Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts na categoria "Futebol Catarinense"

Jogos Históricos: O primeiro título estadual de um time de Itajaí

31 de janeiro de 2014 0
Lauro Müller campeão de 1931. Foto: Almanaque do Futebol Catarinense

Lauro Müller campeão de 1931. Foto: Almanaque do Futebol Catarinense

Atualmente, o Marcílio Dias é o único representante de Itajaí no Campeonato Catarinense. Mas além do Marinheiro, várias outras equipes representaram a cidade litorânea na competição. Entre elas o Almirante Barroso, o CIP (campeão estadual em 1938) e o Lauro Müller. Este último, por sinal, foi o primeiro da cidade a erguer um troféu da principal competição do futebol catarinense.

A façanha aconteceu na edição de 1931, que terminou apenas no dia 31 de janeiro de 1932. A final seria contra o Atlético Catarinense, da Capital. Seria porque o time de Florianópolis não apareceu. A equipe ficou irritada porque a partida decisiva foi adiada em uma semana. A diretoria do Atlético, que já não estava em sintonia com a Federação Catarinense de Desportos, resolveu não aparecer e o Lauro Müller venceu por WO. O Atlético acabou punido e o Caxias, de Joinville, foi considerado o vice-campeão.

Independente de uma final sem adversário, o Lauro Müller, entrou para a história.

Time base do Lauro Müller: Eurico; Kobag e Dario; Kobag 2, Gambo e Tico; Ribeiro, Polaco, Sada, Dorotávio e Rodrigues.

Todas as finais do Campeonato Catarinese

24 de janeiro de 2014 0

O Campeonato Catarinense começa neste sábado e nada melhor (tá bom, nem tanto assim) que um pouco de história para aquecer. Vamos lembrar (ou relembrar ou conhecer) quem foram os finalistas de todos as edições da competição que começou em 1924, quando ainda era disputada apenas por times de Florianópolis.

Bom lembrar que nem sempre o jogo citado aqui foi uma final, mas sim o confronto que definiu o campeão.

Avaí, o primeiro campeão catarinense. Foto: Almanaque do Futebol Catarinense

Avaí, o primeiro campeão catarinense. Foto: Almanaque do Futebol Catarinense

1924
Avaí 3 x 1 Florianópolis

1925
Externato 6 x 0 Florianópolis

1926
Avaí 3 x 2 Internato

1927
Avaí 2 x 1 Brasil (Blumenau)

1928
Avaí 4 x 1 Brasil (Blumenau)

1929
Caxias 7 x 3 Adolfo Konder (Florianópolis)

1930
Avaí 6 x 2 Marcílio Dias

1931
Lauro Müller (Itajaí) W x O Atlético Catarinense (Floripa)

1932
Figueirense 7 x 3 Brasil (Blumenau)

1933
O Campeonato foi cancelado depois da confusão de uma punição dada ao Atlético Catarinense por causa da escalação de um jogador irregular.

1934
Atlético Catarinense 7 x 2 Cruzeiro

1935
Avaí 1 x 2 Figueirense

1936
Avaí 2 x 4 Figueirense

1937
Figueirense 2 x 1 Caxias

1938
CIP (Itajaí) 2 x 0 Atlético (São Francisco do Sul)

1939
Figueirense 5 x 3 Pery (Mafra)

1940
Avaí 0 x 1 Ypiranga (São Francisco do Sul)

1941
Figueirense 3 x 0 Caxias

1942
Avaí W x O América (Joinville)

1943
Avaí 7 x 3 América (Joinville) — na prorrogação, Avaí 7 x 0.

1944
Avaí 5 x 3 Marcílio Dias

1945
Avaí 7 x 2 Caxias — na prorrogação, Avaí 2 x 0.

1946
A competição não foi realizada neste ano porque a federação foi punida pela CBD depois de se recusar a jogar uma partida do Brasileiro de Seleções.

