Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

CURTAS

24 de julho de 2014 0

Distinção- Militantes do PP catarinense entraram em contato para alertar que o partido está sim com o PT, mas no contexto nacional e por isso compõe o comitê pró-Dilma Rousseff. No Estado, até por força da coligação com o PSDB, os progressistas fecharam questão em torno de Aécio Neves.

Sugestões- Os candidatos a governador vão receber do setor empresarial catarinense documento conjunto subscrito por todas as entidades que formam o Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina, contendo propostas aos postulantes. O material do Cofem é abrangente e traça as linhas gerais.

Indústria

24 de julho de 2014 0

Foi definido o formato do painel que a Fiesc promove no dia 8 de agosto com os três principais candidatos ao governo do Estado. Com a concordância das assessorias dos candidatos, cada um terá 15 minutos para apresentar suas propostas. Os concorrentes também responderão cinco perguntas formuladas por empresários a partir da plateia.
A ordem de apresentação definiu-se por sorteio. Raimundo Colombo abre o painel, seguido por Paulo Bauer e Cláudio Vignatti. Os três também receberão a carta da indústria contendo as demandas do setor.

 

Oposição

24 de julho de 2014 0

Ex-deputado Vânio dos Santos vai se licenciar da chefia de gabinete da Caixa Econômica Federal em setembro, provavelmente por três semanas. E vai dedicar-se à campanha de Cláudio Vignatti e de Dilma Rousseff, em Santa Catarina.
Vânio está há três anos em Brasília e mostra-se otimista com o projeto do PT no Estado, muito embora a legenda esteja literalmente sozinha na campanha, sem ter conseguido aliar-se a sequer um partido nanico.
O ânimo do petista se baseia no fato de Raimundo Colombo e Paulo Bauer terem fechado aliança em 2010 e governado o Estado juntos até “ontem” e agora estarem em lados opostos. Vânio dos Santos, que estava cotado para disputar a eleição de deputado, optou por permanecer no governo federal e prega que a única candidatura de oposição em SC é a de Vignatti.

 

Seis décadas

24 de julho de 2014 0

Lideranças do PMDB organizaram um ato para comemorar os 48 anos de fundação do PMDB de Palhoça, já marcando a arrancada eleitoral da legenda na cidade. Entre uma fala e outra, assinalou-se que a cidade voltou a ter uma cadeira titular na Assembleia, com Dirce Heiderscheidt.
Ela assumiu após a renúncia de Dado Cherem, assegurando representatividade municipal depois de 63 anos. O último palhocense a desfrutar desta condição havia sido Ivo Silveira, na segunda legislatura. Ele chegou a governador de Santa Catarina. Dário Berger, Ronério Heiderschedit, Valter Gallina, dentro outros, marcaram presença.

 

Questão pessoal

24 de julho de 2014 0

Raimundo Colombo deu uma esticada até Itajaí na noite de segunda-feira e visitou o prefeito Jandir Bellini no apartamento dele. Filiado ao PP, Bellini fechou apoio pessoal ao governador, mas não vai se engajar na campanha.
Se perguntado, vai responder que vota no atual mandatário, pois acredita que é a melhor opção para o Estado. E pontua que o apoio não é político nem partidário, é do cidadão Jandir Bellini e não do prefeito.

Esquentando

24 de julho de 2014 0

O clima de campanha começou a esquentar. Em sua passagem pelo Sul (Tubarão, Criciúma e Araranguá), Joares Ponticelli (PP) se apresentou como candidato a vice-governador e disparou a metralhadora giratória contra Raimundo Colombo.
Ponticelli já não esconde mais o descontentamento com o que chama de assédio do governador sobre os prefeitos do PP. No périplo sulista, ele chegou a falar em “chantagem”. O progressista também aproveitou para visitar o correligionário Márcio Búrigo, prefeito de Criciúma, que, assim como Jandir Bellini, de Itajaí, optou pelo viés da neutralidade em relação à disputa majoritária.
Embora compreenda a situação, em função da liberação de verbas estaduais, Joares Ponticelli está convencido de que independente da posição a ser assumida pelos prefeitos, o partidos estará solitário e empenhado pela coligação liderada por Paulo Bauer.

