Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Genoa confirma aposta no 3-4-3

24 de agosto de 2009 15

Diagrama tático do Genoa no 3-4-3, na vitória de 3 a 2 sobre a Roma

Havia publicado aqui no blog Preleção, durante o balanço de transferências da janela europeia, um post sobre o Campeonato Italiano com destaque para o Genoa do Crespo. E na vitória de virada por 3 a 2 sobre a Roma, domingo, a equipe confirmou uma tendência tática especulada pela imprensa local como a mais provável, à época da pré-temporada.

O Genoa começa o Italiano no 3-4-3. É um dos sistemas táticos menos praticados no futebol mundial. Por isso, eu o considero bastante arriscado. Afinal, os jogadores têm pouco (ou nenhum) contato com suas táticas individuais e de grupo, com seu sistema de marcação, com seus movimentos sincronizados na posse de bola ou na marcação. Mas no jogo de estreia, deu certo.

A equipe é disposta com três zagueiros – Moretti à esquerda, Biava à direita, e o grego Papastrathopoulos de líbero. Em princípio, seu posicionamento é à frente da dupla de zaga, fazendo a cobertura de ambos os lados, ou (raramente) recuando para a sobra. Líbero, na tradução literal da palavra italiana: livre para ir de lado a outro, cobrindo companheiros e ocupando espaços defensivos.

No meio-campo, há uma linha de quatro jogadores. Os meias-extremos (wingers) precisam conciliar mais atribuições defensivas do que o fariam no 4-4-2 convencional. Isso porque não há cobertura consecutiva de um lateral. Quem os socorre ou é o grego (evitarei escrever aquele nome novamente, já que acertei de primeira) ou um dos meias centrais.

A vocação ofensiva do Genoa é a jogada pelos lados. Principalmente na esquerda. Por ali Modesto é mais efetivo como winger ofensivo do que Rossi, mais preocupado com a marcação no lado direito. E o “ponta-esquerda” do Genoa, Sculli, é o cérebro da equipe. Sculli centraliza o acabamento de praticamente todas as jogadas. É muito mais ofensivo e efetivo do que o “ponta-direita” Mesto. Coloco o termo ponta entre aspas porque eles são muito mais atacantes de movimentação do que pontas à moda antiga.

Pelo meio, Juric também sai mais na esquerda do que Zapater na direita. Na prática, a equipe com a posse de bola avança seus wingers pelos lados, os atacantes sincronizam diagonais para a área ou movimentos agudos para a linha de fundo, Crespo é a referência, e os meias-centrais ainda se adiantam para a segunda bola. É um verdadeiro alvoroço ofensivo.

Na estatística da partida, o Genoa manteve a posse de bola e a criação de jogadas por 40% do tempo no setor esquerdo. Quase metade de tudo o que produziu se concentrou nos pés de Sculli e Modesto. O lado direito contribuiu com 32%, enquanto pelo meio – o que comprova a descentralização e a abertura do jogo provocada pelo 3-4-3 – apenas 27%.

Mas ainda vejo o 3-4-3 com alguma restrição. Este sistema, mal-aplicado, quase custou a derrocada de Maradona na Argentina. Depois de dois jogos no 4-4-2 em duas linhas, Maradona adotou o 3-4-3. E com ele a seleção argentina foi muito mal. Mas muito mal mesmo. Parecia que daria certo, com Gutiérrez e Maxi “por las bandas”, o trio ofensivo com Agüero, Tevez e Messi, Gago e Mascherano por dentro, e três zagueiros. Houve, entretanto, muita vulnerabilidade no contra-ataque adversário pelos lados.

Esta é a chave: quem encontrar a solução para a cobertura pelos lados no 3-4-3, acredito, conseguirá emplacar e difundir este sistema. Talvez o Genoa aposte na abnegação do grego correndo de lá para cá. Ou na máxima de Pelé, que pretendia sempre vencer por marcar mais gols do que o adversário, e não por sofrer menos gols. Levou 4? Faz 5. Aguardemos os desdobramentos do Genoa no Italiano para saber se deu certo.