1947
Palmeiras (Blumenau) 3 x 4 América (Joinville)

1948
Paula Ramos 1 x 1 América (Joinville) — na prorrogação, América 4 x 3

1949
Avaí 1 x 4 Olímpico (Blumenau)

1950
Figueirense 0 x 1 Carlos Renaux

1951
Avaí 0 x 4 América (Joinville)

1952
América 2 x 2 Carlos Renaux

1953
América 2 x 3 Carlos Renaux

1954
Caxias
7 x 0 Ferroviário (Tubarão)

1955
Caxias 2 x 0 Palmeiras (Blumenau)

1956
Paysandu (Brusque) 1 x 2 Operário (Joinville)

1957
Hercílio Luz 2 x 0 Carlos Renaux

1958
Hercílio Luz 3 x 1 Carlos Renaux

1959
Paula Ramos 2 x 0 Carlos Renaux

1960
Marcílio Dias 0 x 2 Metropol

1961
Metropol 1 x 0 Marcílio Dias

1962
Metropol 0 x 0 Almirante Barroso

1963
Marcílio Dias 4 x 1 Carlos Renaux

1964
Olímpico 3 x 1 Internacional

1965
Internacional 2 x 1 Metropol

1966
Comercial (Joaçaba) 2 x 1 Perdigão (Videira)

1967
Metropol 2 x 0 Guarani (Lages)

1968
Comerciário (Criciúma) 2 x 0 Caxias

1969
Metropol 2 x 0 Palmeiras

1970
Ferroviário (Tubarão) 0 x 0 Hercílio Luz

1971
América (Joinville) 4 x 1 Avaí

1972
Figueirense 0 x 0 Avaí

1973
Avaí 2 x 1 Juventus (Rio do Sul)

1974
Figueirense 4 x 2 Internacional (Lages)

1975
Figueirense 0 x 1 Avaí

1976
Joinville 1 x 0 Juventus (Rio do Sul)

1977
Chapecoense 1 x 0 Avaí

1978
Internacional 1 x 0 Joinville

1979
Joaçaba 1 x 0 Joinville

1980
Joinville 4 x 1 Criciúma

1981
Carlos Renaux 0 x 2 Joinville

1982
Criciúma 1 x 1 Joinville

1983
Figueirense 0 x 0 Joinville

1984
Figueirense 0 x 0 Joinville

1985
Joinville 2 x 0 Avaí

1986
Criciúma 2 x 1 Próspera

1987
Criciúma 0 x 2 Joinville

1988
Avaí 2 x 1 Blumenau

1989
Criciúma 1 x 1 Joinville

1990
Criciúma 1 x 0 Joinville

1991
Criciúma 1 x 0 Chapecoense

1992
Brusque 2 x 1 Avaí – na prorrogação, Brusque 1 x 0

1993
Criciúma 2 x 0 Figueirense

1994
Figueirense 2 x 0 Criciúma

1995
Criciúma 1 x 0 Chapecoense

1996
Chapecoense 1 x 0 Joinville – na prorrogação, Chapecoense 1 x 0

1997
Avaí 2 x 0 Tubarão

1998
Criciúma 0 x 0 Tubarão

1999
Figueirense 2 x 1 Avaí – na prorrogação, 0 x 0

2000
Joinville 2 x 1 Marcílio Dias

2001
Criciúma 0 x 2 Joinville

2002
Figueirense 0 x 0 Avaí

2003
Figueirense 2 x 1 Caxias – na prorrogação, 0 a 0

2004
Figueirense 3 x 1 Guarani (Palhoça)

2005
Atlético de Ibirama 0 x 1 Criciúma

2006
Figueirense 3 x 0 Joinville

2007
Criciúma 2 x 2 Chapecoense

2008
Criciúma 3 x 1 Figueirense – na prorrogação, Figueirense 1 x 0

2009
Avaí 3 x 1 Chapecoense – na prorrogação, Avaí 3 x 0

2010
Avaí 2 x 0 Joinville

2011
Chapecoense 1 x 0 Criciúma

2012
Figueirense 1 x 2 Avaí

2013
Chapecoense 1 x 0 Criciúma

Jogos Históricos: O primeiro título estadual do Figueirense

22 de janeiro de 2014 0
Foto: Site oficial do Figueirense

Foto: Site oficial do Figueirense

Neste dia 22 de janeiro, completam-se 81 anos do primeiro título do Figueirense no Campeonato Catarinense. Naquele dia de 1933, o alvinegro entrava em campo para decidir a competição do ano anterior, contra o Brasil, de Blumenau. E como na época era normal ter divergências, discussões, confusões e otras cositas más, nessa edição não foi diferente. Tanto que o campeonato de 1932 só terminou no ano seguinte.

