Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Potter: "Homens não sabem acabar relacionamento"

21 de março de 2014 14

Neymar-e-Bruna-Marquezine-para-Senhoritas

Homem não acaba relacionamento. Homem posterga. A barriga, que cresce com cervejas em bares em longas conversas sobre Neymar, Megan Fox e o vídeo da gostosa do Direito que está a circular pelos whatsapps, só existe para o homem poder usá-la para empurrar o namoro. Funciona assim: o homem, primeiro, quer transar com aquela mulher linda. Faz de tudo, incluindo jantas, flores e mensagens diárias. Depois de conseguir, ele descobre que a mulher é maior que uma transa banal em busca de orgasmos ensandecidos e gritados. Ou seja: a mulher não é só um corpo. Ela é legal, gente boa e aparece, lá no íntimo masculino, uma vontade de apresentar aquele belo exemplar humano aos pais. 

Assim, depois dos pais, começa o namoro. Loucas viagens, amores diários, suores, risos e a felicidade completa. Bom, a partir desse ponto, a química do casal vai escolher quanto tempo perdurar. Pesquisadores apontam que a média é dois anos. Uns tem mais sorte, outros acabam o casamento seis meses depois da festa que uma das amigas ficou com um cara na quadra de basquete, embaixo do garrafão. Ou seja: essa paixão mágica vai acabar. Casais inteligentes tomam dois rumos: ou jogam com o amor que pode ficar e deixar a relação ir longe, com muita parcimônia e capacidade de entender a independência do outro. Ou acabam com tudo logo. Eis aqui uma diferença entre machos e fêmeas.

O homem descobre que não quer mais, mas empurra com a barriga até se estrebuchar todo. Inventa brigas, amantes, dores e tudo mais tentando achar desculpas para um término que doa pouco. Tem homens que rezam para descobrir que a moça o está corneando, uma espécie de corno salvador, que vá salvar a vida dele e ganhar, no colo, um motivo para o fim.

Mas o homem sempre acha que pode ir mais longe com uma relação que não está agradando. Isso é do macho que tem pena da menina, acha que ainda pode salvar, lembra das coisas boas, dos carinhos, das noites mágicas. Lembra da viagem inesquecível, fica a olhar foto do passado recente, enfim, dói, arde, fere o peito dele só em pensar em acabar com aquele ser que é gente boa, que é um humano maravilhoso, mas que, por razões diversas, não é mais a pessoa para namorar. E fica naquela de “não te dizer o que penso já é pensar em dizer” (Amarante, Rodrigo). E assim o homem vai escorregando do namoro, até uma grandiosa merda acontecer com um fim não tão tranquilo como ele tanto desejou. 

E a mulher, sentindo a mesma coisa que o homem descrito acima, o que ela faz? Bom, uma mulher, quando descobre que o cara não é mais o príncipe, demora, no máximo, um dia para acabar. Rápida, ágil, ardil e corajosa. Nada mais macho que uma mulher quando descobre que o relacionamento acabou. Nada. 

* Potter escreve toda sexta sobre relacionamentos. 

CURTA O PRETINHO NO FACEBOOK!

The following two tabs change content below.

Potter

Luciano Lopes, apelido Potter, jornalista desde o inverno de 2002. Foi estagiário da Rádio Gaúcha no setor “rádio-escuta”: sentado, com o computador aberto no Word 97, ouvindo emissoras concorrentes. Na Atlântida desde dezembro de 2002. Y, Na paz, Night Club, Barracão, Bola nas Costas e Pretinho Básico são alguns dos programas que fez ou faz parte. Além da labuta online nos blogs do Pretinho, Bola e ATL POP. Em 2004 foi para o Papo Clip da TVCOM. No Patrola da RBSTV entrou em janeiro de 2009. Desde 2013 na ZeroHora.com.

Latest posts by Potter (see all)

Comentários via Facebook!

Comentários (14)

  • guilherme diz: 21 de março de 2014

    Muito bom texto! gostei

  • João da Silva diz: 21 de março de 2014

    Como toda generalização, tua conclusão é simplista e burra. Conheço mulheres cujo relacionamento já acabou há muito tempo, mas que nada de terminar… Generalizar só ajuda a criar e reforçar estereótipos, o que não contribui em nada para uma discussão saudável.

  • Ulsher diz: 21 de março de 2014

    Clap, Clap, Clap…parabéns, disse tudo e mais um pouco.

  • Renata diz: 21 de março de 2014

    É a pura verdade! Gostei.

