Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Propriedade

31 de outubro de 2014 0

O deputado federal Onofre Agostini (PSD) é o autor do projeto que visa a compensar os proprietários de terras familiares que, por lei, precisam separar parte do terreno para a preservação ambiental.
Se a proposta for aprovado, os agricultores catarinenses serão compensados pelas perdas sofridas pela não utilização da área reservada à preservação do meio ambiente. Para ele, a legislação atual é arcaica, penalizando a agricultura familiar, que predomina no Estado. A matéria já foi aprovada na Comissão de Desenvolvimento Sustentável da Câmara.

 

 

Avanço

31 de outubro de 2014 0

Renato Vianna, diretor financeiro do BRDE, avisa ao mercado que o patrimônio líquido da instituição chegou a 2,05 bilhões. Por coincidência, o blumenauense ocupava o mesmo cargo quando o banco atingiu a marca histórica de R$ 1 bilhão em novembro de 2008.
Para Vianna, o salto não se deve apenas ao incremento nas negociações de crédito, mas também pelo investimento de R$ 600 milhões dos controladores (SC, PR e RS).

Degola

31 de outubro de 2014 0

Raimundo Colombo já deixou claro que pretende ter uma equipe modificada para o segundo mandato, que se inicia a partir de 1º de janeiro de 2015. Antes do lançamento da Operação Veraneio, o governador cravou: “Queremos fazer uma estrutura mais moderna, enxuta e eficiente”. O pessedista almeja mudar a estrutura governamental antes de definir os nomes do novo Colegiado.

Posição

31 de outubro de 2014 0

Luiz Henrique da Silveira atacou o PT a partir do seu posicionamento em relação às Secretarias Regionais e a disparidade dos recursos que são repassados a Estados e municípios.
Na visão de LHS, o governo federal não cumpriu suas promessas com Santa Catarina justamente porque vai na contramão da descentralização dos recursos arrecadados. O senador lembrou que o PT fez apenas 15% dos votos apesar de já ter comandado Blumenau, Chapecó, Joinville e Criciúma.

Ponderado

31 de outubro de 2014 0

Deputado federal Jorge Boeira, eleito pelo PP, marcou presença no ato de entrega de ônibus escolares repassados a Santa Catarina pelo programa Caminho da Escola. Apesar de ter contestado o governo Dilma Rousseff na atual legislatura, Boeira indicou os municípios de Gravatal, Jaguaruna e Balneário Gaivota como beneficiários da ação do governo federal. Ele deixou claro que não vai fazer oposição radical na Câmara.

Reduto

31 de outubro de 2014 0

O pleito deste ano voltou a fortalecer o PSDB nacional, com reflexos nas lideranças regionais. Exemplo é o prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes. Na cidade do Vale, o candidato tucano à presidência fez mais de 77% dos votos válidos, percentual que colocou o município no topo do ranking onde Aécio Neves conquistou a maior fatia do eleitorado.
Considerando-se as 130 cidades brasileiras com mais de 200 mil votos, apenas Londrina (Paraná) igualou-se ao feito de Blumenau, pilotada por Napoleão, que dá uma bela emplacada nacional.

 

Aécio Neves em SC

31 de outubro de 2014 0

Aécio Neves não se elegeu presidente porque seus conterrâneos mineiros não lhe asseguraram os votos necessários. Se ao invés de perder por 500 mil votos, tivesse aberto uma frente de pelo 1,5 milhão de sufrágios no seu Estado natal, conforme estimavam os tucanos da cúpula federal, Aécio teria suplantado a vantagem de 3,5 milhões de Dilma Rousseff no placar nacional.
Até porque vai ser difícil outro candidato de oposição repetir a performance eleitoral no Sul do País (RS, PR e SC), com quase 60% dos votos válidos. Isso sem falar no desempenho de São Paulo, onde o tucano obteve uma diferença de 6,5 milhões. Nem mesmo Fernando Henrique e Lula da Silva, nas duas eleições vitoriosas de cada um, bateram neste patamar. Isso sem falar em José Serra nos dois embates e Geraldo Alckmin, em 2006.
Detalhe: os quatro são paulistas, enquanto Aécio Neves é mineiro, curiosamente o eleitorado que o derrotou.
Ainda neste ano, Aécio Neves pretende visitar Santa Catarina para agradecer às lideranças tucanas, que nos dois turnos proporcionaram a mais expressiva vitória do País. O senador Paulo Bauer vai preparar uma recepção toda especial ao presidenciável que ameaçou a hegemonia petista no Planalto.

 

Composição

30 de outubro de 2014 0

Seguem a todo vapor as articulações para a formação da nova mesa diretora da Assembleia. E o peemedebista Aldo Schneider está cotado para ser o 1º vice de Gelson Merísio. Aldo entraria na cota do PMDB.