Vamos aos fatos. O Brasil venceu o Figueirense na prorrogação no dia 8 de janeiro de 1933. Mas a federação cassou o título dos blumenauenses dias depois. A alegação é que meia José trocou o Caxias, de Joinville, pelo Brasil por 1.500 réis. Como o campeonato era amador, a transação foi considerada ilegal.

Com isso, foi marcado um novo jogo, no dia 22 de janeiro, e com José escalado. O jogo terminou 7 a 3 para o Figueirense, em uma partida marcada pela violência de ambas as partes que fez com que o Brasil terminasse com um jogador a menos. Ferraz quebrou a perna e parou no hospital.

Ficha técnica:

FIGUEIRENSE 7 x 3 BRASIL
Data: 22/1/1933
Local: Estádio Adolfo Konder, Florianópolis (SC)
Árbitro: Lourenço Eduardo Eustáquio dos Santos
Gols: Não informados
Figueirense:
Metralha; Zequinha e Anu; Diamantino, Procópio e Peru; Pavan, Paraná, Fernando, Beck e Moritz.
Brasil:
Eurico; Marquate e Dario; Ferraz, José e Schurmann; Mano, Tico, Artilheiro, André Sada e Leal.

Fonte: Almanaque do Futebol Catarinense

Exposição sobre o futebol catarinense em Florianópolis

18 de setembro de 2013 0
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Vez ou outra a gente recebe uma informação de algum evento interessante. E como este blog fala sobre história de futebol, nada melhor que ressaltar eventos que falem sobre isso. Quem passar por Florianópolis nos próximos dias, terá a oportunidade de conhecer a exposição Centenário do Futebol Catarinense e Um Jogo Inesquecível, no Shopping Iguatemi.

Diversas imagens estarão expostas no local, especialmente do dia em que Pelé esteve na Capital. Em agosto de 1972, o Rei esteve com o Santos no Estádio Adolfo Konder, quando enfrentou o Avaí e venceu por 2 a 1. Detalhes desse jogo também estarão no livro Um Jogo Inesquecível, que será lançado pelo jornalista Polidoro Jr. O evento segue até dia 30.

Cinco estádios inaugurados em 13 de setembro

13 de setembro de 2013 0

Stadio Artemio Franchi

Nome: Stadio Artemio Franchi
Apelido: Comunale
Inauguração: 13/9/1931 (82 anos)
Cidade: Florença (Itália)
Capacidade: 47.282 lugares
Primeiro jogo: Fiorentina 1 x 0 Admira Vienna
Primeiro gol: Petrone
Proprietário: Prefeitura de Florença
Mandante: Fiorentina

Stade Geoffroy-Guichard

Nome: Stade Geoffroy-Guichard
Apelido: Le chaudron (caldeirão)
Inauguração: 13/9/1931 (82 anos)
Cidade: Saint-Étienne (França)
Capacidade: 26.747 lugares
Primeiro jogo: Saint-Étienne x Cannes (resultado se perdeu, mas o time da casa foi goleado)
Proprietário: Prefeitura de Saint-Étienne
Mandante: Saint-Étienne
Jogos da Copa do Mundo de 1998: Iugoslávia 1 x 0 Irã; Chile 1 x 1 Áustria; Espanha 0 x 0 Paraguai; Escócia 0 x 3 Marrocos e Holanda 2 x 2 México (1ª fase); Argentina 2 (4) x (3) 2 Inglaterra (oitavas de final)

Estádio Orlando Scarpelli

Nome: Estádio Orlando Scarpelli
Inauguração: 13/9/1960 (53 anos)
Cidade: Florianópolis (SC)
Capacidade: 19 mil lugares
Primeiro jogo: Figueirense 3 x 2 Atlético/SC
Proprietário e mandante: Figueirense

