Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Craques para sempre: Lêonidas da Silva

06 de setembro de 2011 0
O primeiro ídolo brasileiro em Copas do Mundo nasceu no dia 6 de setembro de 1913. Filho de uma marinheiro português e de uma cozinehira, Lêonidas da Silva teve uma infância simples com frequentes escapadas do colégio para jogar bola.
Aos nove anos, viu seu pai morrer e acabou sendo adotado pelos patrões da mãe. Estes montaram um bar perto do campo do São Cristóvão, onde jogou nas categorias de base. Passou por vários times do subúrbio carioca até ser contratado pelo Sírio Libanês, aos 17 anos.
Foi em 1931 que ganhou status. Com a seleção carioca se destacou e parou na Seleção Brasileira. Viveu seu ápice na Copa do Mundo de 1938, quando foi o artilheiro com sete gols e comandou o time que ficou com o terceiro lugar.
A popularidade do jogador era tão grande que a Lacta resolveu criar um chocolate com o apelido que ganhou no Uruguai – Diamante Negro. Muitos consideram este como o primeiro case de marketing esportivo do Brasil. Ficou conhecido também como o jogador que popularizou a bicicleta.

Em 1949, pendurou as chuteiras. Tentou carreira como auxiliar técnico de Vicente Feola, no São Paulo, mas logo desistiu. Ainda fez um jogo de despedida, em 1953, com a Seleção Brasileira de Veteranos. Virou comentarista esportivo em várias rádios, onde parou em 1974, depois de cobrir a Copa do Mundo. Neste ano foi diagnosticado com Mal de Alzheimer, doença que o comprometeu e com quem conviveu até morrer, aos 90 anos, no dia 24 de janeiro de 2004.

Onde jogou:

1929 – São Cristóvão/RJ (29 jogos e 31 gols)
1929-30 – Sírio Libanês/RJ (47 jogos e 50 gols)
1931-32 – Bonsucesso/RJ (51 jogos e 55 gols)
1933 – Peñarol-URU (25 jogos e 28 gols)
1934 – Vasco da Gama (29 jogos e 27 gols)
1935 – Sport Brasil/RJ (sem registros) *
1935-36 – Botafogo/RJ (sem registros)
1936-41 – Flamengo/RJ (149 jogos e 153 gols)
1942-50 – São Paulo/SP (212 jogos e 141 gols)
1934-46 – Seleção Brasileira (37 jogos e 37 gols)
* O Sport Brasil disputou a primeira fase do Campeonato Carioca de 1935, mas abandonou por problemas financeiros.  Lêonidas foi para o Botafogo e levou o título daquele ano.

Títulos:

3 Campeonatos Carioca (1934/35/39)
5 Campeonatos Paulista  (1943/45/46/48/49)
1 Copa Rio Branco (1932) e 1 Copa Roca (1945), com a Seleção Brasileira

Abaixo, uma matéria da Rede Globo sobre a morte de Leônidas da Silva, em 2004.

Envie seu Comentário