Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

História de John Scott no All-Star Game da NHL vai virar filme

19 de fevereiro de 2016 1
Bookmark and Share
Foto: NHL/Divulgação

Foto: NHL/Divulgação

John Scott protagonizou um dos momentos mais estranhos da história da NHL. Mesmo com uma carreira mediana e discreta, o jogador movimentou uma campanha na internet e acabou selecionado como o capitão da divisão do Pacífico no minitorneio do All-Star Game do hóquei.

Leia mais sobre a NHL

Para deixar tudo mais engraçado, ele foi trocado pelo Arizona Coyotes para o Montreal Canadiens antes do jogo das estrelas e acabou enviado para as ligas menores. Ou seja: o capitão de um dos quatro times do All-Star Game nem estava mais na NHL. Mesmo assim, a liga permitiu a sua participação para agradar o público. Scott foi lá, comandou o time do Pacífico à vitória nos dois jogos e foi eleito o jogador mais valioso.

Tudo é tão bizarro e incomum que poderia virar um filme. E vai. O próprio John Scott falou que já se movimenta para produzir um longa-metragem.

— A parte do filme vai acontecer, o que vai ser superlegal. Acredito que eles querem fazer rapidamente enquanto ainda está fresco na memória de todos — disse Scott, em entrevista ao site Sportsnet.ca.

Apesar do bom desempenho no jogo festivo, John Scott segue no St. John’s IceCaps, da AHL. É pouco provável que ele suba para o Canadiens, e só terá chances reais de voltar à liga maior se for trocado novamente para o fechamento da janela, em 29 de fevereiro.

Comentários (1)

  • Marcio diz: 20 de fevereiro de 2016

    Carreira mediana tem o Max Talbot. O John Scott é um minor-leaguer, um journeyman.

Envie seu Comentário