Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Prorrogação 3-contra-3 surte efeito e reduz shootouts na NHL

09 de novembro de 2015 0
Bookmark and Share
Kyle Palmieri definiu vitória do Devils sobre o Canucks, na prorrogação, neste domingo. Foto: Adam Hunger/Getty Images/AFP

Kyle Palmieri definiu vitória do Devils sobre o Canucks, na prorrogação, neste domingo. Foto: Adam Hunger/Getty Images/AFP

A NHL mudou uma regra importante a partir da atual temporada. Para reduzir os números de jogos decididos em shootouts, a liga decidiu que cada time tem apenas três jogadores no gelo durante a prorrogação. A mudança surtiu efeito e, de fato, as decisões em que o atacante fica cara-a-cara com o goleiro foram reduzidas.

Até esta segunda-feira, um total de 42 jogos ficaram empatados ao final do terceiro período. Apenas 13 acabaram no shootout, enquanto 29 acabaram no tempo extra. Nas 10 temporadas anteriores, nunca um número inferior a 50% dos jogos que terminavam empatados eram encerrados apenas no shootout.

— Fui um grande apoiador da mudança na regra depois de vê-la na AHL. Isto serviu no seu propósito de eliminar vários shootouts, e tem sido muito empolgante para os fãs — disse Jim Nill, gerente geral do Dallas Stars.

Os goleiros, no entanto, não gostaram muito da ideia — com a ausência de dois jogadores no gelo, aumentam as chances de gols na morte súbita do tempo extra.

— É como o jogo está evoluindo. Em breve, vai ser 2-contra-2, 1-contra-1, e vai evoluir para ter goleiros indo um contra o outro — contestou Chad Johnson, do Buffalo Sabres.

Os times ainda estão no processo de adaptação à nova regra. Enquanto a maioria dos times usa o sistema com apenas um defensor e dois atacantes, além do goleiro, outros preferem utilizar os seus melhores patinadores para ganhar os duelos na velocidade.

Envie seu Comentário