Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Comissário da NHL rejeita ligação de concussões com CTE e recebe críticas

30 de julho de 2016 0
Bookmark and Share
Foto: Philadelphia Flyers/Reprodução

Foto: Philadelphia Flyers/Reprodução

A NFL assumiu, desde críticas na década passada, que os casos de concussão no esporte são responsáveis pela Encefalopatia Traumática Crônica (CTE, na sigla em inglês), uma doença neurológica degenerativa que causa demência e depressão _ foram comprovados vários casos entre ex-atletas que cometeram suicídio. Desde então, a liga de futebol americano tem se preocupado em aprimorar os estudos e até modificar regras para aumentar a segurança dos atuais jogadores.

Mas nem todo mundo ainda está convencido sobre a relação entre as concussões e a CTE. Gary Bettman, comissário da NHL, disse que não há uma certeza sobre a vinculação.

Instituições de futebol americano estudam o fim do kickoff para evitar lesões

— A ciência no que se refere à CTE, incluindo na ligação com as concussões, é recente, particularmente no que diz respeito a o que causa a CTE e se isso pode ser diagnosticado por sintomas clínicos específicos. A relação entre concussões e os sintomas clínicos afirmados da CTE seguem desconhecidos — declarou o dirigente, em declaração publicada pelo The New York Times.

A afirmação recebeu críticas nos Estados Unidos, já que a NHL tem um número relativamente maior de concussões do que a NFL, mas não tem demonstrado nos últimos anos a mesma preocupação em evitar os danos. O senador Richard Blumenthal foi um dos principais nomes a criticar Bettman em carta enviada à revista Sports Illustrated:

“Como a principal liga profissional de hóquei no mundo, a NHL tem a obrigação não apenas de garantir a segurança de seus próprios jogadores, mas também de se engajar um diálogo produtivo sobre segurança do esporte em todos os níveis, de base até o profissional. Além disso, dado o número de times da NHL com arenas financiadas em parte ou totalmente com fundos oriundos do pagamento de impostos e com centenas de milhares de crianças americanas jogando hóquei, a supervisão do governo na segurança do seu esporte é apropriada e uma questão de saúde pública”, escreveu.

Leia mais sobre a NHL

A doença é causada por sequências de traumas na cabeça ou um trauma de alto impacto. Geralmente, lutadores de boxe sofrem das lesões, mas jogadores de futebol americano e hóquei, além de pessoas que sofrem violência doméstica, também estão propensos.

Até o momento, a medicina internacional não encontrou formas de diagnosticar a doença em pacientes vivos. Por isso, só é possível ter certeza da presença da CTE em pessoas que já morreram.

Envie seu Comentário