Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Seahawks consegue virada incrível, bate o Packers e volta ao Super Bowl

18 de janeiro de 2015 0
Bookmark and Share
Lynch comandou a virada do Seahawks. Foto: Otto Greule Jr/Getty Images/AFP

Lynch comandou a virada do Seahawks. Foto: Otto Greule Jr/Getty Images/AFP

O Seattle Seahawks fez história. Em uma das grandes viradas de todos os tempos na pós-temporada, o atual campeão derrotou o Green Bay Packers por 28 a 22 na prorrogação, conquistou a Conferência Nacional e vai para o Super Bowl pela segunda temporada consecutiva.

A partida começou lotada de turnovers. Primeiro, Richard Sherman interceptou Aaron Rodgers na end zone. Logo em seguida, Russell Wilson foi pego por Ha Ha Clinton-Dix. O Packers, na sequência, anotou o field goal para abrir o placar. No retorno do kickoff, houve um fumble o time visitante conseguiu outro chute, ampliando o placar para 6 a 0.

Depois de chegar perto da end zone e não entrar nela, o Packers finalmente anotou um touchdown quando Rodgers encontrou Randall Cobb para abrir 13 a 0. Mason Crosby faria um novo field goal para deixar a vantagem em 16 a no intervalo.

No segundo tempo, o Seahawks, que não conseguia se firmar na partida, finalmente se estabeleceu. Passou a apostar no jogo corrido de Marshawn Lynch, que ganhava jardas importantes. Quando a campanha parecia fadada a um field goal, o punter Jon Ryan, que servia como holder, foi para o fake e passou para Garry Gilliam na end zone.

O Packers conseguiu um novo field goal em seguida para deixar o jogo em 19 a 7. Wilson foi interceptado pela quarta vez pouco depois. Mesmo assim, o time da casa teve uma nova oportunidade e Wilson conseguiu um touchdown terrestre para deixar o jogo em 19 a 14. De maneira impressionante, o Seahawks recuperou o onside kick a pouco mais de dois minutos do fim e voltou para o jogo.

Lynch anotou o touchdown terrestre e virou a partida. A conversão de dois pontos foi boa e o placar era 22 a 19. Mas o Packers não desistiu. Com uma campanha rápida, chegou a mais um field goal de Crosby e empatou o duelo.

Na prorrogação, o Seahawks não deu chances. Com a primeira posse de bola, conduziu o ataque de maneira rápida e, com um lindo passe de Wilson para Jermaine Kearse, anotou o touchdown da vitória e definiu a partida em 28 a 22.

Russell Wilson completou 14 de 29 passes para 209 jardas, um touchdown e quatro interceptações, além de um TD corrido. Marshawn Lynch correu para 157 jardas e um touchdown em 25 tentativas. Aaron Rodgers completou 19 de 34 passes para 178 jardas, um touchdown e duas interceptações.

O Seahawks chega a dois Super Bowls seguidos pela primeira vez na história da franquia. O adversário sai do confronto entre New England Patriots e Indianapolis Colts, na final da Conferência Americana.

Envie seu Comentário