Ajuste no discurso eleitoral

24 de julho de 2014 0

Interlocutores têm observado que a convivência do trio Paulo Bauer, Joares Ponticelli e Paulo Bornhausen vem sendo tão boa que passa a impressão de que eles já estariam interagindo há bem mais tempo. O único reparo parte do PSDB. Setores do partido mostram-se preocupados com o tom das críticas de Bornhausen à Dilma Rousseff e ao PT, que estaria um pouco acima do adequado.
O raciocínio no ninho dos tucanos é cristalino: se Paulo Bauer forçar o segundo turno contra Raimundo Colombo, os petardos do postulante ao Senado poderiam empurrar o apoio do PT ao governador. Mas também há quem assinale que se Paulinho for eleito senador e Aécio Neves disputar contra Dilma o decisivo turno presidencial, a candidatura de Bauer ganharia outra dimensão.
Até porque, caso o PMDB venha a ser derrotado para o Senado, não seria surpresa se o partido viesse a optar pelo corpo-mole em relação a Colombo, exatamente como fez o antigo PFL na disputa de 2002 com Esperidião Amin. Naquele pleito, o próprio Paulinho havia sido derrotado para o Senado e seu partido fez cara de paisagem no turno final da eleição, o que facilitou a surpreendente virada do peemedebista Luiz Henrique da Silveira sobre Amin.

CURTAS

23 de julho de 2014 0

Fechados- Peemedebista Luciano Buligon, vice-prefeito de Chapecó, declarou apoio à candidatura de João Rodrigues a deputado federal. Os dois já foram adversários no passado, mas parece que as divergências estão superadas. A sinalização preocupa candidatos do PMDB na região.

Talhado- Candidato ao governo em 1986, o engenheiro Amílcar Gazaniga retorna do exterior no fim do mês. Na verdade, ele desempenhará papel estratégico em toda a coordenação majoritária liderada por Paulo Bauer. Experiência não lhe falta.

Penetração- Na corrida à reeleição, Valdir Cobalchini conta com apoios importantes do PMDB no Vale do Itajaí, região onde pretende ampliar sua votação. Esta semana, o deputado em exercício Paulo França (é suplente), o secretário regional César Botelho e o vice-presidente da Câmara de Vereadores, Beto Tribess, percorreram ruas do centro de Blumenau pedindo votos.

Crédito

23 de julho de 2014 0

Tullo Cavallazzi Filho, presidente da OAB-SC, vibrou com a divulgação da pesquisa Datafolha, apontando a Ordem com instituição de maior credibilidade no Brasil. O índice de confiança chegou a 72% entre os entrevistados.
Na sequência, aparecem as Forças Armadas e a Polícia Federal, com 70%. Tullo frisa que a OAB participa de todos os debates importantes para a sociedade e que a parceria no Estado já dura oito décadas.

Sulista

23 de julho de 2014 0

Entre hoje e amanhã, Joares Ponticelli (PP) vai conceder três coletivas de imprensa no Sul do Estado, apresentando-se como candidato a vice-governador na coligação Muda Brasil, Muda SC. Os encontros serão em Tubarão, Criciúma e Araranguá.
O roteiro começa por Tubarão, onde o candidato conversa com os jornalistas a partir das 11h. Às 19h, ele vai a Criciúma. Amanhã, o bate-papo com a mídia de Araranguá está marcado para começar às 11h.

No Estado

23 de julho de 2014 0

Candidato a presidente Eduardo Campos confirmou agenda em Santa Catarina nos dias 30 e 31 de julho. Deve fazer campanha em Itajaí e Blumenau. A confirmação foi feita de viva voz pelo próprio Eduardo na segunda-feira à noite, quando recebeu Paulo Bornhausen (PSB) e Paulo Bauer (PSDB) na sua casa, em São Paulo.
A conversa, em ritmo descontraído, ocorreu após a inauguração do comitê nacional da campanha de Campos e Marina Silva. Chamando o palanque catarinense (que tem ainda Aécio Neves) de “100% de oposição ao governo federal”, Campos assegurou que Bauer terá todo o apoio na disputa estadual.

