Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Com contrato de "100 mulheres por semana", Rodman aceita assumir seleção da Coreia do Norte

10 de setembro de 2013 8
Bookmark and Share
Dennis Rodman tem uma relação próxima com o líder norte-coreano Kim Jong-Un. Foto: Jason Mojica/Vice Media/AFP Photo

Dennis Rodman tem uma relação próxima com o líder norte-coreano Kim Jong-Un. Foto: Jason Mojica/Vice Media/AFP Photo

Nada de sistema econômico fechado. O ditador da Coreia do Norte Kim Jong-Un tem uma relação próxima com o ex-astro do basquete dos Estados Unidos Dennis Rodman e o convidou para ser técnico da seleção local. Além de gordos US$ 2 milhões por ano, Rodman afirmou que teria direito a “100 mulheres por semana”.

— Cheguei e haviam 100 meninas, todas belas asiáticas, esperando por mim. Como é que alguém vai resistir a isso? Dei a cada uma delas um passeio pela estrada de ferro Dennis Rodman, se é que você me entende. Não sei como ele sabia que eu gosto de meninas asiáticas, mas Kimmy é esperto — disse o ex-jogador da NBA.

Rodman afirmou que a proposta é irrecusável:

— E agora Kimmy diz que vai encontrar 100 novas garotas para mim por semana. Toda semana! E ainda vai me pagar US$ 2 milhões por ano para ser treinador. Honestamente, você recusaria uma proposta dessas? Jesus Cristo não recusaria uma oferta como essa — argumentou.

O agora treinador afirmou que pretende organizar um amistoso entre a seleção da Coreia do Norte e ex-jogadores da NBA. A ligação de Rodman com o país asiático não é novidade. Ele tem feito visitas ao local e promovido partidas de basquete.

Dennis Rodman foi jogador da NBA entre 1986 e 2000. O atleta passou por Detroit Pistons, San Antonio Spurs, Chicago Bulls, Los Angeles Lakers e Dallas Mavericks. Ele foi campeão da NBA cinco vezes — duas em Detroit (1989 e 1990) e três em Chicago (1996, 1997 e 1998). Em 2011, Rodman foi introduzido no Hall da Fama Naismith Memorial.

Comentários (8)

  • Leandro diz: 10 de setembro de 2013

    Não sei o que é pior, o filho mais louco que o pai, kim, oferecer ou rodman aceitar e ficar se gabando. Com certeza a prostituição e o abuso de menores estarão campeando solto.

  • Diego Souza diz: 10 de setembro de 2013

    estupradores de merda,morte a korea do norte e a esse abobado ex-nba.

  • Patricia diz: 10 de setembro de 2013

    @Leandro, eu sei o que é pior: nem se comentar (na reportagem) o grau de machismo de uma coisa dessas. Quer dizer, mulher é tão “objeto” que passa até a ser negociável em contrato. Nojo.

  • Mike diz: 11 de setembro de 2013

    RODMAN : ENJOY !

  • Lindomar diz: 12 de setembro de 2013

    Sabe o que é pior é as pessoas acreditarem neste comentário infeliz do jogador, não existe este tipo de contrato foi apenas uma justificativa do astro para treinar o time do ditador sem criar constrangimento ao governo norte americano que vigia o ditador de perto.

  • Felipe diz: 12 de setembro de 2013

    Não sei se é verdade ou não, mas é bem provável que realmente aconteça, até coisa BEM PIOR, lá ou no mundo árabe, mas aí fica a pergunta…

    E contra isso, por que não tem manifestação, quebra-quebra, marcha das vadias ou coisa que o valha? Isso é um CRIME CONTRA A HUMANIDADE, mas contra eles, por que ninguém luta contra?! É fácil chutar cachorro morto, que nem o Feliciano, mas e contra eles? Ah, é, esqueci que os adoradores do Che vendam os olhos pra esse tipo de coisa…

    Hipócritas.

  • Super TiTiO diz: 13 de setembro de 2013

    Simplesmente Inacreditável ! Isso só pode ter sido uma piada de mau gosto.

    Zero Hora, seria no mínimo interessante colocar a fonte da noticia:

    Onde ele declarou isso?
    Ou a quem ele declarou isso?
    Tem isso em video? (se sim, ele usou algum tom de ironia?)
    Alguém teve acesso ao contrato?

    Até que eu consiga responder estas questões, não poderei opinar, e tratarei como uma piada.

  • Felipe diz: 13 de setembro de 2013

    Super TiTiO, provavelmente foi uma ironia, e concordo que de muito mau gosto, mas tu acha tão inacreditável assim que coisas como essa ou até piores não aconteçam no oriente, principalmente no mundo árabe?

    O pior é que não precisa nem ir tão longe… Nas fortalezas dos marajás do nosso querido (des)governo ou nos líderes latinos (leia-se ‘os graúdos’, tipo os que fazem parte do Foro de SP, tu acha que isso não acontece também?!

Envie seu Comentário