Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "alemanha"

Efemérides do Dia: 18 de Agosto

18 de agosto de 2014 0

Há 90 anos (1924)

Fundado, em Erechim (RS), o Ypiranga Futebol Clube

Fundado, em Erechim (RS), o Ypiranga Futebol Clube

Há 85 anos (1929)

- 18ª rodada do Campeonato Carioca: Flamengo 1 x 5 Botafogo, Brasil 0 x 3 Vasco e Fluminense 0 x 1 São Cristóvão

Há 65 anos (1945)

Fundado, em Istambul (Turquia), o Kartalspor KD

Fundado, em Istambul (Turquia), o Kartalspor KD

Há 60 anos (1954)

Inaugurado, em Toluca (México), o Estadio Nemesio Díez, também chamado de La Bombonera

Inaugurado, em Toluca (México), o Estadio Nemesio Díez, também chamado de La Bombonera

Há 55 anos (1959)

- Pela quinta rodada do Campeonato Carioca, Fluminense vence a Portuguesa por 2 a 1

Há 45 anos (1969)

Nasce, em Rebouças (PR), o ex-zagueiro do Corinthians e Paraná, Gralak

Nasce, em Rebouças (PR), o ex-zagueiro do Corinthians e Paraná, Gralak

Há 40 anos (1974)

- Campeonato Carioca: Vasco 2 x 0 Portuguesa e Flamengo 2 x 1 América/RJ

- Pelo turno do Campeonato Paulista, Corinthians vence o Palmeiras por 3 a 1

- 3ª rodada do Decagonal final do Campeonato Gaúcho: Grêmio 2 x 0 Gaúcho e Ypiranga 0 x 2 Internacional

Há 35 anos (1979)

- Pela 15ª rodada do Campeonato Paulista, Juventus e Santos empatam em 2 a 2

Há 30 anos (1984)

Nasce, em Biesdorf, Robert Huth, zagueiro da seleção alemã na Copa de 2006

Nasce, em Biesdorf, Robert Huth, zagueiro da seleção alemã na Copa de 2006

Nasce, em Belgrado, Dušan Basta, zagueiro de Sérvia e Montenegro na Copa de 2006

Nasce, em Belgrado, Dušan Basta, zagueiro de Sérvia e Montenegro na Copa de 2006

- Santos vence o Marília por 1 a 0 pelo Campeonato Paulista

Há 20 anos (1994)

- Com gol de Juninho Paulista, São Paulo vence o Atlético/MG pela segunda rodada do Grupo B do Brasileirão
- Campeonato Catarinense: Araranguá 1 x 3 Marcílio Dias e Atlético de Ibirama 0 x 2 Blumenau

Há 15 anos (1999)

- Em Maceió, o CRB bate o Joinville por 2 a 1 pela Série B

Há 10 anos (2004)

- Em amistoso beneficente, Brasil goleia o Haiti por 6 a 0, gols de Ronaldinho Gaúcho (3), Roger (2) e Nilmar

- Pelo primeiro jogo da fase preliminar da Copa Sul-Americana, San Lorenzo vence o Quilmes fora de casa por 2 a 0
- 3ª rodada do returno da Série B do Catarinense: Caxias 0 x 1 Lages e Atlético de Ibirama 4 x 2 Marcílio Dias

 

Há 5 anos (2009)

- Jogos de ida do play-off da Liga dos Campeões: Sheriff 0 x 2 Olympiacos, Copenhague  1 x 0 APOEL, Celtic 0 x 2 Arsenal, Timisoara 0 x 2 Stuttgart e Sporting 2 x 2 Fiorentina
- Universidad do Chile faz 1 a 0 no Deportivo Cali e se classifica pra segunda fase da Copa Sul-Americana; pelo jogo de ida, Tigre vence o San Lorenzo por 2 a 1

 

Efemérides do Futebol: 16 de Agosto

16 de agosto de 2014 2

Há 100 anos (1914)

- Campeonato Carioca: Botafogo 3 x 0 São Cristóvão e Paysandu 1 x 4 Fluminense

Há 85 anos (1929)

Nasce, em Essen, o atacante Helmut Rahn, campeão do mundo com a Alemanha em 1954

Nasce, em Essen, o atacante Helmut Rahn, campeão do mundo com a Alemanha em 1954

Há 55 anos (1959)

