Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Dono do Rams faz parceria para construir novo estádio na região de Los Angeles

05 de janeiro de 2015 0
Bookmark and Share
Novo estádio ficaria pronto em 2018. Foto: Divulgação

Novo estádio ficaria pronto em 2018. Foto: Divulgação

A região de Los Angeles está cada vez mais perto, 20 anos depois, de voltar a ter um time na NFL. De acordo com o Los Angeles Times, Stan Kroenke, dono do St. Louis Rams, juntou-se a uma parceria para a construção de um estádio em Inglewood, cidade a 20 quilômetros de LA.

Recentemente, Kroenke comprou um terreno de 24 hectares na região. O local era considerado pequeno para atender às necessidades de um novo time. No entanto, o bilionário se juntou ao Stockbridge Capital Group, dono do Hollywood Park, área de 96 hectares nas proximidades. A ideia da parceria é erguer um estádio de 80 mil lugares.

Além do estádio, que seria apto a receber uma franquia da NFL, seria construído um centro de eventos com capacidade para 6 mil pessoas. A previsão é que o complexo fique pronto em 2018.

O Rams vive uma situação complicada em St. Louis. Insatisfeito com as condições precárias do Edward Jones Dome para os padrões da NFL, o time exige incentivos públicos para a construção de um novo estádio para seguir no Missouri — no entanto, a diferença entre o valor pedido pela franquia e o oferecido pela cidade é de US$ 575 milhões.

A NFL já anunciou que não realocará nenhuma equipe para Los Angeles em 2015. Portanto, St. Louis ganhou um ano para negociar. Se não houver acordo neste período, o Rams pode voltar ao sul da Califórnia em 2016 — enquanto o novo estádio não estiver pronto, o time jogaria no Memorial Coliseum ou no Rose Bowl de forma provisória. A franquia atuou na região de Los Angeles entre 1946 e 1994.

Kroenke é um empresário bilionário. Além do Rams, ele possui o Denver Nuggets, da NBA, o Colorado Avalanche, da NHL, e parte majoritária do Arsenal, da Premier League. Além dele, os donos de Oakland Raiders e San Diego Chargers passam por dificuldades nos estádios atuais e cogitam retornar a LA.

Envie seu Comentário