Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Mínimos, médias e máximos: os salários das grandes ligas americanas

09 de julho de 2015 0
Bookmark and Share
Kershaw tem a maior média salarial anual dos esportes americanos. Foto: Lisa Blumenfeld/Getty Images/AFP

Kershaw tem a maior média salarial anual dos esportes americanos. Foto: Lisa Blumenfeld/Getty Images/AFP

As cinco grandes ligas esportivas dos Estados Unidos envolvem significativas quantidades de dinheiro. Como parte central do negócio, os principais jogadores recebem elevadas quantias. Mas nem todos garantem um futuro pós-carreira.

A MLB ainda é a liga que tem os maiores salários. A NHL, no entanto, é a que tem o maior piso salarial, ainda que tenha uma popularidade relativamente pequena. A maior média salarial é da NBA, ajudada pelo fato de os elencos terem apenas 15 atletas. Este é o fator que derruba a NFL: como cada time tem 53 jogadores, a liga de futebol americano é a que tem o maior teto salarial por franquia — à exceção da MLB, que não tem esta regra limitadora —, mas só tem uma média salarial maior que a jovem MLS.

Dados por liga:

NFL
Teto salarial por franquia: US$ 143 milhões
Maior contrato: Jay Cutler (US$ 126 milhões)
Maior média salarial anual: Aaron Rodgers (US$ 22 milhões)
Média salarial geral: US$ 2 milhões
Piso salarial: US$ 420 mil

NBA
Teto salarial por franquia: US$ 67,1 milhões
Maior contrato: Anthony Davis (US$ 145 milhões)
Maior média salarial anual: Anthony Davis (US$ 29 milhões)
Média salarial geral: US$ 4,9 milhões
Piso salarial: US$ 507 mil

MLB
Teto salarial por franquia: não existe
Maior contrato: Giancarlo Stanton (US$ 325 milhões)
Maior média salarial anual: Clayton Kershaw (US$ 30,7 milhões)
Média salarial geral: US$ 3,82 milhões
Piso salarial: US$ 500 mil

NHL
Teto salarial por franquia: US$ 71,4 milhões
Maior contrato: Alex Ovechkin (US$ 124 milhões)
Maior média salarial anual: Shea Weber (US$ 14 milhões)
Média salarial geral: US$ 2,58 milhões
Piso salarial: US$ 550 mil

MLS
Teto salarial por franquia: US$ 3,49 milhões (com exceção para três jogadores designados)
Maior contrato: Kaká (US$ 24 milhões)
Maior média salarial anual: Pirlo (US$ 8,2 milhões)
Média salarial geral: US$ 92 mil
Piso salarial: US$ 32 mil

Envie seu Comentário