Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Orlando Magic"

Mito dentro e fora das quadras, Shaquille O'Neal completa 42 anos

06 de março de 2014 0
Bookmark and Share
O'Neal jogou na NBA entre 1992 e 2011. Foto: Jeff Haynes/AFP

O’Neal jogou na NBA entre 1992 e 2011. Foto: Jeff Haynes/AFP

Poucos jogadores serão capazes de dominar um garrafão da mesma forma como ele. Afinal de contas, são 2m16cm e, enquanto ativo, 147 quilos. Se o arremesso longo era ironizado, a técnica como pivô sempre foi invejável. Shaquille O’Neal, uma das maiores lendas recentes da NBA, faz 42 anos nesta quinta-feira.

Há três temporadas não faz mais o que antes fazia de melhor. Mas os últimos anos de carreira já não apresentavam o mesmo rendimento do início e auge da carreira. Foram quatro títulos, três pelo Los Angeles Lakers e um pelo Miami Heat, três prêmios de MVP das finais, o jogador mais valioso da liga em 2000, 15 seleções para o All-Star Game e líder de pontos da NBA em duas temporadas.

Shaq foi um ícone de sua função. Fazer o trabalho sujo de pivô, mas sem perder o bom humor. A fase ao lado de Kobe Bryant no Lakers o tornou um dos jogadores mais famosos da NBA — e descontração, no entanto, causou uma briga que o separaria do grande parceiro.

O’Neal atuou na LSU na NCAA. Chegou à NBA em 1992 como uma primeira escolha óbvia feita pelo Orlando Magic. Ficou na Flórida até 1996 e levou o antes desacredito time à uma final. A dura varrida sofrida para o Houston Rockets motivou o pivô a buscar novos ares em busca dos troféus.

Achou espaço no Lakers. Trocou a camisa 32, aposentada em Los Angeles, pela 34. E fez história. Foram três títulos em sequência entre 2000 e 2002 em uma das grandes dinastias da NBA. Faria mais uma final, em 2004, ao lado de Karl Malone no garrafão. Mas aquele título seria do Detroit Pistons.

Depois da briga com Kobe, voltou à Flórida. Desta vez para ser parceiro de Dwyane Wade no Miami Heat. Hoje grande potência, era uma franquia mediana, sem títulos, que buscava o seu espaço. Com a dupla, conseguiu. Em seu último grande ato no basquete profissional, O’Neal foi um coadjuvante de luxo para Wade e colocou o quarto anel nos dedos ao vencer o Dallas Mavericks.

Já veterano e sofrendo com lesões, O’Neal passou a rodar a NBA. Antes de se aposentar, em 2011, passou por Phoenix Suns, Cleveland Cavaliers e Boston Celtics. Terminou a carreira com médias incríveis: 23,7 pontos, 13 rebotes e 2,7 tocos por jogo. De quebra, guarda um ouro olímpico conquistado pelos Estados Unidos em 1996.

Dwight Howard põe mansão em Orlando à venda por quase US$ 5 milhões

11 de fevereiro de 2014 0
Bookmark and Share
Fotos: Realter.com

Fotos: Realter.com

Quase dois anos depois de deixar o Orlando Magic, o pivô Dwight Howard finalmente decidiu vender a sua mansão na Flórida. Ele pagou US$ 7,78 milhões por ela em 2008, mas está preparado para perder dinheiro: a venda é avaliada em US$ 4,9 milhões.

howard02

A casa tem cinco quartos, sete banheiros, uma sala de jogos, um cinema, um bar, uma adega e uma mesa de bilhar, além de uma luxuosa piscina, com direito a uma cachoeira.

howard03

Howard deixou o Magic em 2012 a caminho do Los Angeles Lakers. Depois de uma temporada na Califórnia, ele voltou a trocar de time. O camisa 12 assinou por quatro anos e US$ 88 milhões com o Houston Rockets.

As transmissões da semana na NBA com nove jogos

02 de dezembro de 2013 0
Bookmark and Share
Knicks e Nets terão duas transmissões para cada - incluindo um jogo entre eles. Foto: Al Bello/Getty Images/AFP

Knicks e Nets terão duas transmissões para cada – incluindo um jogo entre eles. Foto: Al Bello/Getty Images/AFP

Nesta semana, nove partidas da NBA serão transmitidas por emissoras brasileiras. Depois de duas semanas sem exibir jogos, o Space volta à programação duas vezes. A ESPN também transmite dois jogos, e os outros cinco ficam com o Sports+ (disponível apenas para assinantes da Sky).