- 5ª rodada do Campeonato Carioca: São Cristóvão 1 x 2 Flamengo, Bonsucesso 1 x 6 Vasco e Botafogo 3 x 1 América/RJ
- Rodada do Campeonato Paulista: Taubaté 1 x 1 Santos, América/SP 0 x 2 São Paulo e Palmeiras 1 x 1 Corinthians

Há 50 anos (1964)

- Metropol, de Criciúma, vence o Grêmio Maringá por 2 a 1, fora de casa, pela primeira fase da Taça Brasil
- Flamengo e América/RJ empatam em 1 a 1 e Vasco vence o Bonsucesso por 3 a 0 pelo Campeonato Carioca
- Rodada do Paulista: Santos 1 x 0 15 de Piracicaba e América/SP 1 x 2 Palmeiras

Há 40 anos (1974)

Nasce, em Esmeraldas (Equador), o zagueiro Ivan Hurtado. Ele esteve nas Copas de 2002 e 2006

Nasce, em Esmeraldas (Equador), o zagueiro Ivan Hurtado. Ele esteve nas Copas de 2002 e 2006

Nasce, em Mons, Frédéric Herpoel, goleiro reserva da Bélgica na Copa de 2002

Nasce, em Mons, Frédéric Herpoel, goleiro reserva da Bélgica na Copa de 2002

Há 35 anos (1979)

- Com gols de Tita e Zico, Brasil vence a Bolívia na estreia da Copa América

 

Há 25 anos (1989)

Nasce, em Velika Kladusa, Anel Hadžić, um dos meias da Bósnia na Copa de 2014

Nasce, em Velika Kladusa, Anel Hadžić, um dos meias da Bósnia na Copa de 2014

Nasce, em Le Blanc-Mesnil, Moussa Sissoko, um dos meias da França na Copa de 2014

Nasce, em Le Blanc-Mesnil, Moussa Sissoko, um dos meias da França na Copa de 2014

- Jogos de ida da semifinal da Copa do Brasil: Goiás 2 x 1 Sport e Flamengo 2 x 2 Grêmio

Há 5 anos (2009)

- Pela última rodada do turno do Brasileirão, Grêmio goleia o Flamengo por 4 a 1, gols de Jonas (2), Réver e Perea, com Éverton descontando pros cariocas

- Na abertura da segunda fase da Série D, Chapecoense vence o Corinthians/PR fora de casa por 3 a 0

- Abertura do returno da segundona catarinense: Próspera 1 x 2 Videira, Juventus 2 x 2 Porto, NEC 0 x 3 Concórdia, Hercílio Luz 2 x 1 Joaçaba e Camboriú 1 x 0 Imbituba

Os jogadores que saíram do banco de reservas e decidiram partidas em Copas do Mundo

15 de julho de 2014 0
O histórico gol de Götze. Foto: François Xavier Marit/AFP

O histórico gol de Götze. Foto: François Xavier Marit/AFP

O alemão Götze foi o primeiro jogador a sair do banco de reservas para marcar o gol do título em um final da Copa do Mundo. Mas em outras fases, quantos foram os atletas que deixaram o banco de reservas para marcar um gol decisivo para sua seleção em Copas do Mundo? Resposta: vários. Resolvi juntar alguns para este post, e seguem os critérios para esta escolha:

1 – O gol marcado por este atleta precisa ser o da vitória (ou o da classificação) e com a bola rolando (nada de pênaltis)

2 – No momento da substituição, o time teria que estar em desvantagem ou pelo menos com o jogo empatado.

Obs.: Vale lembrar que as substituições só foram permitidas a partir da Copa de 1970, no México.

Vamos a eles.

10/6/70 – Grupo B
Suécia 1 x 0 Uruguai
Ove Grahn saiu do banco aos 38 minutos do segundo para marcar o gol da vitória sete minutos depois. Mesmo assim, o gol não adiantou, já que a Suécia precisava de pelo menos mais um para se garantir na segunda fase.

14/6/1970 – Quartas de final
Uruguai 1 x 0 URSS
O jogo foi para a prorrogação e o gol da vitória saiu aos três minutos do segundo tempo, com Espárrago, que entrou em campo no início do tempo extra.

