Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Prime Time Explica: como são as posições no beisebol

13 de março de 2016 2
Bookmark and Share
Foto: Norm Hall/Getty Images/AFP

Foto: Norm Hall/Getty Images/AFP

No beisebol, como já foi explicado anteriormente por Prime Time, as equipes se enfrentam em turnos de ataque e defesa. O ataque fica a cargo dos rebatedores que buscam dominar as bases do campo. Já a defesa, que busca eliminar os corredores e rebatedores, ocupa a área de arremesso, a guarnição das quatro bases, no campo interno, e ocupa os três pontos principais do campo externo. Confira abaixo um explicativo sobre as posições de ataque e defesa:

 

As posições no campo de beisebol.  Montagem sobre foto: Jennifer Stewart/Getty Images/AFP

As posições no campo de beisebol. Montagem sobre foto: Jennifer Stewart/Getty Images/AFP

Defesa

Arremessador (Pitcher – P) – É o responsável pelos arremessos que tentarão ser rebatidos pelos jogadores de ataque. Ele é considerado um dos principais jogadores do time, pois é o estrategista que busca, através de uma série de arremessos diferentes, ditar o ritmo da partida e conseguir ou forçar as eliminações.

Receptor (catcher – C) - O receptor é o jogador que fica atrás do rebatedor durante os arremessos e, como o nome já diz, captura as bolas arremessadas pelo arremessador. É também considerado um estrategista, pois ele chama os arremessos e dá dicas para o pitcher sobre qual jogada é melhor para eliminar determinado rebatedor. Sua visão do campo de jogo é privilegiada, o que facilita na hora da tomada de decisões rápidas. Devido a essa veia estratégia, muitos catchers se tornam técnicos de equipes de beisebol.

Primeira-base (Fisrt baseman – 1B) -  É o jogador designado a proteger a primeira base do campo interno. Ele é o responsável pela maior parte das eliminações em tentativas de rebatida simples. Geralmente é um jogador seguro na captura da bolinha, pois boa parte das jogadas de defesa terminam nele. Por ser uma posição de pouca mobilidade, geralmente os atletas mais pesados e menos ágeis são encaminhados para essa função.

 

Segunda base (Second baseman – 2B) - O jogador desta posição precisa ser ágil e um pouco mais atlético que o primeira-base, pois ele é o responsável por defender o espaço entre a primeira base e a segunda, além de ser um dos responsáveis pela defesa da segunda base, dividindo essa função com o shortstop.

Terceira-base (Third baseman – 3B) - Esta posição, a exemplo da primeira-base, geralmente é resignada a atletas mais pesados e pouco ágeis. Mas o jogador que ocupa essa parte do campo também precisa ter um pouco de agilidade, pois as rebatidas que passam nessa área do campo têm grande chance de proporcionar um bom avanço de campo para o adversário.

 

Shortstop (SS) - O shortstop geralmente possui atributos muito parecidos com o do defensor da segunda base. Ele protege e ocupa a área entre a segunda e a terceira base no campo interno, sendo responsável algumas vezes pelas eliminações na segunda base em tentativas de queimadas duplas, cobrindo o segunda-base do time.

Campo-direito (Right fielder – RF) - É o responsável pela defesa do lado direito do campo externo. Precisa ser rápido, ágil e bom nas capturas de bolas aéreas. É coberto pelos outros jogadores do outfield.

Leia mais sobre MLB

Campo-esquerdo (Left fielder – LF) - O jogador desta posição fica responsável pela área esquerda do campo externo. Como característica de jogadores da parte externa, precisa ser ágil e bem veloz.

Campo-central (Center fileder – CF) - Esta posição, como as outras duas do campo externo, requer agilidade, velocidade e boa captura de bolas aéreas. O jogador que fica nessa área do campo fica responsáveis pelas eliminações aéreas e capturas de bolas rebatidas nessa direção.

Os jogadores do campo externo precisam ter um braço forte para arremessos eficientes em direção ao campo interno, visando eliminar corredores.

O catcher é um dos estrategistas da equipe de defesa. Foto: Jennifer Stewart/Getty Images/AFP

O catcher é um dos estrategistas da equipe de defesa. Foto: Jennifer Stewart/Getty Images/AFP

Ataque

Rebatedor (H) ­- É o jogador que tenta rebater as bolas arremessadas pelo pitcher. Ele é escalado na linha de ataque de acordo com sua velocidade, efetividade no bastão e porcentagem de corridas impulsionadas. Seu objetivo é conseguir conquistar alguma das bases do campo, através de rebatidas. Se ele conseguir alcançar alguma base após uma rebatida válida ele se torna um corredor.

Prime Time Explica: como funciona o tempo em partidas de beisebol

Na Liga Nacional, os nove jogadores do time rebatem. Já na Liga Americana, apenas o pitcher não rebate, sendo substituído por um rebatedor designado, que apenas participa da parte ofensiva do time, não ocupando posição na defesa.

Corredor - O corredor no beisebol é o rebatedor que conseguiu ocupar uma das bases. Seu objetivo é conseguir avançar para as bases seguintes através de roubos de base ou sendo impulsionado por outro rebatedor.

Fique de olho no Prime Time para acompanhar o próximo Prime Time Explica sobre beisebol.

A temporada regular da Major League Baseball começa apenas no dia 3 de abril com três jogos. A partida principal do dia será o duelo entre New York Mets e o atual campeão da liga, Kansas City Royals, no Kauffman Stadium, Missouri.

Comentários (2)

  • Eduardo diz: 13 de março de 2016

    Como sempre, o PrimeTime trazendo o melhor dos esportes americanos. 2 pequenas correções quanto à nomenclatura das posições: 1 – P = Pitcher (arremessador) e não Peatcher; 2 – O correto é Rebatedor Designado (DH) e não Rebatedor Resignado.
    No mais, parabéns pelo ótimo trabalho e “Play Ball!”

Envie seu Comentário