Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

São Paulo campeão... e a moeda caiu em pé

03 de outubro de 2011 0

Em pé: Zarzur, Piolin, King, Virgílio, Zezé Procópio e Noronha; agachados: Luizinho, Sastre, Lêonidas, Remo e Pardal.

No final da década de 30 e início da década de 40, Corinthians e Palmeiras dominavam o futebol paulista. Os dois se revezam nas conquistas dos títulos estaduais. Na época, os dirigentes dos dois clubes diziam que, para dar um outro campeão, só se a moeda caísse de pé. Isso não aconteceu, é claro. Mas o tabu foi quebrado em 3 de outubro de 1943, quando o São Paulo conquistou o primeiro título da história. Sim, o São Paulo também foi campeão estadual em 1931, mas este foi incorporado mais tarde, já que a fundação oficial do Tricolor foi no ano de 1935.
Como resposta aos dirigentes alvinegros e alviverdes, a torcida são-paulina desfilou com carro alegórico exibindo uma moeda em pé. O título só veio na última rodada, já que, na época, o campeonato era disputado por pontos corridos. São Paulo, com 32 pontos, Corinthians e Palmeiras, com 30, chegaram com chances de levar o título. O São Paulo enfrentava o Palmeiras no Pacaembu precisando apenas de um ponto. E foi o que aconteceu. O empate sem gols deu o troféu aos são-paulinos, comandados por Lêonidas da Silva, Luizinho e Teixeirinha. O time ficou conhecido como “Rolo Compressor”, pois não tomava conhecimento de quem viesse pela frente.

O JOGO DO TÍTULO
SÃO PAULO 0 x 0 PALMEIRAS
Data: 3/10/1943
Local: Estádio Pacaembu
Árbitro: Carlos de Oliveira Monteiro
SÃO PAULO:
King; Piolim e Virgílio; Zezé Procópio, Zarzur e Noronha; Luizinho, Sastre, Leônidas, Remo e Pardal.
Técnico: Joreca
PALMEIRAS:
Oberdan; Junqueira e Osvaldo; Brandão, Og Moreira e Dacunto; Caxambu, Gonzalez, Cabeção, Villadoniga e Canhotinho.
Técnico: Del Debbio.

Envie seu Comentário