Comitê pró-Dilma

23 de julho de 2014 0

Estão oficializados os representantes no comitê suprapartidário (PT, PMDB, PSD, PP, PR, PDT, PROS, PCdoB e PRB) da presidente Dilma Rousseff em Santa Catarina. Os nomes foram definidos nesta semana, no segundo encontro do colegiado, pilotado pelo coordenador da campanha da petista em SC, o prefeito de Brusque, Paulo Eccel.
Alguns são bem conhecidos. Pelo PSD, o prefeito da Capital, Cesar Souza Junior, além dos peemedebistas Adenor “Noi” Piovesan e Adélcio Machado e dos petistas Eurides Mescolotto e José Fritsch. O ex-governador Paulo Afonso Vieira (PMDB) tem participado das reuniões.

O eixo Joinville, Blumenau e Itajaí

23 de julho de 2014 0

Já faz parte da história política do Estado o peso de Joinville nas eleições para governador, notadamente a partir do pleito de 2002, quando Luiz Henrique da Silveira venceu por minguados 20 mil votos e a escolha dos joinvillenses foi decisiva. De lá pra cá, LHS e seus aliados só fizeram aumentar a influência do eleitorado do Norte a favor de suas candidaturas majoritárias.
Feita a constatação, está nítido também o contraveneno delineado pela coligação de Paulo Bauer. Investir pesado em Blumenau e Itajaí. Somados, os dois contingentes eleitorais reúnem densidade suficiente para neutralizar a força da maior cidade de Santa Catarina. Evidentemente que isso depende dos votos a serem depositados nas urnas. Mas não foi por acaso que Bauer e companhia lançaram a campanha em Blumenau. Também é estratégica a agenda de Eduardo Campos no fim de julho: ele visitará as duas cidades, movimentando o cenário eleitoral.
A chegada do ex-prefeito e ex-deputado Amílcar Gazaniga para coordenar a campanha de Paulo Bornhausen também está inserida neste contexto. Ele tem a missão de seduzir Jandir Bellini, que até aqui optou pela neutralidade em relação às candidaturas a governador. Se o prefeito de Itajaí aderir ao projeto de PSDB-PP (partido dele) e PSB, essa pode ser a chave para neutralizar o potencial de Joinville a favor da chapa governista. Até porque Napoleão Bernardes já mergulhou de cabeça na campanha do correligionário Paulo Bauer.
No âmbito da disputa para o Senado, a situação está desenhada: tanto Bellini quanto Napoleão irão se empenhar fortemente pela candidatura de Bornhausen. O prefeito de Blumenau é o nome do futuro do PSDB catarinense e não vai apoiar Dário Berger que, se vencer a disputa, chega muito forte em 2018.

Curtas

22 de julho de 2014 8

Contestação- Presidente de honra do PSDB e coordenador da campanha de Paulo Bauer, Dalírio Beber contesta informações dando conta de que 15 prefeitos do partido já teriam fechado com Raimundo Colombo. O dirigente assegura que todos os 26 prefeitos tucanos estão trabalhando para Bauer e Aécio Neves.

Nome certo- Acertada a escolha do jornalista João de Biasi para a Secretaria de Comunicação do Estado. Competente e atuante, ele respondia pela diretoria de Novas Mídias e Inovação. Nelson Santiago está licenciado para tocar a campanha de Raim

 

Benefício

22 de julho de 2014 0

Se for aprovado projeto de lei do deputado Onofre Agostini (PSD), o benefício da aposentadoria especial, que hoje é restrito aos professores de sala de aula, será estendido aos demais profissionais que trabalham com educação, como administradores, inspetores, supervisores, orientadores, etc.
Onofre argumenta que a proposta faz justiça aos responsáveis pelo ensino no país. “O tempo de serviço passará a contar também fora de sala de aula”, assinala o parlamentar.