Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de dezembro 2012

Jogos Históricos: O primeiro título da democracia corintiana

12 de dezembro de 2012 1

Em pé: Solito, Sócrates, Ataliba, Casagrande, Zenon e Biro-Biro; agachados: Mauro, Daniel González, Alfinete, Paulinho e Wladimir

Hoje é um dia especial para os corintianos. Faz exatamente 30 anos que a Democracia Corintiana conquistou o primeiro título depois de “decretar” o movimento dentro do grupo. No dia 12 de dezembro de 1982, Biro-Biro, duas vezes, e Casagrande marcaram os gols da vitória por 3 x 1 sobre o São Paulo, em pleno Morumbi, e conquistaram o Campeonato Paulista.
Em 40 jogos, o Corinthians venceu 26 vezes, empatou oito e perdeu seis, marcando 87 gols e sofrendo 33. Casagrande foi o artilheiro do campeonato com 28 gols.

Campanha:
Corinthians 1 x 0 Santo André
Comercial 0 x 2 Corinthians
Corinthians 1 x 1 São José
São Bento 1 x 0 Corinthians
Corinthians 2 x 0 Juventus
Palmeiras 1 x 5 Corinthians
Corinthians 2 x 0 Francana
Ferroviária 1 x 2 Corinthians
Corinthians 3 x 2 Inter de Limeira
15 de Jaú 0 x 0 Corinthians
Corinthians 0 x 1 Guarani
Santos 0 x 1 Corinthians
Ponte Preta 1 x 1 Corinthians
Corinthians 1 x 0 Marília
Portuguesa 0 x 0 Corinthians
Corinthians 2 x 0 São Paulo
Corinthians 2 x 1 Botafogo
Taubaté 1 x 1 Corinthians
Corinthians 4 x 1 América
Inter de Limeira 0 x 2 Corinthians
Francana 2 x 1 Corinthians
Corinthians 3 x 1 Portuguesa
Corinthians 0 x 2 Ponte Preta
Guarani 1 x 1 Corinthians
Corinthians 2 x 1 Comercial
América 3 x 3 Corinthians
Corinthians 2 x 1 São Bento
Corinthians 0 x 0 Palmeiras
Juventus 1 x 5 Corinthians
Santo André 1 x 3 Corinthians
Corinthians 4 x 0 Taubaté
São José 0 x 2 Corinthians
Corinthians 1 x 0 Santos
Botafogo 2 x 4 Corinthians
Corinthians 3 x 1 15 de Jaú
Corinthians 3 x 1 Ferroviária
Marília 1 x 0 Corinthians
São Paulo 3 x 2 Corinthians
Corinthians 1 x 0 São Paulo
São Paulo 1 x 3 Corinthians

A FINAL
SÃO PAULO 1 x 3 CORINTHIANS
Data: 12/12/1982
Local: Morumbi, São Paulo (SP)
Árbitro: José de Assis Aragão
Público: 66.851 pessoas
Gols: Biro-Biro (2) e Casagrande (C), Daryo Pereira (SP)
CORINTHIANS:
Solito; Alfinete (Zé Maria), Mauro, Daniel González e Wladimir; Paulinho, Sócrates e Zenon (Eduardo); Ataliba, Casagrande e Biro-Biro.
Técnico: Mário Travaglini.
SÃO PAULO:
Waldir Peres; Getúlio, Oscar, Daryo Pereira e Maurinho Chagas; Almir, Renato e Éverton; Paulo César, Heriberto (Serginho) e Zé Sérgio.
Técnico: José Poy.

Aniversariante do Dia: Caracas FC

12 de dezembro de 2012 0

Clube: Caracas Fútbol Club
Fundação: 12/12/1967 (45 anos)
Cidade: Caracas (Venezuela)
Estádio: Olímpico de la UCV
Site: www.caracasfutbolclub.com
Principais Títulos: 11 Campeonatos Venezuelanos (1992/94/95/97/2001/03/04/06/07/09/10), 4 Torneios Apertura (2002/03/06/07), 5 Torneios Clausura (1997/2004/06/09/10), 4 Copas da Venezuela (1988/93/94/2009) e 1 Segunda Divisão Venezuelana (1984)
Situação atual: Terminou em segundo lugar no Apertura 2012, com 38 pontos, a um do Deportivo Anzoátegui, que foi o campeão. Na última rodada, venceu o Deportivo Táchira, fora de casa, por 3 a 1, no dia 8 de dezembro. Na Copa do Brasil, foi eliminado nas quartas de final pelo Real Esppor. Foi eliminado ainda na Pré-Libertadores pelo Peñarol.
História
O clube entrou de vez no cenário nacional do futebol em 1984, quando se chamava Caracas Yamaha. Conquistou a Segunda Divisão e, desde 1985, se mantém na elite do Campeonato Venezuelano. O site oficial cita apenas o ano de 1984, quando aconteceu a profissionalização, mas as origens remontam a 12 de dezembro de 1967, quando um grupo de amigos que queria montar um clube para a prática do futebol nas horas de lazer.