2/6/1978 – Grupo A
Itália 2 x 1 França
O gol de desempate da Itália saiu aos sete minutos do segundo tempo, com Zacarelli, que entrou no intervalo. A partida marcou a estreia das duas equipes na competição.

2/6/1978 – Grupo A
Argentina 2 x 1 Hungria
No mesmo dia do jogo anterior, uma situação parecida. Bertoni saiu do banco para garantir a vitória argentina sobre a Hungria.

20/6/1982 – Grupo E
Espanha 2 x 1 Iugoslávia
O jogo estava difícil para a Espanha, que saiu perdendo e conseguiu o empate ainda no primeiro tempo. Aos 18 minutos, o técnico José Santamaría fez as duas substituições e deu certo. Três minutos depois, Saura fez o gol da virada.

9/6/1990 – Grupo A
Itália 1 x 0 Áustria
Na estreia do time da casa na Copa de 1990, Toto Schillachi saiu do banco de reservas para fazer o gol da vitória. Deixou a competição como artilheiro.

14/6/1990 – Grupo B
Camarões 2 x 1 Romênia
O veterano Roger Milla entrou em campo aos 13 minutos do segundo tempo, quando o placar estava 0 a 0. Fez os dois gols de Camarões e ainda viu Balint, que também entrou com o placar zerado, descontar no finalzinho.

20/6/1990 – Grupo C
Brasil 1 x 0 Escócia
Müller saiu do banco aos 20 minutos do segundo tempo para marcar o gol que deu o primeiro lugar do grupo para o Brasil.

21/6/1990 – Grupo E
Coreia do Sul 0 x 1 Uruguai
O Uruguai precisava vencer por uma boa diferença de gols e torcer por uma derrota da Espanha contra a Bélgica (o que acabou não acontecendo). O gol da vitória saiu aos 45 do segundo tempo com Daniel Fonseca, que entrou aos 17 da etapa final.

23/6/1990 – Oitavas de final
Camarões 2 x 1 Colômbia
Mais uma vez Roger Milla saiu do banco para resolver a partida. Só que demorou um pouco mais. Ele entrou no segundo tempo e a rede só balançou na prorrogação. Ele abriu 2 a 0 no primeiro tempo, com Redin, outro que entrou com placar zerado, descontando na sequência.

26/6/1990 – Oitavas de final
Inglaterra 1 x 0 Bélgica
David Platt entrou aos 26 do segundo tempo, mas só na prorrogação conseguiu marcar o gol da classificação inglesa.

19/6/1994 – Grupo E
Noruega 1 x 0 México
Sete minutos separaram a entrada em campo de Redkal do gol da vitória marcado por ele na estreia diante do México.

29/6/1994 – Grupo F
Holanda 2 x 1 Marrocos
A Holanda precisava vencer para se classificar e empatava o jogo quando o técnico Dick Advocaat fez duas substituições. Uma delas deu certo, quando Bryan Roy marcou o gol da vitória aos 33 minutos da etapa final.

22/6/1998 – Grupo G
Colômbia 1 x 0 Tunísia
O gol da vitória saiu a sete minutos do fim do jogo com Preciado, que entrou em campo aos 12 minutos do segundo tempo.

22/6/2002 – Quartas de final
Turquia 1 x 0 Senegal
A vitória saiu no famigerado gol de ouro, marcado por Mansiz ao quatro minutos do primeiro tempo da prorrogação. O jogador havia entrado em campo aos 22 da etapa final do tempo normal.

14/6/2006 – Grupo A
Alemanha 1 x 0 Polônia
Pela segunda rodada, a Alemanha venceu com gol nos acréscimos, marcado por Neuville, que entrou aos 25 do segundo tempo.

21/6/2006 – Grupo C
Costa do Marfim 3 x 2 Sérvia e Montenegro
O time africano empatava em 2 a 2, depois de sair perdendo por 2 a 0, quando Kalou entrou aos 28 minutos. Aos 41, de pênalti, ele fez o gol da vitória.

26/6/2006 (oitavas de final)
Itália 1 x 0 Austrália
Em um jogo disputado, Totti saiu do banco aos 30 minutos do segundo tempo para fazer o gol da vitória, de pênalti, aos 50 minutos do segundo tempo.