Estádio Flamarion Vasconcelos

Nome: Estádio Flamarion Vasconcelos
Apelido: Canarinho
Inauguração: 13/9/1975 (38 anos)
Cidade: Boa Vista (RR)
Capacidade: 6 mil lugares
Primeiro jogo: Baré 2 x 0 Atlético/RR
Primeiro gol: Reis
Proprietário: Governo de Roraima
Mandante: Baré

Daejeon Stadium

Nome: Daejeon Stadium
Apelido: Purple Arena (Arena Roxa)
Inauguração: 13/9/2001 (12 anos)
Cidade: Daejeon (Coreia do Sul)
Capacidade: 40.535 lugares
Proprietário: Prefeitura de Daejeon
Mandante: Daejeon Citizen
Jogos da Copa do Mundo de 2002: África do Sul 2 x 3 Espanha e Polônia 3 x 1 EUA (1ª fase); Coreia do Sul 2 x 1 Itália (oitavas de final)

Jogos Históricos: CIP campeão catarinense de 1938

16 de abril de 2013 0

No dia 16 de abril de 1939, um time de Itajaí conquistava pela segunda vez o título do Campeonato Catarinense de Futebol (a edição era a do ano anterior). O primeiro foi o Lauro Müller, em 1931. O segundo foi o CIP, sigla para Companhia Itajaiense de Phosphoros (sim, nos tempos do “ph” ainda).
Depois de eliminar o Avaí na semifinal, o CIP enfrentou o Atlético, de São Francisco do Sul, que bateu o Caxias, de Joinville. A vitória por 2 a 0 fez com que os itajaienses levassem o troféu. Segundo um jornal da época, os atletas foram elogiados “pela exuberância e energia com que souberam batalhar ante a agressividade brutal dos adversários”. Foi a primeira e última participação do CIP no Estadual. O time encerrou as atividades em 1944.

CIP 2 x 0 ATLÉTICO (SFS)
Data:
16/4/1939
Local: Estádio Adolfo Konder, Florianópolis (SC)
Árbitro: Carlos de Campos Ramos (Leleco)
Gols: Coceira e Nanga
CIP:
Geninho; Lico e Humaitá; Fateco, Alberto e Tota; Vitório, Coceira, Pavan, Nanga e Armando.
Atlético:
Ernani; Rubens e Yeyê; Célio, Raul e Lemcame; Nemésio, Vadinho, Nhonhô, Tião e Escanda.

Fonte (foto e informações): Almanaque do Futebol Catarinense, de Emerson Gasperin e Zé Dassilva

Jogos Históricos: O primeiro título estadual do América, de Joinville

07 de março de 2013 0

Time bicampeão catarinense 1947-48 (foto: www.americajoinville.com.br)

O Campeonato Catarinense de 1947 foi disputado por quatro equipes que venceram as respectivas fases regionais. O América de Joinville despachou, na semifinal, o Operário de Mafra, e o Palmeiras, de Blumenau, passou pelo Paula Ramos, de Florianópolis.
Todos os jogos foram realizados em 1948 e quem levou a melhor na decisão foi o time de Joinville. No primeiro confronto da final, dia 29 de fevereiro, venceu em casa por 3 a 1 e, na volta, no dia 7 de março, nova derrota, desta vez por 4 a 3.
O mais curioso desta segunda partida é que, na saída do intervalo, quando perdiam por 2 a 0, os dirigentes do Palmeiras cercaram o árbitro Benedito Campos para tirar satisfações. O impasse foi resolvido com a troca do juiz. Antônio Salum comandou a etapa final, mas não foi o suficiente para os blumenauenses conquistarem o título.