Hino Oficial

Somos del Caracas
Vamos a triunfar
Si que lo queremos
Vamos a triunfar

Y los driblamos
Y los pasamos
Hasta lograr un lindo gol

Los rojos del Ávila
Viva el equipo de todos
Campéon…

Jogos Históricos: San Lorenzo vence a primeira Copa Sul-americana

11 de dezembro de 2012 0

Em 2002, acontecia a primeira edição da Copa Sul-americana. Por problemas com o calendário, que demorou a ser divulgado, o Brasil não enviou representantes para a competição. A Argentina, com cinco, foi o país com maior número de clubes. Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela mandaram dois cada.
Quem levou a melhor foi o San Lorenzo, que venceu a competição depois de oito jogos, com cinco vitórias, duas derrotas e um empate, marcando 20 gols e sofrendo oito.

Campanha San Lorenzo:
Oitavas de final:

Monagas (VEN) 0 x 3 San Lorenzo
San Lorenzo 5 x 1 Monagas (VEN)

Quartas de final:
San Lorenzo 3 x 1 Racing
Racing 2 (3) x (4) 0 San Lorenzo

Semifinal:
Bolívar 2 x 1 San Lorenzo
San Lorenzo 4 x 2 Bolívar

Final:
Nacional de Medellín 0 x 4 San Lorenzo

SAN LORENZO 0 x 0 NACIONAL DE MEDELLÍN
Data: 11/12/2002
Local: Estadio Pedro Bidegain, Buenos Aires (Argentina)
Árbitro: Epifanio González (PAR)
Auxiliares: Miguel Giacomuzzi e Néstor González (PAR)
Cartões Amarelos: Vanegas e Restrepo (AN)
Público: 40.779 pessoas
SAN LORENZO:
Saja; Gonzalo Rodríguez, Morel Rodríguez, Paredes e Zurita; Esquivel, Herrón, Chatruc (Cordone) e Romagnoli; Astudillo (Luna) e Acosta (Cabrera).
Técnico: Rubén Insúa.
ATLÉTICO NACIONAL:
Velásquez; Calle, Vanegas, Guzmán e Díaz; Chará, Moreno (Rambal), Toro e Grisales; Restrepo e Echeverría (Rentería).
Técnico: Alexis García.

Aniversariante do Dia: Santa Catarina Clube

11 de dezembro de 2012 0

Clube: Santa Catarina Clube
Fundação: 11/12/1998 (14 anos)
Cidade: Blumenau (SC)
Estádio: Não tem
Site: www.santacatarinaclube.com.br
Principais Títulos: Nenhum
Situação atual: Apenas na categoria de base
História
O clube foi fundado em Blumenau, em 1998, mas perambulou em outras cidades do Estado, na tentativa de se firmar. Surgiu com o ideal de se formar talentos e conseguiu. No time que disputou a Segundona Catarinense de 1999, jogava o atacante Amauri, que se naturalizou italiano e chegou a ser convocado para a seleção daquele país.
Neste primeiro ano como clube profissional, ainda em Blumenau, terminou em oitavo. No ano seguinte, mandou as partidas em São João Batista. Parou em 2001 e voltou em 2002, desta vez em Navegantes. Depois de um tempo parado, aportou em São Francisco do Sul em 2008, quando disputou a terceira divisão e terminou sem somar um ponto sequer. No ano seguinte, foi a vez de se abrigar em Joinville, no Ernestão. Depois de passar por dificuldades financeiras, encerrou o futebol profissional.

Os 92 anos do estádio da Briosa

05 de dezembro de 2012 0

Nome: Estádio Ulrico Mursa
Apelido: Marapé
Inauguração: 5/12/1920
Cidade: Santos/SP
Partida inaugural: Portuguesa Santista 6 x 0 Sírio
Capacidade: 7,6 mil pessoas
Proprietário e mandante: Portuguesa Santista
O nome: Ulrico Mursa era engenheiro da Companhia Docas de Santos e um dos maiores benfeitores do clube. O apelido Marapé é porque o estádio se localiza no bairro de mesmo nome.

Estádio Nacional do Chile faz 74 anos hoje

03 de dezembro de 2012 0

Nome: Estádio Nacional Julio Martínez Prádanos
Apelido: Nacional
Local: Santiago (Chile)
Inauguração: 3/11/1938 (74 anos)
Reinauguração: 12/9/2010
Capacidade: 50 mil lugares
Primeiro jogo: Colo Colo 6 x 3 São Cristóvão/RJ
Proprietário: Instituto Nacional de Deportes
Mandante: Universidad de Chile
Principais jogos: Final da Copa do Mundo de 1962; finais das Copas Américas de 1941, 1945, 1955 e 1991; e finais da Libertadores de 1965, 1966, 1967, 1973, 1974, 1975, 1976, 1981, 1982, 1987 e 1993.
Curiosidade: Não foi apenas futebol e shows musicais que passaram pelo estádio. A história também reservou um capítulo triste. Entre setembro e novembro de 1973, foi usado como campo de prisioneiros de pessoas contrárias ao regime do ditador Augusto Pinochet. Cerca de 40 mil pessoas teriam sido interrogados e a maioria, depois, foi enviada para um campo de prisioneiros.