Postado por Eduardo Cecconi

Comentários (15)

  • Azza diz: 25 de agosto de 2009

    (Continuando…) Na prática, os volantes fazem a cobertura dos wingers e os dois zageuiros fazem cobertura para os volantes. O libero fica na sobra, e na hora da subida o libera está centralizado, os wingers ou segundo atacantes compondo o meio, com possibilidades de jogadas centralizadas ou laterais… Tem dado certo… Na pratica, acredito que também funcionaria, até porque se os wingers estiverem em posição de marcar, os volantes centralizam mais… O que acha Cecconi?

    Resposta do Cecconi: Azza, só na prática para ver se daria certo. Com apenas dois centralizando, trazer o volante para cobrir o lado abre a frente da área. O adversário poderia abrir os próprios meias pelos lados, arrastando esses volantes, trazendo alguém para infiltrar de trás pelo meio. Abraços.

  • Allysson diz: 25 de agosto de 2009

    Cecconi tu eh um dos caras q eu mais acompanho e respeito no meio do futebol, porem acho que essa aposta pode sim dar resultados eh um risco claro, mas o 343 junta as taticas mais usadas nao? 3(352) 4(442)3(433) ja testei varias vezes no FM hehe mas realmente no jogo eh MTO arriscaso soh pra qnd tu tem que ganhar ou ganhar.disciplina tatica eh o que nao falta na europa

  • Pedro Souto diz: 25 de agosto de 2009

    E onde entra o Rodri? No Boca ele costumava cair pela direita, pode entrar no lugar do Mesto.

    Resposta do Cecconi: ficou no banco, Pedro, e entrou só no finalzinho…

  • Bruno diz: 24 de agosto de 2009

    será queo Criscito não vai ser titular ?

  • DANIEL R SANTOS diz: 26 de agosto de 2009

    PARA MIM, QUE ACREDITO QUE FUTEBOL É FAZER GOLS, ESSE É UM DOS MELHORES ESQUEMAS PARA SE JOGAR. OS MELHORES, NA MINHA OPINIÃO, SÃO O 2-5-3 E O 2-4-4.
    FUTEBOL É IR PRA CIMA, MARCAR NO CAMPO DO ADVERSÁRIO, DAR SUFOCA, E FAZER MUUUUITOS GOLS. QUANDO LIGO A TV E VEJO AQUELES TIMES NA RETRANCA, COM 2,3 OU 4 VOLANTES BRUCUTUS, SEGURANDO, SEM JOGADAS OFENSIVAS, BALÃO, DESLIGO A TV, MESMO QUE O TIME QUE ESTEJA SENDO TRANSMITIDO SEJA O DO CORAÇÃO.

  • Lucas Benvegnú Zambon diz: 25 de agosto de 2009

    Olá Cecconi, Acredito que ano passado o Genoa já utilizava este esquema tático, ou estou enganado? Se sim, foi uma grata surpresa, pois, os jogos que eu assiti deste time me deixaram bastante satisfeito na temporada passada. Embora eu ache que o Genoa perca muito do seu potencial com a saída do Milito, o Crespo embora seja muito bom definidor, não tem a característica de buscar jogo e tabelas que o Diego possui, estou certo?

    Resposta do Cecconi: sim Lucas, o Genoa vem de um 3-4-3 no ano passado já. Sobre o Crespo, na pré-temporada ele fez muitos gols, talvez com dois atacantes pelos lados seja bom ter um “aipim” na área. E o Crespo sabe jogar e se movimentar um pouco também. Abraços.

  • Bruno Matos diz: 25 de agosto de 2009

    Surpresa esse Alberto Zapater. Tem nível pra pensar em vaga na Seleção Espanhola? Pelo menos, tomou um caminho interessante, jogando na Itália, a Meca dos defensores.

