Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

De desacreditado a ídolo: a ascensão de Tom Brady, que completa 38 anos nesta segunda

03 de agosto de 2015 0
Bookmark and Share

Tom Brady é um dos maiores jogadores que a NFL já viu. E, sem qualquer dúvida, a maior surpresa que a NFL presenciou. Um menino magro e de pouco nível atlético, escolhido apenas na sexta rodada com a 199ª seleção do draft de 2000 se tornou um ídolo e levou o New England Patriots aos seus quatro títulos de Super Bowl na história.

Foto: Jared Wickerham/Getty Images/AFP

Foto: Jared Wickerham/Getty Images/AFP

Brady chegou ao Patriots basicamente para compor elenco. Passou todo o ano de 2000 na reserva. Em 2001, teve sua primeira grande chance. O quarterback oriundo de Michigan foi o escolhido para substituir o veterano Drew Bledsoe, que se lesionou. O jovem camisa 12 já entrou nos minutos finais da semana 2, em uma derrota para o New York Jets.

O primeiro jogo como titular seria na semana seguinte. De cara, o Indianapolis Colts, que seria um rival histórico ao longo de sua carreira. Uma vitória por 44 a 13 e uma atuação segura o credenciaram para manter a posição mesmo quando Bledsoe voltasse. Tom manteve seu lugar no time e o conduziu ao Super Bowl – só não esteve em campo na final da Conferência Americana, machucado, quando Bledsoe atuou.

Tom Brady recuperou a posição para a decisão contra o St. Louis Rams. 20 a 17. De quarto quarterback quando chegou ao elenco, Brady se tornava o primeiro QB da história a conduzir o Pats a um título – de quebra, foi eleito o jogador mais valioso da final.

Desde sua entrada na NFL, foram 14 anos como titular, quatro títulos, dois prêmios de MVP da temporada regular, três do Super Bowl, polêmicas e consagração. Um dos maiores jogadores da história, agora com 38 anos, já garantiu o seu lugar no Hall da Fama e deixou uma marca em New England: a camisa 12 do Patriots nunca mais será usada por outro jogador.

Envie seu Comentário