21/6/2010 – Grupo H
Chile 1 x 0 Suíça
O único gol do jogo foi marcado por Mark González, que entrou no intervalo e anotou aos 30 minutos do segundo tempo.

15/6/2014 – Grupo E
Suíça 2 x 1 Equador
O jogo estava 1 a 1 quando Seferovic entrou em campo, aos 30 minutos. Nos acréscimos, ele deu a vitória aos suíços.

17/6/2014 – Grupo H
Bélgica 2 x 1 Argélia
Os belgas perdiam de 1 a 0 e Fellaini e Mertens saíram do banco para virar a partida.

29/6/2014 – Oitavas de final
Holanda 2 x 1 México
A Holanda perdia de 1 a 0 quando Huntelaar entrou em campo aos 31 minutos do segundo tempo. Ele viu Sneijder empatar aos 43 e, de pênalti, virou o jogo nos acréscimos.

1/7/2014 – Oitavas de final
Bélgica 2 x 1 EUA
Quando Lukaku entrou em campo, no fim do tempo regulamentar, a partida estava 0 a 0. Ele viu o companheiro De Bruyne abrir o placar, depois Green empatar e a dez minutos do término da prorrogação garantiu a classificação dos belgas.

Histórico de Confrontos: Alemanha x Argentina

13 de julho de 2014 0
Alemanha e Argentina em 2010. Foto: François-Xavier Marit/AFP

Alemanha e Argentina em 2010. Foto: François-Xavier Marit/AFP

A Argentina tem vantagem na história do confronto. Venceu nove dos 20 confrontos, contra seis dos alemães e cinco empates. Cada equipe marcou 28 gols.
Em Copas do Mundo, as duas seleções já estão acostumadas a se enfrentar. Será o oitavo jogo e aí sim os alemães têm vantagem: três vitórias, uma derrota e três empates (em um deles levou a melhor nos pênaltis). E será a oportunidade do tira-teima em finais, já que em 1986 a Argentina ficou com o título e a Alemanha levou quatro anos depois.

Veja os vídeos das duas finais.

1986

1990

Dia de relembrar as disputas de terceiro lugar de todas as Copas

11 de julho de 2014 1

O técnico holandês Louis Van Gaal defende que a disputa do terceiro lugar é algo desnecessário. Tanto que a Eurocopa aboliu essa partida. Mas é certo que ela vai acontecer e como a gente sempre fica relembrando a final, vamos dar um refrescada na memória e ver como foram esses jogos nas outras edições. Apenas em 1930 e 1950 que a disputa não aconteceu.

1934 – Itália

Alemanha 3 x 2 Áustria
O alemão Lehner abriu o placar com 25 segundos de jogo, recorde que durou até a Copa de 1966.

1938 – França

Brasil 4 x 2 Suécia
A Suécia abriu 2 a 0 em 38 minutos, mas comandados por Leônidas da Silva, os brasileiros viraram o jogo.

1954 – Suíça

Áustria 3 x 1 Uruguai
O primeiro tempo foi equilibrado e terminou 1 a 1, mas os austríacos dominaram a etapa final e confirmaram a vitória.

1958 – Suécia

França 6 x 3 Alemanha
A mais épica das decisões de terceiro lugar, que serviu para colocar Fontaine como o jogador que mais gols marcou em uma edição: 13 no total, sendo quatro só nesta partida.

1962 – Chile

Chile 1 x 0 Iugoslávia
O melhor resultado do Chile na história das Copas. A empolgação no país para essa partida foi tão grande que o público foi maior do que a final entre Brasil e Tchecoslováquia.

1966 – Inglaterra

Portugal 2 x 1 União Soviética
O resultado coroou uma das melhores equipes portuguesas da história.

1970 – México

Alemanha 1 x 0 Uruguai
Um jogo morno, com dois times desanimados e sem grandes ambições.

1974 – Alemanha

Brasil 0 x 1 Polônia
Desmotivados, os brasileiros foram facilmente envolvidos pela Polônia, que tinha como destaque o atacante Lato.