Segunda-feira, 2/12

22h Washington Wizards x Orlando Magic (Sports+)

Terça-feira, 3/12

22h30min Brooklyn Nets x Denver Nuggets (Sports+)

Madrugada de quarta para quinta-feira, 5/12

0h30min Minnesota Timberwolves x San Antonio Spurs (ESPN)

Quinta-feira, 5/12

22h Brooklyn Nets x New York Knicks (Space)

23h Memphis Grizzlies x Los Angeles Clippers (Sports+)

Madrugada de quinta para sexta-feira, 6/12

0h30min Chicago Bulls x Miami Heat (Space)

Sexta-feira, 6/12

22h30min Boston Celtics x Denver Nuggets (ESPN)

Sábado, 7/12

23h Minnesota Timberwolves x Miami Heat (Sports+)

Domingo, 8/12

15h New York Knicks x Boston Celtics (Sports+)

Heat, Lakers e Pacers vencem na abertura da temporada da NBA

30 de outubro de 2013 1
Bookmark and Share

A temporada da NBA está de volta. Nesta terça-feira, três partidas abriram o ano do melhor basquete do mundo. Miami Heat e Indiana Pacers confirmaram o favoritismo e venceram respectivamente Chicago Bulls e Orlando Magic nos jogos do Leste. A surpresa ficou no Oeste e o desacredito Los Angeles Lakers venceu o Los Angeles Clippers.

Com intensidade, Heat vence o Bulls na Flórida

LeBron começou a temporada como líder do Heat. Foto: Mike Ehrmann/Getty Images/AFP

LeBron começou a temporada como líder do Heat. Foto: Mike Ehrmann/Getty Images/AFP

Se o Chicago Bulls é um dos principais adversários no caminho do tricampeonato do Miami Heat, ficou claro que está alguns patamares abaixo. Com uma atuação segura, o atual bicampeão venceu em casa por 107 a 95.

O Bulls só teve bons momentos no início e no fim do jogo. Durante toda a parte central do duelo, a superioridade do Heat ficou evidente. Com um elenco equilibrado, o time de Miami administrou a boa vantagem para largar com vitória.

LeBron James foi o cestinha do Heat, com 17 pontos, oito assistências e seis rebotes. Com uma boa participação ofensiva, Chris Bosh terminou o jogo com 16 pontos. O maior pontuador do jogo foi Carlos Boozer, com 31 pontos. Jimmy Butler fez 20. De volta às quadras em um jogo oficial, Derrick Rose teve 12 pontos e quatro assistências.

No ritmo da temporada passada, Pacers vence o Magic

Paul George foi o cestinha na vitória do Pacers. Foto: Joe Robbins/Getty Images/AFP

Paul George foi o cestinha na vitória do Pacers. Foto: Joe Robbins/Getty Images/AFP

O Indiana Pacers fez uma ótima temporada em 2012/2013. E já começou 2013/2014 do mesmo jeito, com as mesmas peças fazendo a diferença. Na estreia, passou pelo Orlando Magic por 97 a 87.

O grande nome, assim como na temporada passada, foi Paul George, com 24 pontos, seis rebotes e cinco assistências. Lance Stephenson anotou 19 pontos, seguido por David West, com 13. Andrew Nicholson saiu do banco e fez 18 pontos para o Magic.

Com herói improvável, Lakers surpreende o Clippers

Xavier Henry saiu do banco e comandou a vitória do Lakers. Foto: Jeff Gross/Getty Images/AFP

Xavier Henry saiu do banco e comandou a vitória do Lakers. Foto: Jeff Gross/Getty Images/AFP

Todas as apostas em Los Angeles são de sucesso para o Clippers e fracasso para o Lakers na temporada. Mas, no primeiro duelo entre os rivais da cidade, foi o Lakers que venceu na abertura da temporada por 116 a 103.

O Clippers foi melhor durante boa parte do jogo, chegando ao quarto período com 79 a 75 no placar. Mas, em uma reação incrível, o Lakers anotou 41 pontos apenas no quarto final, contra 24 do rival, e garantiu uma vitória até tranquila no fim.

Sem Kobe Bryant, houve espaço para que nomes pouco expressivos fossem os grandes comandantes da vitória. Xavier Henry, que está na NBA desde 2010 e perambulou entre times e até parou na D-League, foi o cestinha com 22 pontos. Jordan Farmar anotou 16 e Pau Gasol, 15.

