Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Espetáculo A Rainha do Rádio chega a Itajaí pela primeira vez

14 de março de 2016 0
Foto: Gil Guzzo / Divulgação

Foto: Gil Guzzo / Divulgação

Depois de quase quarenta anos na estrada, o espetáculo teatral A Rainha do Rádio desembarca em Itajaí na próxima sexta-feira, dia 18. Escrito por José Saffioti Filho em 1976, o monólogo estará em cartaz no Teatro Municipal de Itajaí, em única sessão às 20h30. Com direção geral do renomado Gil Guzzo — paulista radicado em Florianópolis —, a obra tem no elenco a atriz e idealizadora do projeto Mariane Feil, o figurinista José Henrique Beirão e o gaúcho Régius Brandão, convidado para as vozes.

A peça conta sobre a radialista Adelaide Fontana, que demitida após 25 anos de casa, quando comandava o programa “Suspiros ao meio-dia”, resolve invadir e se trancar no estúdio da Rádio Esperança para fazer um programa especial. Ambientado em 1974, tempo de ditadura militar brasileira e repressão aos meios de comunicação e às manifestações artísticas, entre sucessos musicais, ela revela aos ouvintes com humor e ironia os reais motivos de sua saída.

Durante o programa, veiculado à meia noite, ao invés de poesias com baixíssimo índice de audiência – a tal justificativa para a sua saída —, Adelaide fala como bem entende sobre as alegrias e mazelas de sua vida. Ela também desafia os poderosos da cidade, contando os “podres” e apontando a hipocrisia que a cercava. O espetáculo fala dos limites impostos às mulheres, principalmente as que ousavam ir contra o autoritarismo da época.

Embora escrita em 76, o autor permitiu que o texto não envelhecesse, com diversas montagens no Brasil e no exterior. A estreia foi no mesmo ano em São Paulo com atuação de Cleyde Yaconis e direção de Antonio Abujamura, e devido à censura, a parte política precisou ser cortada. Em 81, chegou às telonas com o diretor Luís Fernando Goulart e os atores Beyla Genauer e Paulo Guarnieri.

— Dirigir um espetáculo que tem um lugar importante na história do teatro é um grande privilégio. Porque ele foi escrito e encenado pela primeira vez num Brasil ainda dominado pelos militares e continua absolutamente atual trazendo à tona assuntos que ainda e cada vez mais precisam ser discutidos — avalia Gil Guzzo.

Serviço:
O quê: A Rainha do Rádio
Quando: 18 de março, às 20h30
Onde: Teatro Municipal de Itajaí (Rua Gregório Chaves, 111 – Bairro Fazenda)
Quanto: R$ 40 (inteira) e R$20 (meia)
Ingressos antecipados: bilheteria do Teatro Municipal de Itajaí ou pelo site Ingresso Nacional

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário