Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Packers consegue virada heroica no último lance e vence o Lions

04 de dezembro de 2015 1
Bookmark and Share
Richard Rodgers fez a recepção da vitória do Packers. Foto: Andrew Weber/Getty Images/AFP

Richard Rodgers fez a recepção da vitória do Packers. Foto: Andrew Weber/Getty Images/AFP

“Foi o jogo mais incrível da minha vida”. Assim Aaron Rodgers descreveu o jogo que ele acabara de decidir com um passe de 61 jardas para Richard Rodgers em uma virada histórica do Green Bay Packers sobre o Detroit Lions, por 27 a 23, no Thursday Night Football que abriu a semana 13 da NFL.

Leia mais sobre a NFL

No primeiro quarto, o Lions patrolou o rival da NFC Norte. Em poucos minutos, os donos da casa conseguiram um field goal de 51 jardas com Matt Prater, um touchdown de Matthew Stafford para Eric Ebron e uma interceptação em Aaron Rodgers que resultou em outro touchdown de Stafford para uma linda recepção de Calvin Johnson. O Packers, sem reagir, ainda perdeu um field goal com Mason Crosby. No intervalo, a vantagem do Lions era de 17 a 0.

A diferença subiu para 20 a 0 no início do terceiro quarto com mais um field goal de Prater. O time de Green Bay, que vinha de quatro derrotas nos últimos cinco jogos e via escorrer a classificação aos playoffs depois de começar a temporada com seis vitórias seguidas, esboçou uma reação de forma pouco usual: James Starks sofreu o fumble e Randall Cobb recuperou na end zone para marcar o TD.

Em seguida, Julius Peppers forçou o fumble de Stafford e, em menos de um minuto e meio, Davante Adams recebeu um touchdown que deixou a partida em 20 a 14. Matt Prater, eficiente outra vez, recolocou o jogo em duas posses ao acertar um field goal de 42 jardas e anotar 23 a 14.

Com pouco mais de sete minutos no relógio, o Packers começou a caminhar. Aaron Rodgers conseguiu uma corrida de 17 jardas e, com problemas com seus alvos, resolveu com as próprias pernas. 23 a 21. O Lions não segurou a bola até o fim, e deixou 30 segundos no relógio.

A última campanha do Packers teria dois lances polêmicos de arbitragem. Primeiro, em um passe longo para Jared Abbrederis, a defesa do Lions cometeu uma interferência não marcada. Depois, com seis segundos para jogar, o grande assunto relativo à arbitragem da noite começou.

Com quase 80 jardas para percorrer, o Packers decidiu tentar uma tática parecida ao rúgbi, com passes para trás. Aaron Rodgers foi tackleado, mas os árbitros viram uma falta pessoal de Devin Taylor por agarrar a máscara do capacete do quarterback. A marcação rendeu 15 jardas para o Packers e mais um lance, mesmo sem tempo no relógio.

Na última tentativa, a 61 jardas da end zone, o camisa 12 fugiu da pressão e mandou uma bomba. O tight end Richard Rodgers ganhou dos rivais, fez a recepção e virou o jogo para 27 a 23. O Packers ficou com a vitória mesmo sem liderar a partida por um segundo sequer.

Aaron Rodgers completou 24 de 36 passes para 273 jardas, dois touchdowns e uma interceptação. Richard Rodgers foi o grande alvo de Green Bay, com oito recepções para 146 jardas, além do TD da vitória. Matthew Stafford completou 23 de 35 passes pelo Lions, com 220 jardas e dois touchdowns.

O resultado recolocou o Green Bay Packers na briga pela liderança da NFC Norte. Com oito vitórias e quatro derrotas, o time está meio jogo atrás do Minnesota Vikings, que enfrenta o Seattle Seahawks no domingo. O Detroit Lions, com quatro vitórias e oito derrotas, viu reduzidas a quase zero suas chances de classificação à pós-temporada. Os dois times terão uma semana e meia de folga até voltar a campo no dia 13 de dezembro — o Packers recebe o Dallas Cowboys, enquanto o Lions visita o St. Louis Rams.

Comentários (1)

  • marcelo 1968 diz: 4 de dezembro de 2015

    é por coisas como a de ontem que não nutro a menor, mas a menor simpatia por abritraGB. onde o caro viu facemask…fala sério…sem mais.
    é nojento.
    claro que esyamos( pats) noo utro lado da balança,,,,,os desonestos pats….os queridinhos da midia de uma cidadezinha de 6 mil habitantes…..
    meu deus estou pegando um nojo de ver jogos do GB….sou quase um fan do minessotta vikings e chicago bears em relação essa franquia….olhem os higligths….na primeira interçeptação de aaron rogers por exemplo um jogadora da linha defesensiva quase mata ezequiel “ziggy’ ansha …vergonhoso nesse lançe a “zebra ” torcedora se deu mal..pois roders foi interceptado.
    bah
    é mais um resultado…onde a melhor equipe do jogo foi derrotada….pela…..”zebras
    ai vem o inimigo público nº um de foxborough dizer que as zebras estão fazendo um trabaho sensacional.
    sensacional era a reação dos lions no campeonato, eliminados por essa chamada criminosa..
    sem falar no prejuizo a vikinks…
    vergonha
    een bay packer o corinthians da NFl
    gr
    bah

Envie seu Comentário