Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

O histórico entre Seattle Seahawks e Green Bay Packers

14 de janeiro de 2015 0
Bookmark and Share
Fail Mary marcou confronto entre Seahawks e Packers em 2012. Foto: Seattle Seahawks/Divulgação

Fail Mary marcou confronto entre Seahawks e Packers em 2012. Foto: Seattle Seahawks/Divulgação

Seattle Seahawks e Green Bay Packers entram em campo às 18h05min do próximo domingo para decidir, pela primeira vez neste confronto, a Conferência Nacional da NFL. O vencedor estará no Super Bowl XLIX. Até 2001, os times pouco se enfrentavam — o Seahawks fazia parte da AFC. Desde então, os confrontos passaram a ter maior regularidade.

Na história, são 17 duelos, com 10 vitórias para o Packers e sete para o Seahawks — incluindo dois jogos de playoffs. Na pós-temporada, as duas partidas anteriores foram no Lambeau Field, em Green Bay, e o Packers terminou como vencedor.

Na temporada 2003, o Packers, campeão da NFC Norte, pegou o Seahawks, vice-campeão da NFC Oeste, ainda na rodada de wild card. O time de Green Bay venceu por 33 a 27, na prorrogação, e avançou para ser eliminado pelo Philadelphia Eagles na semifinal de conferência — também no tempo extra.

Em 2007, os dois eram campeões de divisão. O Packers jogou em casa novamente, desta vez pela semifinal de conferência, e venceu por tranquilos 42 a 20. Voltou a perder no jogo seguinte, para o New York Giants, que seria campeão do Super Bowl XLII.

O Seahawks, no entanto, venceu os dois últimos confrontos diretos. Em 24 de setembro de 2012, na semana 3 daquela temporada, o inesquecível Mondau Night Football que ficou marcado pela Fail Mary (ou touchception). O Packers vencia por 12 a 7 a segundos do fim.

Em casa, o time de Seattle arriscou a última jogada em um passe longo de Russell Wilson. Golden Tate brigou pela posse da bola na end zone com M.D. Jennings. A bola foi interceptada pelo defensor, mas a arbitragem substituta — os titulares estavam em locaute — marcou e confirmou a recepção de Tate. O Seahawks virou para 14 a 12 e deixou o campo vitorioso.

Sem polêmica, os times se reencontraram na abertura desta temporada. Atual campeão, o Seahawks teve o direito de jogar em casa o primeiro jogo do ano e venceu o Packers por tranquilos 36 a 16. No próximo domingo, os times se enfrentam no momento mais avançado da história do duelo. O vencedor viaja para o Arizona em 1° de fevereiro.

Envie seu Comentário