Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Brasil se vinga da Argentina e conquista o Super Four no Paraná

13 de julho de 2012 0
Bookmark and Share

Tiago Splitter (D) foi o destaque do jogo, com 19 pontos. Foto: Colin Foster/CBB

Enfim o Brasil pode dizer que é campeão no basquete masculino contra o time principal da Argentina. Com uma boa atuação, a seleção de Rubén Magnano se vingou dos argentinos, venceu por 91 a 75 e conquistou o Torneio Super Four de Foz do Iguaçu.

O jogo foi muito nervoso e, após troca de empurrões, Marcelinho Machado e Léo Gutiérrez foram desqualificados da partida. O Brasil soube controlar bem todo o jogo e só perdeu o terceiro quarto. Nos outros, foi soberano e teve um fim de confronto tranquilo.

O Brasil não contou com Leandrinho e Marquinhos, poupados. A Argentina não teve Manu Ginóbili. Com um grupo mais homogêneo, a Seleção Brasileira sentiu menos os desfalques. Ginóbili havia sido o principal jogador da Argentina na conquista do Super Four de Buenos Aires, na semana passada, e sua ausência foi decisiva.

ANÁLISE DO PRIME TIME:

- Assim como na semifinal contra a Espanha B, o Brasil ainda sofreu um pouco na marcação de perímetro. Os argentinos sentiram a falta de Ginóbili, mas mesmo assim assustaram em alguns momentos.

- No ataque, o Brasil sente dificuldade no garrafão. Os pivôs são ótimos defensores e reboteiros, mas não são grandes atacantes. Por isso, em algumas partes do jogo, os armadores e alas são forçados. Na defesa, acontece o inverso. Os pivôs se sobrecarregam com as deficiências dos jogadores baixos.

- As atuações individuais de Raulzinho e Larry Taylor chamaram atenção. Nenê foi mal no jogo, parece estar se poupando em função das dores no pé. Tiago Splitter e Anderson Varejão vivem momentos melhores e podem ser os donos do garrafão em Londres.

- Splitter foi o jogador com melhores números: teve 19 pontos e oito rebotes. Varejão fez 17 pontos, Larry Taylor, 16. Marcelinho Huertas, que fez 14 pontos na final, foi eleito o melhor jogador do torneio.

- O próximo compromisso da Seleção Brasileira é na segunda-feira, contra os Estados Unidos, fora de casa. Será um grande teste para uma equipe que ainda precisa corrigir alguns defeitos, mas está confiante e joga um basquete que há tempos não se via. Os Estados Unidos, no entanto, têm um grande time. No primeiro amistoso, os americanos venceram a República Dominicana por 113 a 59, nesta quinta-feira.

Envie seu Comentário