No Clippers, o líder foi Blake Griffin, com 19 pontos. DeAndre Jordan fez 17, Chris Paul e Jamal Crawford, 15.

Aos 40 anos, Grant Hill anuncia aposentadoria da NBA

02 de junho de 2013 0
Bookmark and Share

Já aposentado, Hill participou da transmissão da TNT americana no sexto jogo entre Pacers e Heat. Foto: Reid B. Kelley/NBAE via Getty Images/AFP

Chegou ao fim a longa carreira do ala Grant Hill na NBA. O jogador de 40 anos anunciou a aposentadoria do basquete após 19 temporadas na melhor liga do mundo. Hill disputou a última temporada pelo Los Angeles Clippers, mas preferiu não assinar um novo contrato.

Hill chegou à NBA em 1994 e ficou até 2000 no Detroit Pistons. Entre 200 e 2007, atuou no Orlando Magic. Antes de chegar ao Clippers na última temporada, ficou entre 2007 e 2012 no Phoenix Suns.

Apesar de nunca ter sido campeão, foi o melhor novato de 1995 ao lado de Jason Kidd. Além disso, teve sete aparições no All-Star Game, uma seleção para o primeiro time da NBA, em 1997, e outras quatro seleções para o segundo time da liga.

Em 1.026 jogos em temporadas regulares, conseguiu médias de 16,7 pontos, seis rebotes e 4,1 assistências por partidas. Em pós-temporadas, foram oito aparições e 39 jogos, com médias de 13,4 pontos, 6,1 rebotes e 3,6 assistências.

Cuttino Mobley pode tentar voltar à NBA após cinco temporadas

24 de maio de 2013 0
Bookmark and Share

Mobley tenta voltar à NBA. Foto: Facebook/Reprodução

Uma história de superação pode se tornar realidade em breve. O ala-armador Cuttino Mobley, de 37 anos, quer voltar a ser profissional após cinco anos de afastamento da NBA. Mobley deixou o basquete em 2008 após ter constatada uma cardiomiopatia hipertrófica, problema no coração que não tem causa nítida e pode levar à morte.

Mobley pode voltar a treinar em duas semanas. Ele espera por conversas com times da NBA para participar da fase de treinamentos e, se ainda tiver condições técnicas, jogar na próxima temporada.

O ala-armador atuou na NBA entre 1998 e 2008, passando por Houston Rockets, Orlando Magic, Sacramento Kings e Los Angeles Clippers. Mobley encerrou a carreira com médias de 16 pontos, 3,9 rebotes e 2,7 assistências por jogo.

Heat chega a 27 vitórias consecutivas e Hornets quebra sequência do Nuggets

26 de março de 2013 0
Bookmark and Share

LeBron levou o Heat à vitória em Orlando. Foto: Fernando Medina/NBAE via Getty Images/AFP

Eram duas as longas sequências de vitórias na NBA. Nesta segunda-feira, o Miami Heat venceu o Orlando Magic e chegou a 27 triunfos seguidos – segunda maior marca da história, atrás apenas do Los Angeles Lakers de 1972/1973, com 33. A outra sequência, no entanto, foi quebrada. O Denver Nuggets, que tinha 15 vitórias consecutivas, foi derrotado pelo New Orleans Hornets por 110 a 86.

HEAT EM BUSCA DO RECORDE

No clássico da Flórida, LeBron James liderou o Heat mais uma vez. Foram 24 pontos, 11 assistências e nove rebotes do camisa 6. O time de Miami não contou com Dwyane Wade, lesionado, e Mario Chalmers, com 17 pontos, foi o melhor coadjuvante. O cestinha do jogo foi Jameer Nelson, com 27 pontos.

O Heat tem 56 vitórias e 14 derrotas na temporada, a melhor campanha da liga e líder do Leste. Matematicamente eliminado dos playoffs, o Magic tem 18 vitórias e 53 derrotas.

NUGGETS PARA NA LOUISIANA

O Denver Nuggets não conseguiu manter a sua invencibilidade. Em uma partida apagada, acabou derrotado pelo Hornets em Nova Orleans por 110 a 83. Ryan Anderson anotou 23 pontos e foi o nome do time da casa. Com 24, Danilo Gallinari foi o maior pontuador do jogo.

