Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Prime Time Responde: Dirk Nowitzki ou Kevin Garnett?

24 de setembro de 2015 0
Bookmark and Share
Foto: Nathaniel S. Butler/NBAE via Getty Images/AFP

Foto: Nathaniel S. Butler/NBAE via Getty Images/AFP

O Prime Time Responde da semana está no ar. Para ler as edições anteriores, clique aqui.

Nádia Passarelli – Favorito desse ano pra ganhar a Stanley Cup?
Chicago Blackhawks e Tampa Bay Lightning seguem como as principais forças. As mudanças de ano a ano na NHL não são tão drásticas. Anaheim Ducks e New York Rangers também aparecem como bons times que vão brigar pelos títulos de conferência.

Igor Rabelo – Top-5 entre os quarterbacks da NFL.
Aaron Rodgers, Tom Brady, Peyton Manning, Ben Roethlisberger e Tony Romo.

Jonas Fonseca – A NFC Sul vai ser a pior divisão novamente?
Imagino que vá continuar no sul, mas mudar de conferência. A AFC Sul está fraca e o Indianapolis Colts, que parecia ser um dos favoritos até mesmo ao Super Bowl, decepcionou logo de cara. Na NFC Sul, Atlanta Falcons e Carolina Panthers deram saltos de qualidade em relação ao ano passado.

Gandon Vila Nova – O que está havendo com o Saints? Drew Brees ex-jogador ou mal protegido? Ou o time todo muito fraco? Há esperanças para a nação?
O problema é que o futebol americano é um esporte coletivo. Quarterback não ganha sozinho. E o Drew Brees está cada vez mais sozinho no Saints. Se ele perder algumas semanas por causa da lesão no ombro, o time vai implodir.

Pedro Leôncio – Quem teria um maior rating no auge da carreira: Dirk ou Garnett?
Kevin Garnett. Na melhor fase da carreira, liderava um Minnesota Timberwolves fraco de uma maneira impressionante. E já no começo do declínio foi importantíssimo para os bons anos do Boston Celtics no fim da década de 2000. No 1×1, com os dois no auge, Garnett venceria.

Lucas – Quais são as surpresas e as decepções desse começo de temporada?
O último Monday Night Football responde as duas perguntas. O Colts é a maior decepção e o Jets é a maior surpresa positiva. Chuck Pagano sentiu a pressão por não ter o cargo garantido e começou até a criticar jogadores. O Jets tem uma defesa absurdamente forte. Baltimore Ravens e Philadelphia Eagles também são grandes decepções. O 0-2 do Seattle Seahawks é inesperado, mas tem mais a ver com o calendário difícil do início da temporada do que com queda de rendimento em relação ao ano passado.

Júnior Bobby – Com toda a polêmica sobre a arbitragem no Brasil, como é organizada a questão na grandes ligas? Eles são profissionalizados ou não?
Sim. E devem ser em qualquer esporte sério. Lá, os árbitros têm associações, assim como os jogadores. São essas associações que negociam os acordos coletivos de trabalho e definem salários, condições de trabalho. Em 2012, por exemplo, a associação dos árbitros da NFL e a liga não entraram em acordo e houve uma greve. A NFL precisou chamar árbitros reservas, que apitavam ligas menores. Deu muita confusão. A NFL decidiu pagar o que os árbitros queriam ganhar depois do famoso “Fail Mary” ou “Touchception” que decidiu um Monday Night Football entre Seahawks e Packers. Portanto, paguem as zebras.

Leonardo Ferreira – Essa temporada pode ser das “zebras” da NFL? Bucs, Raiders, Redskins, Jets (2-0), Jaguars e Browns venceram nessa semana.
Foi bem surpreendente. Na NFL, tudo muda muito rápido entre um ano e outro. A famosa expressão “any given Sunday” se aplicou como nunca. Mas não vejo nenhum desses times com grandes chances na temporada. O Jets, por ter uma defesa muito forte, é o que aparece melhor. Raiders e Jaguars estão em um bom processo de reconstrução, mas os frutos ainda vão demorar um pouco mais para aparecer.

Envie seu Comentário