  • Marina diz: 21 de março de 2014

    Deus! quanta baboseira!!! só podia sair da cabeça atrofiada de um homem!
    Esse, deve ter como ídolo o bobalhão do Bial!

  • Eduardo diz: 21 de março de 2014

    Prezado Potter, dentro desta possibilidade creio que a conduta do macho é o sentimento de apego de um colecionador. Quem nunca teve o fantasma das garotas que ficou rondando os pensamentos? Ou de um antigo carro que já foi seu? Ele se apega a atual mulher e as mulheres do passado. Seria a justificativa para os haréns? As mulheres são mais práticas, não se apegam ao passado. Ficou sem utilidade, jogam fora sem frugalidades. Mulheres não perdem para outra mulher por isso a dificuldade de se separar quando tem outra envolvida. Melhor apelar para o corno salvador. Concordo. Dentro desta questão de gênero, outra constatação. Com relação à conquista elas são movidas pelo senso comum, ou seja, o que as outras mulheres pensam a respeito de um cidadão. São sugestionáveis. Isto justifica por que tem tantos caras feios, que apesar disto tem a famosa “faminha”, ficam com garotas lindas. Neste caso a exposição da televisão ajuda muito neste quesito. Abraço

  • Nanda diz: 21 de março de 2014

    Potter, não é que o “homem sempre acha que pode ir mais longe com uma relação que não está agradando. Isso é do macho que tem pena da menina, acha que ainda pode salvar, lembra das coisas boas, dos carinhos, das noites mágicas. Lembra da viagem inesquecível, fica a olhar foto do passado recente, enfim, dói, arde, fere o peito dele só em pensar em acabar com aquele ser que é gente boa, que é um humano maravilhoso, mas que, por razões diversas, não é mais a pessoa para namorar.”
    Na verdade é que ele sempre espera até achar algo melhor. Assim que ele arruma uma candidata ao posto ele “se enche de coragem” dá tchau e vira as costas e nem quer saber de noites maravilhosas, carinhos, viagens ou o raio que os parta. O que ele não quer é ficar sozinho ou com alguma coisa pior. Deixa pintar um filézinho pra ver se ele não troca.

  • Felix diz: 21 de março de 2014

    Cara!! Me vi nesse texto.

  • Richilheu Casagrande diz: 22 de março de 2014

    Muito bom Potter!! o homem por mais desanimado com o relacionamento sempre tentar dar uma ultima cartada, uma ultima esperança para tentar magoar o menos possível a guria e até á si mesmo. Porém, as vezes pode esperar demais o que causa um desastre ecológico (assim como citado por você).
    Concordo com oque você relatou sobre o término da relação por parte da mulher mas creio que deve se acrescentar que, nos dias atuais, por questões de filhos, status, herança, etc, as mulheres não estão em sua totalidade terminando o relacionamento, mas sim, traindo os maridos que só trabalham, ou aqueles que só frequentam bares, jogos de futebol com os amigos, ou seja, esquecem da família, partindo assim a mulher, a buscar algo que lhe satisfaça principalmente, sexualmente.
    não estou aqui dizendo que as mulheres são promiscuas ou algo assim, elas simplesmente como nós homens, precisa de um companheiro (a) que lhe atenda suas vontades.

    Tudo de bom Potter e continua escrevendo ai que ta massa veio!!

  • Gino Lemos diz: 22 de março de 2014

    Só li bobagens, que texto de merda.

  • Marcelo diz: 23 de março de 2014

    De novo essa babaquice de achar que homem e mulher são duas espécies distintas.
    Pára de escrever bobagens cara,já vi muita mulher levar pé na bunda,e não querer aceitar.Fica correndo atrás do cara como um cachorrinho.
    Se tu és o homem em questão,o problema é teu.Mas não pense que todos são iguais a ti.
    Tu estás cada dia mais parecido com o Coimbra.E isso não é elogio.

  • Mariana diz: 24 de março de 2014

    Sendo mulher, acredito que é bem por aí mesmo.
    Muito bem explicado Potter.
    bjinhuss

  • Santoro diz: 24 de março de 2014

    Generalizar pessoas NUNCA será algo correto.

    ENORME baboseira esse texto!

  • Magda diz: 19 de junho de 2014

    homens sao como os macacos eles soh largam o galho qdo pegam outro, nada de resistencia em terminar uma relaçao, ja as mulheres pensam muito pra nao trocar seis por meia duzia!

Envie seu Comentário