PALMEIRAS 3 x 4 AMÉRICA
Data:
7/3/1948
Local: Estádio da Baixada, Blumenau (SC)
Árbitros: Benedito Campos (1º tempo) / Antônio Salum (2º tempo)
Gols: Nicácio (2) e Téio (contra) (P); Zequinha (2), Vico e Zabot (A)
Palmeiras:
Oscar; Juca e Schramm; Adalberto, Moacir e Pachequinho; Renê, Meirelles, Nicácio, Augusto e Sadinha.
Técnico: Não informado.
América:
Gonzaga; Faraco e Currage; Vico, Piazera e Téio; Cocada, Zabot, Zequinha, Bade e Renê.
Técnico: Alfredo Hetzel.

Aniversariante do Dia: CA Fraiburgo

05 de fevereiro de 2013 0

Clube: Clube Atlético Fraiburgo
Fundação: 5/2/1998 (15 anos)
Cidade: Fraiburgo (SC)
Estádio: Macieirão (5 mil lugares)
Site: Não tem
Principais Títulos: 1 Campeonato Catarinense da Segunda Divisão (1998)
Situação atual: Licenciado desde 2004
História
A história remete ao Fraiburgo Atlético Clube, mas este foi remodelado e adotou a alcunha atual no dia 5 de fevereiro de 1998. Foi neste ano que ele conquistou o único título da história – a segunda divisão do Campeonato Catarinense. No ano seguinte, fez uma boa campanha no Estadual, terminando em quinto lugar. Esteve na elite ainda em 2000 e 2001. Neste ano, disputou uma espécie de seletiva e, como não passou, acabou voltando para a Segunda Divisão. Licenciou-se em 2003, mas voltou no ano seguinte, terminando em terceiro lugar na Série B1. Desde então, não participa mais de competições profissionais.

Quatro estádios inaugurados em 24 de janeiro

24 de janeiro de 2013 1

Nome: Stadio Renzo Barbera
Apelido: La Favorita
Cidade: Palermo (Itália)
Capacidade: 36 mil lugares
Inauguração: 24/1/1932 (81 anos)
Primeiro jogo: Palermo 5 x 1 Atalanta
Proprietário: Prefeitura de Palermo
Mandante: Palermo

Nome: Estádio Godofredo Cruz
Cidade: Campos (RJ)
Capacidade: 22,8 mil lugares
Inauguração: 24/1/1954 (59 anos)
Primeiro jogo: Goytacaz 1 x 4 Bangu
Primeiro gol: Lucas (Bangu)
Proprietário: Prefeitura de Campos
Mandante: Americano

Nome: Arena Condá
Cidade: Chapecó (SC)
Capacidade: 25 mil pessoas (quando concluído)
Inauguração: 24/1/1976 (37 anos)
Proprietário: Prefeitura de Chapecó
Mandante: Chapecoense

Nome: Estádio Municipal Doutor Tancredo Neves
Apelidos: Estádios do Pinhão e Xingu
Cidade: São José dos Pinhais (PR)
Capacidade: 5,2 mil lugares
Inauguração: 24/1/1985 (28 anos)
Proprietário: Prefeitura de São José dos Pinhais
Mandante: São José/PR

Aniversariante do Dia: Santa Catarina Clube

11 de dezembro de 2012 0

Clube: Santa Catarina Clube
Fundação: 11/12/1998 (14 anos)
Cidade: Blumenau (SC)
Estádio: Não tem
Site: www.santacatarinaclube.com.br
Principais Títulos: Nenhum
Situação atual: Apenas na categoria de base
História
O clube foi fundado em Blumenau, em 1998, mas perambulou em outras cidades do Estado, na tentativa de se firmar. Surgiu com o ideal de se formar talentos e conseguiu. No time que disputou a Segundona Catarinense de 1999, jogava o atacante Amauri, que se naturalizou italiano e chegou a ser convocado para a seleção daquele país.
Neste primeiro ano como clube profissional, ainda em Blumenau, terminou em oitavo. No ano seguinte, mandou as partidas em São João Batista. Parou em 2001 e voltou em 2002, desta vez em Navegantes. Depois de um tempo parado, aportou em São Francisco do Sul em 2008, quando disputou a terceira divisão e terminou sem somar um ponto sequer. No ano seguinte, foi a vez de se abrigar em Joinville, no Ernestão. Depois de passar por dificuldades financeiras, encerrou o futebol profissional.