Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

1994: a Copa do Mundo nos estádios de futebol americano

13 de março de 2013 5
Bookmark and Share

A Copa do Mundo de 1994, nos Estados Unidos, é considerada por amantes do futebol uma das mais empolgantes. Para os americanos, foi uma mudança de patamar para o esporte local, que ainda engatinhava e hoje tem uma liga forte, a Major League Soccer. Mas, naquela edição do Mundial, os estádios não foram construídos especificamente para a competição.

A organização da Copa aproveitou os grandes e à época luxuosos estádios da NFL para os jogos de futebol. Claro, foram feitas adaptações no gramado e em partes da estrutura para permitir a prática do futebol sem as linhas que atravessam o gramado no futebol americano. Devido ao tamanho dos estádios, a Copa de 1994 teve a maior média de público da história dos mundiais.

Estádios da Copa do Mundo de 1994:

Rose Bowl, Pasadena, Califórnia

Fotos: Divulgação

O Rose Bowl é um dos estádios mais tradicionais dos Estados Unidos. Localizado no subúrbio de Los Angeles, foi sede de oito jogos da Copa, incluindo a decisão entre Brasil e Itália. Recebeu também a disputa do terceiro lugar entre Suécia e Bulgária e a semifinal entre brasileiros e suecos. Apesar de não ter sido sede de equipes da NFL, é tradicional nas disputas do futebol americano universitário. Em 1999, seria sede também da final da Copa do Mundo feminina. Em 2010, recebeu o BCS Championship Bowl, final do college football – evento que será novamente em Pasadena em 2014. A atual capaidade chega aos 91 mil espectadores.

Pontiac Silverdome, Pontiac, Michigan

O Pontiac Silverdome foi a casa do Detroit Lions na NFL entre 1975 e 2001, quando a franquia se mudou para o Ford Field. Recebeu ainda o Detroit Pistons, da NBA, até 1988, quando foi inaugurado o The Palace of Auburn Hills. Com capacidade para 80 mil pessoas, recebeu apenas jogos da primeira fase, entre eles o empate entre Brasil e Suécia. Hoje não figura entre os estádios importantes, mas faz parte também da história dos eventos de WWE.

Stanford Stadium, Palo Alto, Califórnia

O estádio de Palo Alto, também próximo a Los Angeles, recebeu três jogos do Brasil – contra Rússia e Camarões, na primeira fase, e o lendário jogo contra os Estados Unidos, em 4 de julho, pelas oitavas de final. Pertence à Universidade de Stanford e tinha capacidade para 80 mil pessoas na época da Copa – hoje, após reformas, recebe até 50 mil torcedores. O local recebeu o Super Bowl de 1985, quando o San Francisco 49ers venceu o Miami Dolphins em um grande confronto entre Joe Montana e Dan Marino. Normalmente, não recebe partidas da NFL.

Giants Stadium, East Rutherford, Nova Jersey

O Giants Stadium que sediou a Copa de 1994 já não existe mais. Ele deu lugar, em 2010, ao novo MetLife Stadium, construído no terreno onde era o estacionamento do antigo estádio. O Giants Stadium, com capacidade para 77 mil pessoas, era a casa de New York Giants e New York Jets na NFL. O local recebeu partidas de futebol do New York Cosmos, de Pelé, e mais recentemente do New York Red Bulls. Na Copa de 1994, não sediou nenhuma partida do Brasil. O jogo mais importante foi a semifinal entre Itália e Bulgária.

Citrus Bowl, Orlando, Flórida

O Citrus Bowl não sedia jogos da NFL, mas recebeu muitas partidas do futebol americano universitário em sua história. Com capacidade para 70 mil pessoas à época do Mundial, foi o local de jogos da primeira fase e de uma partida das oitavas, entre Holanda e Irlanda. Atualmente é pouco aproveitado, sendo a base do modesto Orlando City Soccer Club, time que joga a liga equivalente à terceira divisão do futebol dos Estados Unidos.

Soldier Field, Chicago, Illinois

O Soldier Field é um dos estádios mais tradicionais dos Estados Unidos. Ainda é utilizado pelo Chicago Bears na NFL e foi a casa do Chicago Fire na MLS até 2005. Com capacidade para 67 mil pessoas, recebeu jogos da primeira fase e o confronto entre Alemanha e Bélgica nas oitavas de final. Inaugurado em 1924, é um dos estádios mais antigos ainda em atividade na NFL.

Cotton Bowl, Dallas, Texas

O estádio foi a casa do Dallas Cowboys entre 1960 e 1971 e do Dallas Texans em 1952. Recebeu por algum tempo o FC Dallas na MLS. Atualmente, sedia partidas do futebol americano universitário e da Lingerie Football League. Com capacidade para 67 mil pessoas, foi sede do histórico jogo entre Brasil e Holanda, nas quartas de final da Copa de 1994. Entre 1937 e 2009, o estádio recebeu o Cotton Bowl Classic, um dos Bowls da NCAA. A partir de 2010, o jogo passou a ser realizado no Cowboys Stadium, atual casa da franquia da NFL.

Foxboro Stadium, Foxborough, Massachusetts

O New England Patriots jogou no Foxboro até 2001, quando se mudou para o Gillette Stadium. O New England Revolution, da MLS, também jogou por lá até 2001 e fez o mesmo caminho do colega mais famoso de cidade. O estádio, com capacidade para 61 mil pessoas, recebeu os jogos da Itália nas oitavas (contra a Nigéria) e quartas (contra a Espanha) no Mundial. Em um jogo da primeira fase, entre Argentina e Grécia, o Foxboro viu o último gol de Maradona em Copas do Mundo. Em janeiro de 2002, o estádio foi demolido após a conclusão do Gillette Stadium.

RFK Stadium, Washington, DC

O Robert Francis Kennedy Memorial Stadium é o menor dos estádios que sediou a Copa do Mundo, com capacidade para 57 mil pessoas. Foi a casa do Washington Redskins entre 1961 e 1996, quando a franquia se mudou para o FedEx Field. A capital americana recebeu jogos da primeira fase e um duelo das oitavas de final, entre Espanha e Suíça. Atualmente, o local recebe apenas eventos da NCAA e os jogos do DC United na MLS.

Comentários (5)

  • pedro castiel diz: 13 de março de 2013

    muito bom post. Parabéns!

  • leo diz: 15 de março de 2013

    Os estádios dos EUA são lindos. Muito estilosos. Classicos, mas estioloso.
    Muito boa a matéria, excelente trabalho. Só deixo uma dica para as proximas, se possivel colocarem mais fotos e/ou fotos do evento relacionado, alimenta mais o post!

  • Estádios da NFL recebem a Copa Ouro de futebol | Prime Time diz: 8 de julho de 2013

    [...] 1994: a Copa do Mundo nos estádios de futebol americano [...]

  • Diego diz: 7 de julho de 2015

    O Citrus Ball é casa do Orlando na MLS, até o novo estádio deles ficarem pronto..

Envie seu Comentário