Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Quem ganhou e quem perdeu público no Catarinense 2015

07 de maio de 2015 13

Encerrado, pelo menos no campo, o Campeonato Catarinense é hora de contabilizar ganhos e perdas de público. Dos chamados grandes do futebol Catarinense só Avaí e Chapecoense tiveram aumento na média de público pagante em relação a 2014.  O Avaí teve um incremento de 112% na presença de sua torcida e a Chapecoense de 25%. Destaque negativo para Figueirense e Joinville que, mesmo chegando a final, tiveram redução de 16% e 2%, respectivamente. Entre os grandes o Criciúma é o que perdeu mais público em relação ao ano passado, de cada dois torcedores mais de um deixou de ir no Heriberto Hülse. O público pagante total em 2015 foi de 319227 pagantes contra 320894 de 2014. Em números totais a redução foi pequena, apenas 0,5%. Os números estão listados abaixo, os motivos e a zoação sadia ficam por conta dos vossos comentários.SS

Comentários (13)

  • Bala de borracha (argh…!!!) diz: 7 de maio de 2015

    Pois é… e aí vêem alguns babacas com os títulos de maior torcida do estado. Autênticos museus vivem do passado, pois o trem pagador de SC é o JEC…
    Só olhar os valores totais de 2014 e 2015… quem tiver problemas de visão que peça para o vizinho ler pra ele…
    Já por exemplo a maior torcida nos tribunais de SC são os barbirosas do estreito. Nem precisam vir de casa, pois ali dentro mesmo, já são a maior e contando só juízes (???)…
    Argh…!!!

  • Hélio diz: 7 de maio de 2015

    Prezado Professor;

    Cumprimentos pelo trabalho e, numa análise mais abrangente, constata-se ao longo dos anos uma ¨fuga¨ sistemática do torcedor tanto do estádio quanto da sua equipe, apesar do aumento constante da população, bem como dos meios de comunicação estarem todos focados no futebol 24h/dia. O mesmo sentido aplica-se as mídias, onde o futebol vem perdendo dia a dia audiência, leitores e ouvintes. As razões são muitas: desinteresse com o futebol; violência; horário dos jogos; péssimas administrações das equipes e, principalmente, interesse constante por outras atividades esportivas, tais como: corridas, ciclismo, skate, patins, surfe, entre outros.
    abs.

  • Jequeano diz: 7 de maio de 2015

    Mesmo reduzindo a média em 2% com relação ao ano passado colocamos quase o dobro de torcedores nas arquibancadas em relação ao 2º colocado (Chapecoense).

    E aí? Quem é mesmo a maior torcida de Santa Catarina?

  • Antonio diz: 8 de maio de 2015

    Ja pedi ao PROCON_SC para os mesmos processarem o Avai Futebol Clube por propaganda enganosa, afinal no sei estadio esta escrito a maior mentira: “A Maior Torcida de SC” ….

  • JM Figueira diz: 8 de maio de 2015

    Só Kmarão mesmo, para fazer uma comparação destas. Comparar água e vinho. Dois anos completamente atípicos, e querer igualar. Deve ser um baita de um avaiano enrustido. Onde foi o clássico ano passado e este ano? Assim é fácil ter mais torcida, contabilizando a torcida adversária até eu. Quantos jogos o Figueira jogou no domingo às 16hs em casa e quantos os outros jogaram? O Figueirense só joga quarta ou quinta em casa às 19:30hs, quando ninguém vai ao estádio pois tem gente que trabalha até às 19:00hs e ainda tem a fila da ponte. Se quer comparar alguma coisa, tem que ser igual ou então é só jogo de cena.

  • Valerim diz: 8 de maio de 2015

    Explicando as bailarinas do norte. “ESTADIO”:”Campo para jogos e provas esportivas, circundado por arquibancadas ou outras instalações destinadas ao público”. “ESTADO”:”É uma entidade com poder soberano para governar um povo dentro de uma área territorial delimitada – Formada por municípios”. Então, por favor, não confundam, maior publico, com maior torcida do Estado, pois vocês não tem torcedores em todos cantos do Estado de Santa Catarina. Apesar do “I” Estadio tem um significado e Estado outro. Acho que até para vocês ficou fácil entender.kkkkkkk

  • Mazinho Alvinegro diz: 8 de maio de 2015

    Caro Prof. Kmarão!

    Como diria o mô quiridu Einstein, o gênio da física: “Tudo é relativo”.

    Exemplo:

    O maior público presente no estádio nos últimos anos é o do FURACÃO, na final do ano passado quando surramos os Jecolinos e fomos campeões.

    ELES, apesar de estarem amargando 15 anos de jejum, não terem nada pra fazer na aldeia, com apenas um timeco na mini-xorôinville, não conseguiram nos superar.
    Portanto, o xororô é livre no interior.

  • Walter JEC diz: 8 de maio de 2015

    Já ficou chata essa história de qual é a maior torcida do Estado. Até o pessoal do Posto Ypiranga sabe que a maior torcida é a do JEC e acabou! Talvez as alvirosas até tenham torcida em São José e no TJD. kkkkkkk Mas isso não é o suficiente pra nos superar. Saudações do legítimo Campeão Catarinense de 2015! kkkkkkk

  • Sergio diz: 11 de maio de 2015

    Avaí e Figueirense com médias IGUAIS, sendo que só nos passaram com a FINAL

    Ou seja, durante o TURNO, mais HEXAGONAL x QUADRANGULAR DA MORTE, o Avaí teve media maior que o Figueirense.

    HISTORICO

    Figueirense só passou o Avaí que fez varios jogos vexatorios no quadrangular, com a final. Nunca vi nada igual na comparaçao de publico aqui na capital.

  • Leonardo diz: 13 de maio de 2015

    Bom dia, Sergio

    Parabens por pela primeira vez na historia disputarem publico com o Figueira… Ainda que tenham perdido de novo! (azar?)

    Sobre o JEC, está na melhor fase da história e ainda assim nao alcançam as medias do Figueira de 2011 e 2012, que foram de quase 10 mil torcedores por partida no Estadual.

    Um momento de “baixa” em média de público nao muda a historia: o trem pagador de SC sempre foi e continuará sendo por muito tempo o Figueirense FC.

  • Leonardo diz: 13 de maio de 2015

    “Destaque negativo para Figueirense e Joinville que, mesmo chegando a final, tiveram redução de 16% e 2%, respectivamente.” Mas ano passado eles também chegaram à final, amigo blogueiro

Envie seu Comentário