Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Uruguai bate o Brasil e vence a Copa América de 1983

04 de novembro de 2011 0

Em 1983, a Copa América foi disputada, mais uma vez, sem sede fixa. Nove seleções foram divididas em três chaves e o Paraguai, que era o último campeão, entrou apenas nas semifinais e acabou eliminado pelo Brasil. A nossa seleção, aliás, tinha um técnico que iniciava a carreira com a camisa amarela: Carlos Alberto Parreira. Com alguns remanescentes da Copa de 1982, ele tentou buscar o título, mas não conseguiu parar o Uruguai. Depois de perder por 2 a 0 fora de casa, o Brasil não conseguiu vencer o jogo disputado em Salvador, no dia 4 de novembro de 1983. O empate em 1 a 1 deu o título para os uruguaios, o 12º da história.
O primeiro confronto aconteceu no dia 27 de outubro, em MOntevidéu, quando Francescoli e Diogo deram a vitória aos donos da casa. No jogo da volta, realizado na Fonte Nova, o Brasil até saiu na frente com Jorginho, mas um gol de Aguilera, no segundo tempo, acabou com as pretensões brasileiras e terminou com a demissão de Parreira.

Ficha do Jogo:
BRASIL 1 x 1 URUGUAI
Data: 4/11/1983
Local: Fonte Nova, Salvador (BA)
Público: 95 mil pagantes
Árbitro: Edison Pérez (Peru)
Gols: Jorginho (23′ do primeiro tempo) e Aguilera (22′ do segundo)
Brasil:
Leão; Paulo Roberto, Márcio, Mozer e Júnior; China, Jorginho e Sócrates; Tita, (Renato Gaúcho), Roberto Dinamite (Careca) e Éder.
Técnico: Carlos Alberto Parreira
Uruguai:
Rodolfo Rodríguez; Diogo, Gutiérrez, Acevedo e Agresta; González, Barrios e Cabrera; Aguilera (Bossio), Francéscoli e Acosta (Ramos).
Técnico: Omar Borras

Veja o gol que deu o título para os uruguaios:

Envie seu Comentário