  • Azza diz: 25 de agosto de 2009

    Tenho jogado no PES 2009 em um 3-4-3, e a idéia é o seguinte, os volantes ofensivos da idéia do genoa são trocados por volantes mais fixos e mais abertos para os lados fazendo as coberturas dos wingers. Quando os wingers sobem, os volantes protegem e os segundo atacantes preenchem o meio campo, ou os wingers preenchem o meio campo e os segundo atacantes vão para as pontas e atrás tendo o libero mais adiantado para a saida de bola. Claro q no PES não se faz 100%, mas acredito que funcione bem.

  • Leonardo sander diz: 24 de agosto de 2009

    Cecconi,como vc acha que o inter vai jogar quando o Eller tiver condições juntamente com o Edu?

  • Thiago diz: 26 de agosto de 2009

    Hahahaha, queria ver o narrador pronunciando o nome desse grego aí. Mais difícil que papibaquígrafo. Mas falando sério, achei interessante esse esquema tático aí, sabe se algum canal aberto está transmitindo o campeonato italiano? Grande Cecconi, abraço.

    Resposta do Cecconi: Thiago, aberto eu não sei. Temporada passada a Band transmitiu, não sei se continua. A Sportv está transmitindo com certeza. Abraço.

  • César Toni diz: 24 de agosto de 2009

    Gosto de Wingers. Não entendo porque o nosso país nao adota estratégias com esses meia-atacantes abertos. Gostaria de ver o Inter com no 4-3-3 com Edu, Taison, Bolanos e D`alessandro, ou um 3-4-3 no mesmo ataque com Giuliano e Guinazu fazendo um box-to-box;claro, não tão ofensivos, apenas para dar saída rápida ao jogo.

  • Guilherme diz: 25 de agosto de 2009

    Suicida esse esquema não? ou seria “Faceiro”? bem, cecconi, quando vi o diagrama pensei na cobertura dos `alas` na hora! hehehehe. Não seria o caso de, centralizar um meia pra cobertura, deixar o libero na sobra dos zagueiros, e, adiantar um pouco o outro meia? assim nao ficaria tao feliz e ofensivo. O que achas cecconi? Ficaria meio desorganizado né? hehehe, dificil pensar em algo nesse esquema ai.

  • Andreas diz: 26 de agosto de 2009

    Oi Eduardo, esse esquema não serviria para o Inter? Já que não possui um lateral direito, poderia colocar o kléber como winger pela esquerda e o giuliano pela direita, com o dalessandro e o taison nas pontas, mas na forma que você descreve como “pé trocado”, pois os dois tem ótimo chute. E uma dúvida a respeito deste esquema, os dois meias centralizados, devem ter caracetrísticas mais ofensivas ou mais defensivas? Grande abraço!

    Resposta do Cecconi: Andreas, não sei se no Inter este sistema se aplicaria. Só testando para ver o resultado. Sobre os meias centrais, eles precisam combinar marcação e técnica. Um bom exemplo próximo é o Verón no Estudiantes, exemplos distantes existem aos montes (Xabi Alonso é um dos mais recentes). Abraços.

  • Felipe colorado 1.a divisao diz: 26 de agosto de 2009

    3 ZAGUEIROS E O MELHOR ESQUEMA.SAO JOGADORES
    ESPECIFICOS PARA A FUNCAO.LATERAIS SAO ALAS.
    MELHORA A BOLA AEREA DEFENSIVA E OFENSIVA.
    A MAIORIA DOS TIMES JOGA COM NO MAXIMO
    2 ATACANTES.

  • Nicolau Frota diz: 26 de agosto de 2009

    Eduardo , acho qu a única forma de “acertar” as coberturas do 3-4-3 é fazendo com que o meio campo atue em cincronia (Hora avanção os “volantes” hora os homens das pontas). Concorda??

    Resposta do Cecconi: é uma alternativa, Nicolau, fazer um pêndulo na linha de meio campo. Sobem os dois da direita, fecham os dois da esquerda…abraços!

Envie seu Comentário