Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Os caminhos dos QBs que viveram o lapso entre Manning e Luck no Colts

14 de março de 2015 0
Bookmark and Share
Painter foi titular em oito jogos - e perdeu todos. Foto: Divulgação

Painter foi titular em oito jogos – e perdeu todos. Foto: Divulgação

O Indianapolis Colts teve muita sorte na posição mais importante do futebol americano nos últimos anos. Pegou, nas últimas duas vezes em que teve a primeira escolha do draft, dois dos talentos mais óbvios e consolidados antes mesmo de entrar na NFL: Peyton Manning, em 1998, e Andrew Luck, em 2012.

Mas houve um ano em que tudo foi diferente. Em 2011, Manning sofreu com uma sequência de lesões no pescoço e não pôde entrar em campo — apesar de ainda estar no elenco. Luck ainda não havia sido recrutado — seria no ano seguinte, e só foi pelo Colts porque o time teve a pior campanha no lapso entre os dois quarterbacks.

Naquela temporada, foram apenas duas vitórias e 14 derrotas. Os titulares foram Curtis Painter (oito jogos), Dan Orlovsky (cinco jogos) e Kerry Collins (três jogos). Os três sofreram para conduzir um time que não era forte, mas tinha em Manning um esteio para resultados decentes — e, mais tarde, seria reformulado para a chegada de Luck.

Os caminhos dos três titulares entre Manning e Luck no Colts:

Kerry Collins

Os problemas de Peyton Manning fizeram o Colts buscar um veterano para ser o titular. Collins, que tinha passagens por Carolina Panthers, New Orleans Saints, New York Giants, Oakland Raiders e Tennessee Titans, e estava na NFL desde 1995, foi o escolhido. Mas, em três partidas, foram três derrotas e uma concussão. Ele não voltaria a jogar como profissional.

Curtis Painter

Escolhido na sexta rodada de 2009, ficou dois anos na reserva de Manning até assumir a titularidade com as lesões de Peyton e Kerry Collins. Em oito jogos, foram oito derrotas e um desempenho para se esquecer. Reserva nos jogos finais, foi cortado ao fim da temporada.

Em 2012, jogou a pré-temporada pelo Baltimore Ravens antes de ser deixado de lado. Ficou na reserva de Eli Manning no New York Giants em 2013 antes de ser cortado no final da pré-temporada de 2014 em detrimento a Ryan Nassib. Está fora da NFL desde então.

Dan Orlovsky

Com os insucessos de Collins e Painter, Orlovsky assumiu o time com 11 derrotas nos 11 primeiros jogos da temporada. Profissional desde 2005 e com passagens por Detroit Lions e Houston Texans, sua única experiência como titular havia sido no Lions 0-16 de 2008. Mas, em Indy, foi o líder (se é que pode se chamar assim) nas duas únicas vitórias da temporada.

Mesmo assim, não voltou ao Colts em 2012. Ficou dois anos como reserva de Josh Freeman e Mike Glennon no Tampa Bay Buccaneers antes de voltar ao Lions em 2014 para ficar no banco de Matthew Stafford — e já renovou o contrato para 2015, sendo o único quarterback titular do Colts em 2011 ainda ativo na liga.

Envie seu Comentário