Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Por que LeBron James optou por abrir mão do contrato com o Cavaliers

30 de junho de 2016 0
Bookmark and Share
LeBron faz contratos anualmente para maximizar ganhos no Cavs. Foto: Andy Lyons/Getty Images/AFP

LeBron faz contratos anualmente para maximizar ganhos no Cavs. Foto: Andy Lyons/Getty Images/AFP

LeBron James não vai a lugar algum. Campeão pela terceira vez na NBA, a primeira com o Cleveland Cavaliers, o ala de 31 anos já deixou clara a sua intenção de seguir no time do seu estado natal. Mesmo assim, faz todo o sentido abrir mão do último ano do seu contrato e virar agente livre em julho.

James receberia US$ 24 milhões no segundo e último ano do atual contrato com o Cavs. Ao sair, ele tem a chance de assinar um novo vínculo. Com o sistema de progressão na Larry Bird Exception, ele deixou de ser um agente livre veterano não-qualificado e passou a ser um agente livre veterano antecipadamente qualificado. Isso faz com que o acordo máximo permitido pelas regras da NBA seja maior.

Leia mais sobre a NBA

Pelos cálculos de especialistas em projeções financeiras da NBA, LeBron deve assinar um novo contrato de dois anos estimado em US$ 56,3 milhões — com ganhos de US$ 30,8 milhões no primeiro ano. O segundo ano de contrato tem duas utilidades: primeiro, é uma garantia para o jogador, já que ele terá novamente uma opção para sair do contrato e assinar mais um novo vínculo em 2017. Segundo, e mais importante, potencializa o tamanho dos ganhos. Pelas regras, o time não pode oferecer o valor máximo projetado em um contrato de apenas uma temporada. Com isso, James só poderia receber US$ 27,5 milhões.

É em 2017 que LeBron James pretende capitalizar ao máximo o seu potencial. Com três anos de Cavaliers, ele se tornaria um agente livre veterano qualificado, podendo assinar pelo máximo permitido pelas regras da liga.

Como James terá 33 anos em 2017, ainda haverá um problema. O atual acordo coletivo de trabalho limita a projeção de ganhos para jogadores que terão 36 anos ou mais para evitar que atletas em declínio ocupem desproporcionalmente a folha salarial de uma franquia.

Mesmo assim, James poderá assinar um contrato de quatro anos e US$ 156,8 milhões no ano que vem com o Cavaliers. As outras opções máximas incluem um contrato de quatro anos e US$ 150,4 milhões com qualquer outra equipe. Se a NBA eventualmente permitir a assinatura do contrato máximo por entender que LeBron James é uma exceção ao limite de 36 anos, o jogador poderá assinar por cinco anos e até US$ 205 milhões. Se optasse por assinar um contrato máximo já neste ano, LeBron poderia receber no máximo US$ 137,7 milhões por quatro anos.

Envie seu Comentário