Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Seleções da Copa de 2010: análise tática da Argélia

12 de maio de 2010 1

A Argélia, adversária da Inglaterra na primeira fase da Copa do Mundo 2010, é uma seleção de sistema tático britânico. Atua no 4-5-1 em duas linhas, com um enganche à frente do meio-campo, desenho que pode ser desdobrado em 4-4-1-1. Com problemas, entretanto, na execução de alguns princípios básicos deste sistema.

Nos vídeos aos quais assisti, todos da Copa Africana de Nações disputada no início deste ano, a Argélia apresenta problemas defensivos pelos lados do campo. As coisas parecem funcionar quando as duas linhas estão compactas e a posse de bola é do adversário. Mas basta a Argélia sair para o jogo, e a transição defensiva mostra-se deficiente, principalmente às costas dos laterais.

O grande jogador argelino é Ziani, o organizador-central que reveste-se também das habilidades do ponta-de-lança para fazer a aproximação com o único atacante – Ghezzal. Na linha de meio-campo, destaco as diagonais da esquerda para o meio de Matmour. Há ainda a segurança do volante Yebda, vigoroso cão de guarda do Benfica.

A escalação não está confirmada. Na minha pesquisa, apareceu um problema na lateral-direita. Dos dez jogadores de linha, sete parecem definidos: os zagueiros Bougherra e Yahia; os meio-campistas Matmour, Yebda, Lacen e Ziani; e o atacante Ghezzal.

O técnico Rabah Saadane chamou 25 jogadores na pré-convocação. Dois vão sobrar. O grupo se prepara na Suíça de amanhã até 26 de maio. A partir de 31 de maio, até 06 de junho, o trabalho será em Nuremberg, na Alemanha. A Argélia tem amistosos agendados contra Irlanda (28 de maio) e Emirados Árabes (5 de junho).

Confiram a lista de 25 pré-convocados da Argélia:

Goleiros:
Fawzi Chouachi – ES Sétif
Lounes Gaouaoui – ASO Chlef
Mohamed Lamine Zemmamouche – MC Alger
M’bohi Rais Ouheb – Slavia Sofia (BUL)

Defensores:
Laifaoui Abdelkader – ES Sétif
Madjid Bougherra – Glasgow Rangers (ESC)
Carl Medjani Carl – Ajaccio (FRA)
Rafi Halliche – Nacional da Ilha da Madeira (POR)
Anther Yahia – Bochum (ALE)
Haib Belaid – Boulogne sur Mer (FRA)
Nadir Belhadj – Portsmouth (ING)
Djamel Mesbah – Lecce (ITA)

Meio-campistas:
Hassen Yebda – Potsmouth (ING)
Mehdi Lacen – Racing Santander (ESP)
Yazid Mansouri – Lorient (FRA)
Adlane Guedioura – Wolverhampton (ING)
Riad Boudebouz Riad – Sochaux (FRA)
Djamel Abdoun – Nantes (FRA)
Fouad Kadir – Valenciennes (FRA)
Mourad Meghni – Lazio (ITA)
Karim Ziani – Wolfsburg (ALE)
Karim Matmour – Borussia Moenchengladbach (ALE)

Atacantes:
Abdelkader Ghezzal – Siena (ITA)
Rafik Djebbour – AEK Atenas (GRE)
Rafik Saifi – Istres (FRA)

Comentários (1)

  • Preleção » Blog Archive » Seleções da Copa de 2010: análise tática dos Estados Unidos diz: 14 de maio de 2010

    [...] curiosa: os quatro integrantes desta chave atuam com duas linhas de quatro jogadores. Já vimos o 4-4-1-1 da Argélia, o 4-4-2 ortodoxo da Inglaterra, pátria-mãe deste sistema, e o 4-4-2 da Eslovênia. Agora, é a [...]

Envie seu Comentário