O Nuggets é o quarto colocado do Oeste, com 49 vitórias e 23 derrotas e já está garantido nos playoffs. Já eliminado, o Hornets tem 25 vitórias e 46 derrotas. Esta é a última temporada da equipe com o nome atual, já que a partir de 2013/2014 passará a se chamar New Orleans Pelicans.

Resultados da NBA nesta segunda-feira:

Washington Wizards 107-94 Memphis Grizzlies

Orlando Magic 94-108 Miami Heat

Indiana Pacers 100-94 Atlanta Hawks

New Orleans Hornets 110-86 Denver Nuggets

Utah Jazz 107-91 Philadelphia 76ers

Golden State Warriors 109-103 Los Angeles Lakers

Hedo Turkoglu é suspenso por 20 jogos após ser pego em antidoping

14 de fevereiro de 2013 0
Bookmark and Share

Turkoglu (D) é o segundo jogador do Magic suspenso em quatro anos. Foto: Al Bello/Getty Images/AFP

O ala turco Hedo Turkoglu, do Orlando Magic, foi suspenso pela National Basketball Association (NBA) por 20 jogos. O jogador foi reprovado no exame antidoping, que apontou uso de methelonona, um esteróide sintético vedado aos atletas profissionais.

— Esta é a pior situação que um jogador tem de enfrentar. Lamento por ter comprometido também toda a estrutura da NBA. Se tivesse o cuidado de ler todas as indicações do medicamento nada disto tinha acontecido — afirmou o turco.

Turkoglu é o oitavo jogador da NBA suspenso na política antidoping da liga. O Magic tem punido o seu segundo atleta em quatro anos. Em 2009, Rashard Lewis foi suspenso por 10 jogos por apresentar um nível elevado de testosterona.

LeBron decide e Heat vence o Magic na prorrogação

01 de janeiro de 2013 0
Bookmark and Share

Com 36 pontos, LeBron decidiu o jogo para o Miami. Foto: Marc Serota/Getty Images/AFP

Nada de facilidades, mas o Miami Heat venceu o Orlando Magic na rodada do dia 31 de dezembro da National Basketball Association (NBA) nesta segunda-feira. Com direito a prorrogação, o Heat passou pelo rival estadual por 112 a 110.

LeBron James foi o grande nome do jogo, com 36 pontos, 11 assistências e oito rebotes. Chris Bosh (22), Dwyane Wade (21) e Ray Allen (17) também foram fundamentais. Aaron Afflalo, com 28 pontos, foi o destaque do time de Orlando.

O Heat lidera a Conferência Leste, com 21 vitórias e oito derrotas. O Magic é o 10° da conferência, com 12 vitórias e 19 derrotas.

Resultados desta segunda-feira na NBA:

Indiana Pacers 88-83 Memphis Grizzlies

Chicago Bulls 81-91 Charlotte Bobcats

Orlando Magic 110-112 Miami Heat

Houston Rockets 123-104 Atlanta Hawks

San Antonio Spurs 104-73 Brooklyn Nets

Oklahoma City Thunder 114-96 Phoenix Suns

Cheerleader do Magic sofre tombo impressionante

14 de novembro de 2012 0
Bookmark and Share

O New York Knicks venceu o Orlando Magic por 99 a 89, mas o que mais chamou atenção no jogo foi o tempo de uma cheerleader. Jamie Woode foi fazer uma acrobacia, mas não se equilibrou e caiu.

Depois de cinco minutos de pausa no jogo, a moça foi imobilizada e encaminhada ao hospital. Segundo o Magic, Jamie passa bem.

Veja o acidente:

Fonte: YouTube

Outros destaques da noite:

O brasileiro Anderson Varejão marcou 35 pontos, o recorde de sua carreira, mas o Cleveland Cavaliers perdeu para o Brooklyn Nets por 114 a 101. Na Califórnia, o Lakers voltou a perder depois de duas vitórias consecutivas. O algoz foi o San Antonio Spurs, que aplicou 84 a 82 em um jogo aberto até os últimos segundos.

Resultados da terça-feira na NBA:

Charlotte Bobcats 92-76 Washington Wizards

Orlando Magic 89-99 New York Knicks

Indiana Pacers 72-74 Toronto Raptors

Brooklyn Nets 114-101 Cleveland Cavaliers

Sacramento Kings 86-103 Portland Trail Blazers

Los Angeles Lakers 82-84 San Antonio Spurs