEMONSTRA, MAS EM COMPENSAÇÃO ESSE TEM MAIOR VELOCIDADE PARA JOGAR. E BATE FALTA MUITO BEM!

    Resposta do Cecconi: é uma boa comparação Heloísa, mesmo que sejam jogadores com características diferentes, assim como se prevê do Bolaños, o Alex também tinha a capacidade de jogar em pelo menos três funções do meio para a frente, além da ala/lateral que desempenhou no início da carreira. Abraço!

  • Ricardo diz: 2 de junho de 2009

    Olá Eduardo, penso que posicionamento e função são coisas bem distintas e que o Bolaños por suas caracteristicas desempenharia a mesma função do D`Alessandro ou Andrezinho, com menos inteligencia e mais velocidade que o 1° e mais habilidade que o 2°. No lugar do Taison acho que ele comporia melhor com o Alecssandro pela caracteristica de pivo e de tabela que ele desempenha. O Nilmar é mais de partir prá cima na velocidade, como o Taison. Acho que o Bolanos é mais um ponta de losango ou armador.

    Resposta do Cecconi: certamente Ricardo, posicionamento e função são conceitos bem diferentes. Também acredito que o Bolaños possa jogar nestas variações, principalmente pelos lados do losango – em formações mais ofensivas. Mas para substituir D`Alessandro, ou qualquer dos atacantes, ele também deve dar boa resposta. Abraço!

  • josé da silva diz: 1 de junho de 2009

    Acho que neste mês de junho, com o Kleber na seleção, acaso o Cordeiro lesione ou seja suspenso, veremos ele na lateral esquerda, com liberdade para atacar, já que não temos outro lateral esquerdo. Na LDU ele já fechava na esquerda mesmo e ainda conseguia chegar na frente.

  • Rodrigo Wepster diz: 1 de junho de 2009

    Pois é Eduardo, o Gabriel matou a charada, o Taison compõe o meio também, acho que a dele é a mesma a do Bolaños, ou prum abafa no lugar do Guina ou do Magrão. Mas vejam aí se podem ajudar numa dúvida que me surgiu observando os esquemas táticos estampados no blog (WW, Trios, Barça..). Que nome merece esse esquema do Inter? Afinal, original ele é. Bem que a imprensa esportiva podia nominá-lo e dar ainda mais toques de requinte ao nosso grande time e grande momento.

  • TEO ALEXANDRE diz: 1 de junho de 2009

    Vai ter um páreo duro só vejo ele com condições de jogar no lugar de Sandro(talvez de Magrão) ou Taison,deve ser um reserva de luxo mesmo.

  • Sidnei Weiss diz: 1 de junho de 2009

    Independente de posição ( se adiantado ou partindo do meio ) creio que o Bolaños, pela qualidade que demonstrou na LDU, deve ser uma opção de jogadas em velocidade e deve casar muito bem com os velocistas do Inter.
    Sidnei Weiss

  • Marlon diz: 2 de junho de 2009

    Eduardo, e na questão do limite de estrangeiros na equipe? O limite não é tres? já temos o Guina, o D`ale e o Sorondo… Como colocar o equatoriano na equipe?

    Resposta do Cecconi: olá Marlon. Esta terá de ser uma escolha do Tite, talvez amparado na posição onde tiver menos opções nacionais. A notícia é que o Inter tenta naturalizar o Sorondo, o que abriria uma terceira vaga para Bolaños sem que alguém precise ser cortado das delegações. Abraço!

  • Marco diz: 2 de junho de 2009

    Cecconi, pra mim o bolaños vem pra ser reserva tanto do taison qto do d`ale. Ambos não têm um reserva que desempenhem as suas funções, utilizando o conceito do tite. Qdo entra andrezinho no lugar do d`ale o time fica mais recuado. Qdo entra alecsandro no lugar do taison o time fica mais “parado” e lento. A velocidade do bolaños permite que ele componha o meio e apareça no ataque, enquanto andrezinho só compoe o meio e alecsandro só se posiciona no ataque.

  • Alberto diz: 4 de junho de 2009

    Boa Noite Cecconi, sobre o Bolaños, atente para a função que ele exrecia na LDU na maioria das vezes que era a de Sgundo atacante junto com o argentino Bieler, isso depois que Guerrón saiu que o Sistema tatico da Liga foi alterado pois antes atuava Guerrón aberto pela direita e Bolaños pela esquerda, mas com a saída dele a Liga adotou um sistema com 2 atacantes mais a frente, Bolaños e Bieler. Na formação do Inter, o Bolaños se encaixa perfeitamente na função que o Taison executa. Abraços

  • celso diz: 1 de junho de 2009

    Se o Fernando Carvalho disse que ele é atacante, ele é atacante. Obviamente o mesmo serve se Fernando Carvalho tivesse dito que era meia, lateral direito ou zagueiro central. Fernando Carvalho sabe. E pronto.

  • ricardo, do único clube gaucho campeão do mundo diz: 2 de junho de 2009

    o taison era meia atacante e o carvalho convenceu ele e o tite de tentar usar ele como atacante e deu certo

    deve ser essa a linha de pensamento do fernando carvalho em relação ao bolaños

    parabéns pelo blog, tomara que alguns comentaristas da rbs aprendam contigo e parem de falar algumas bobagens vergonhosas somente em cima de resultados

    um dias atrás falou que o inter sofreu o gol do fla pq o tite colocou o glaidson e recuou o time…….. ah por favor, o cara tinha entrado a 1 minuto

  • colorado diz: 1 de junho de 2009

    dalessandro pode fazer uma funçao de 2o atacante, assim como o manso na ldu e bolanos jogar de extremo esquerdo.
    Ou seja, bolanos é banco de dale ou taison.
    Se sair nilmar, precisamos de um centroavante, leandrão não respondeu a altura do inter

  • Alexandre Colorado diz: 2 de junho de 2009

    discordo eduardo, naquele time o manso era meia tb, na minha visao jogavam num 4-5-1 como o inter da sulamericana, com o manso sendo um alex, um meia com liberdade total e o bolanos tb como meia……..tb acho q ele nao é atacante, mas a formatação era q tanto manso quanto bolanos eram meias e, na minha visão, o manso nao era atacante

    Resposta do Cecconi: olá Alexandre. Esta formação que citas pode ter sido utilizada pela LDU, sem problemas. Mas na decisão da Libertadores contra o Flu, e nos dois jogos do Mundial, foi claramente um 4-4-2 em duas linhas. Manso era o atacante que faziam a ligação entre a linha de meio e Bieler. E Bolaños foi o extremo pela esquerda. Podes recuperar imagens, inclusive, do gol que Bolaños marcou contra o Flu no Maraca para constatar a diagonal que ele faz da extrema esquerda para a área. Abraço!

  • Hendel diz: 2 de junho de 2009

    Quanto ao desenho tático, eu ainda quero ver o inter jogando com duas linhas de quatro.

    Bolivar, Indio, Sorondo e Kleber; Sandro e Guinazu (voltantes) D`alessandro (winger pela direita, função no argentino S. Lorenzo) e Bolaños (winger pela esquerda, função LDU). Tison (segundo atacante aberto) e Alecsandro (centroavante de área).

  • Pedro Souto diz: 2 de junho de 2009

    No 4-4-2 losango que o Inter usa atualmente eu não vejo função para o Bolaños. No Santos ele foi usado como 2º atacante e foi mal, por isso que veio para o Inter.
    Caso o Tite opte por um meio campo em linha, ele deve ser útil.

Envie seu Comentário