Sinalização

30 de outubro de 2014 1

Repercutiu politicamente a decisão dos procuradores federais Eduardo Serôa e João Marques Brandão de pedirem o arquivamento da investigação que envolvia Dário Berger na Operação Moeda Verde.
A peça subscrita pelos representantes do Ministério Público solicita o arquivamento de 19 crimes já prescritos, o que também favorece outras 44 pessoas, todas devido ao conflito de competências. Ou seja, mais uma pizza, porque não está avaliando o mérito dos processos.
A Moeda Verde investigou crimes ambientais envolvendo suposto suborno para a liberação de licenças que teria que passar pelo crivo da prefeitura e da Câmara de Vereadores de Florianópolis.

 

Descentralização

30 de outubro de 2014 0

Após avaliar o sucesso da coligação governista, que reelegeu Raimundo Colombo e Eduardo Moreira no primeiro turno, garantindo, ainda, uma vaga no Senado a Dário Berger e mais nove dos 16 deputados federais e 22 dos 40 estaduais, o senador Luiz Henrique da Silveira creditou o sucesso da eleição à descentralização administrativa.
“Governo descentralizado é um governo realizador, é um governo que erra menos”, assinalou LHS, defendendo também a necessidade de reforma política e um novo pacto federativo.

Bola fora

30 de outubro de 2014 0

Fortalecido depois da votação histórica para deputado federal, Esperidião Amin resolveu sinalizar que pretende ver o ex-deputado Gilson dos Santos na presidência estadual do PP. Movimento, aliás, que repercutiu muito mal nas fileiras do partido.
Evidentemente que as restrições não recaem sobre a figura dele, que é afável e benquisto por todos. O problema é que Gilson, que inclusive já passou pelo Tribunal de Contas, está sem mandato e afastado do dia a dia da política há muitos anos.
O sentimento geral no seio do PP é que o comandante tem que ser alguém em plena atividade política.

 

Sonegação

30 de outubro de 2014 0

A Secretaria da Fazenda espera reunir hoje cerca de 400 auditores fiscais na 1ª Jornada Tributária do Fisco Catarinense, em Florianópolis. A meta é aperfeiçoar o combate à sonegação, o que vem rendendo bons frutos para o caixa do Estado, após o acordo entre o governo e a categoria, premiando quem dá resultados, a chamada meritocracia.
Segundo o secretário Antonio Gavazzoni, no acumulado de janeiro a setembro, a arrecadação de ICMS cresceu 11%, desempenho alentado considerando que a economia do país está estagnada.

 

Sintomático

30 de outubro de 2014 0

Ainda este ano, Raimundo Colombo vai tirar uma semana de férias para descansar do ritmo imprimido na campanha eleitoral. E quem deve assumir é Eduardo Moreira, que fez uma viagem ao exterior entre os dois turnos das eleições.
De forma velada, a articulação para casar as agendas visa a evitar que o deputado Romildo Titon assuma o governo, já que ele foi indiciado pela Operação Fundo do Poço. Se o Executivo for entregue às mãos do peemedebista, o gesto poderia soar como uma provocação ao Judiciário. Evidentemente que esse arranjo também evitaria que Joares Ponticelli reassumisse a Alesc novamente.

 

Reforma em gestação

30 de outubro de 2014 0

Raimundo Colombo e Eduardo Moreira deram expediente em Santo Amaro da Imperatriz, nos dois primeiros dias da semana. No hotel Caldas, governador e vice reuniram-se com os secretários Antônio Gavazzoni (Fazenda), Derly Anunciação (Administração) e Nelson Serpa (Casa Civil).
As rodadas reservadas serviram para desencadear as definições acerca dos ajustes no novo governo e a formação da próxima equipe.
Já de volta ao Centro Administrativo, Raimundo Colombo e Eduardo Moreira receberam ontem, em audiência, o prefeito de Criciúma, Márcio Búrigo, na presença de Antonio Gavazzoni.
Ficou acertado que Búrigo volta à Capital na semana que vem firmar convênios de cerca de R$ 50 milhões. Mesmo filiado ao PP, o prefeito da principal cidade do Sul respaldou Colombo (PSD) e Moreira (PMDB) em outubro, em retribuição aos investimentos do governo do Estado no município.

Tripé

29 de outubro de 2014 0

Mauro Mariani foi o deputado federal mais votado em Jaraguá do Sul (13.449 votos), seguido por Esperidião Amin (11.332) e Marco Tebaldi (7.791). Os três participaram de encontro promovido pela Acijs na noite de segunda-feira. Aproveitaram para agradecer a confiança e se comprometeram a transformar os votos em muito trabalho, buscando recursos nas áreas de saúde, mobilidade, educação e infraestrutura.