Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 11 fevereiro 2011

Frase

11 de fevereiro de 2011 0

Eu sou um pessimista pela inteligência e um otimista pela vontade.

Antonio Gramsci, filósofo italiano.

Arrancada

11 de fevereiro de 2011 0

Maurício Eskudlark foi anunciado por Dado Cherem como seu vice-líder, também com assento nas Comissões de Justiça e Segurança Pública.

Coincidência

11 de fevereiro de 2011 0

No momento em que Casildo Maldaner fazia seu pronunciamento de estreia na tribuna do Senado, quem presidia a mesa era o velho companheiro Pedro Simon.

Consenso

11 de fevereiro de 2011 0

Sopelsa entrega a presidência da Casa a Gelson Merísio, na segunda-feira, com as comissões instaladas.

Emplacada

11 de fevereiro de 2011 0

Em meio a uma verdadeira prova de fogo, o deputado Moacir Sopelsa conseguiu compor as comissões técnicas, contentando todas as bancadas representadas na Assembleia.

Realidade

11 de fevereiro de 2011 0

Encerrado o prazo de registro de candidatos que concorrerão às eleições suplementares de José Boitex, a pré-campanha já é uma realidade no Vale do Itajaí.

Cassados pelo TRE os diplomas do prefeito e do vice, eleitos em 2008, o pleito será realizado em 3 de abril. Em José Boitex, a polialiança rachou ao meio: de um lado, DEM e PSDB coligados com o PP, em chapa encabeçada pelo liberal Jonas Pudewell, do outro, PMDB e PPS aliados ao PT, com o socialista Alcino Pereira de candidato.

Ritmo

11 de fevereiro de 2011 0

“Que bom seria se todo o Estado funcionasse com essa rapidez”. Assim o secretário Valdir Cobalchini (Infraestrutura) comentou a agilidade da Polícia Rodoviária Estadual para fazer o levantamento dos pontos críticos, onde mais ocorrem acidentes nas rodovias catarinenses.

Cobalchini recebeu o documento do tenente-coronel Norberto de Souza Filho, 15 dias após ter solicitado, e agora inicia a elaboração do Programa de Redução de Acidentes nas Rodovias, atacando os pontos críticos com sinalização e intervenções de engenharia.

Emplacada

11 de fevereiro de 2011 0

Jorginho Mello foi o novato da Câmara escolhido pela Globo News para uma entrevista exibida ao longo da semana, em rede nacional.

Negociação

11 de fevereiro de 2011 0

O secretário Marco Tebaldi (Educação) avaliou como positiva a audiência com o Sinte. Na abertura do canal de comunicação, discussão do piso salarial e melhorias pedagógicas.

Em comum acordo, ficou acertada a formação de uma comissão de oito membros, com quatro membros de cada lado. Tebaldi comprometeu-se de promover, posteriormente, um encontro dos sindicalistas com o governador. 

Agenda

11 de fevereiro de 2011 0

O comando PP reuniu deputados e suplentes, em Florianópolis, para tratar o cronograma das convenções. O secretário geral, Aldo Rosa, anunciou que as municipais vão ocorrer entre 11 de março e 11 de abril. Já a estadual, até o dia 31 de maio.

A meta é preparar o partido para as eleições de 2012. “Um mutirão do PP deve atingir todo o Estado”, sinalizou o presidente Joares Ponticelli.

Prestígio

11 de fevereiro de 2011 0

A biblioteca do Senado, em Brasília, reuniu um seletivo grupo de políticos na noite de quarta-feira, durante o lançamento do livro “O Milagre Real”, do ex-senador Neuto de Conto. 

O ex-presidente Itamar Franco, a quem coube implantar a nova moeda, foi um dos que fez questão de comparecer e abraçar o autor, a quem chamou carinhosamente de “companheiro histórico”. 

Neuto, relator do projeto que deu origem ao Plano Real, autografou cerca de 600 exemplares. Em Florianópolis, a obra será lançada em abril, durante a Feira do Livro.

Contraste

11 de fevereiro de 2011 0

Apesar da disputa de socos na mesa entre Leonel Pavan e Marcos Vieira, o contencioso está sendo considerado pontual pelas demais lideranças tucanas, já que a unidade da bancada na Assembleia nunca esteve tão sedimentada.

O presidente de honra do PSDB estadual, Dalírio Beber, que andava afastado das reuniões da cúpula, deverá participar do encontro da executiva estadual, na semana que vem.

Pavan também continua com boa influência na direção nacional do PSDB, que acabou de reservar uma área física para o ex-governador, sempre que marcar presença em Brasília.

Firmeza

11 de fevereiro de 2011 0

Gilberto Kassab está disparando em todas as direções. Depois do PMDB, agora abriu negociações com o PSB. O certo é que o prefeito paulistano não deseja continuar no DEM.

Quando Raimundo Colombo chegou para o encontro com Kassab, na noite de quarta-feira, em São Paulo, surpreendeu-se pela presença do governador Eduardo Campos (Pernambuco), que preside o PSB nacional.

Apesar da presença do Neto de Miguel Arraes, Colombo reiterou a Gilberto Kassab que sua prioridade é reaglutinar o DEM.

Briga pela Eletrosul

11 de fevereiro de 2011 0

Com os recentes apagões em São Paulo e em vários Estados nordestinos, a definição dos cargos no setor elétrico, ainda pendentes, tem tudo para entrar o mês de março. Não bastassem os problemas no sistema, a queda de braço entre o PMDB e o PT, no preenchimento de algumas posições, levou o Palácio do Planalto puxar o freio de arrumação.

Como principal estatal federal do Sul do Brasil, a Eletrosul está no epicentro da disputa política dos dois principais partidos que sustentam o governo Dilma Rousseff no Senado. Se por um lado à bancada federal peemedebista pediu ao vice Michel Temer o aproveitamento de Paulo Afonso Vieira ou Neuto de Conto, os petistas também realizam romaria em Brasília.

Na mesma semana em que o atual presidente Eurides Mescolotto, respaldado pela ministra Ideli Salvatti (Pesca), avistou-se com o ministro Edson Lobão (Minas e Energia) e outros integrantes do primeiro escalão da União, o ex-deputado Cláudio Vignatti também desencadeou forte ofensiva, na companhia do presidente do PT, José Fritsch, e parlamentares catarinenses.

Vignatti conta com o respaldo da direção estadual do partido, mas Mescolotto continua merecendo a simpatia do ex-presidente Lula da Silva. Correndo por fora, os peemedebistas Neuto e Paulo Afonso. O presidente do PDT, Manoel Dias, já se conformou com uma diretoria.

O ex-governador só aceita a presidência. Caso contrário, assume uma diretoria do BRDE, abrindo espaço para o ex-deputado João Matos na estatal.