Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Jogos Históricos: Sétimo título sul-americano do Uruguai

07 de fevereiro de 2014 0
Em pé: Pedro Cea (técnico), Muñiz, Obdulio Varela, Gambetta, Aníbal Paz, Bermúdez e Rodríguez; agachados: Ernesto Figoli (massagista), Castro, Severino Varela, Ciocca, Porta e Zapirain

Em pé: Pedro Cea (técnico), Muñiz, Obdulio Varela, Gambetta, Aníbal Paz, Bermúdez e Rodríguez; agachados: Ernesto Figoli (massagista), Castro, Severino Varela, Ciocca, Porta e Zapirain

Nas primeiras edições da Copa América, quando ainda se chamava Campeonato Sul-americano, uruguaios e argentinos foram os principais vencedores. E há 62 anos, no dia 7 de fevereiro de 1942, o Uruguai conquistava, em casa, o seu sétimo título na competição.
Na época a fórmula de disputa era no sistema de pontos corridos. Curiosamente, Uruguai e Argentina chegaram na rodada decisiva empatados com dez pontos e quem vencesse levaria o caneco. Melhor para os donos da casa, que fizeram 1 a 0, com gol de Zapirain aos 12min do segundo tempo.
A competição teve 81 gols em 21 jogos, média de 3,86 por partida. Os argentinos Masantonio e José Manuel Moreno foram os artilheiros, com sete gols cada. O melhor jogador foi o uruguaio Obdulio Varela.
O Brasil terminou em terceiro lugar, com sete pontos. Os principais atletas daquele time foram Pirilo, Oswaldo Brandão, Servílio, Tim e Patesko.

JOGO DECISIVO

Uruguai 1 x 0 Argentina
Data: 7/2/1942
Local: Estádio Centenário, Montevidéu (Uruguai)
Público: 70 mil pessoas
Árbitro: Marcos Gerinaldo Rojas (Paraguai)
Gol: Zapirain
Uruguai:
Paz; Romero e Muñi; Rodríguez, Obdulio Varela e Gambetta; L.E. Castro, S. Varela, (Chirimini, depois Correa), Ciocca, Porta e Zapirain.
Técnico: José Pedro Cea.
Argentina:
Gualco; Salomón e Valussi (Montañés); Esperón, Perucca e Ramos; Heredia, (Pedernera), Sandoval, Masantonio, Moreno e García (Ferreyra).
Técnico: Guillermo Stábile.

Envie seu Comentário