1978 – Argentina

Itália 1 x 2 Brasil
A imprensa italiana tratou a partida como uma revanche da final de 1970. E a Azurra até saiu na frente, mas o Brasil virou com gols de Nelinho e Dirceu.

1982 – Espanha

Polônia 3 x 2 França
Os franceses resolveram poupar a maioria dos titulares e a Polônia ainda contou com a colaboração do goleiro adversário, que falhou em dois dos três gols.

1986 – México

França 4 x 2 Bélgica
Mesmo sem os principais titulares, a França venceu, mas só na prorrogação. O jogo terminou 2 a 2 no tempo normal e, como já vinham de duas prorrogações, os belgas sentiram o cansaço.

1990 – Itália

Itália 2 x 1 Inglaterra
O técnico italiano pediu que o time vencesse para deixar uma boa impressão para a torcida. Mas o gol só saiu aos 41 minutos do segundo tempo e ainda deu a Schillaci a artilharia da competição.

1994 – Estados Unidos

Suécia 4 x 0 Bulgária
Os quatro gols saíram no primeiro tempo. Depois do intervalo a Suécia só cozinhou o jogo.

1998 – França

Croácia 2 x 1 Holanda
Os gols também saíram apenas no primeiro tempo, com a Croácia encarando a partida como uma final.

2002 – Japão e Coreia do Sul

Turquia 3 x 2 Coreia do Sul
Com 11 segundos, o turco Sükür fez o gol mais rápido da história das Copas. O jogo seguiu movimentado até o fim, com as duas seleções levando tudo muito a sério.

2006 – Alemanha

Alemanha 3 x 1 Portugal
Portugal dominou o primeiro tempo, mas não marcou. Depois do intervalo, os donos da casa foram para cima e abriram 3 a 0, com os portugueses descontando no fim.

2010 – África do Sul

Alemanha 3 x 2 Uruguai
Partida com duas viradas. A Alemanha abriu o placar e o Uruguai virou no início do segundo tempo, mas o time de Joachim Löw teve forças para buscar a vitória.

Histórico de Confrontos: Brasil x Alemanha

08 de julho de 2014 0
Klose e Rivaldo disputam a bola na final de 2002. Foto: Antonio Scorza/AFP

Klose e Rivaldo disputam a bola na final de 2002. Foto: Antonio Scorza/AFP

São 21 jogos entre Brasil e Alemanha na história, com 12 vitórias brasileiras, quatro alemãs e cinco empates. O Brasil marcou 39 gols, contra 24 da Alemanha. O ex-jogador do Flamengo Júnior e Ronaldinho Gaúcho são os artilheiros do confronto, com três gols cada.
Em apenas um destes 21 jogos o Brasil não balançou a rede adversária. Foi em um amistoso disputado em 1986, que terminou 2 a 0 para os alemães.
Curiosamente, Brasil e Alemanha são as duas seleções que mais disputaram jogos em Copas do Mundo. Mas só se encontraram apenas uma vez, na final em 2002, quando o Brasil fez 2 a 0. Três anos depois, os dois times se enfrentaram na semifinal da Copa das Confederações, na Alemanha, vencida pelos brasileiros por 3 a 2.
O Brasil também tem quatro jogos contra a antiga Alemanha Oriental. Venceu três e empatou uma: 1 a 0 na Copa de 1974, 3 a 1 em 1982, 3 a 0 em 1986 e 3 a 3 em 1990, esses últimos em amistosos.

Veja abaixo a lista de jogos

Brasil 2 x 1 Alemanha
Amistoso
Data: 5/5/1963
Local: Volksparkstadion, Hamburgo (Alemanha)
Gols: Coutinho e Pelé (B); Werner (A)
Time do Brasil:
Gilmar; Lima, Eduardo, Roberto Dias e Rildo; Mengálvio e Zito; Dorval, Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Aymoré Moreira.

Brasil 2 x 0 Alemanha
Amistoso
Data: 6/6/1965
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Gols: Pelé e Flávio
Time do Brasil:
Manga; Djalma Santos, Bellini, Orlando Peçanha e Rildo; Dudu e Ademir da Guia; Garrincha (Jairzinho), Flávio (Célio), Pelé e Rinaldo. Técnico: Vicente Feola.

Brasil 1 x 2 Alemanha
Amistoso
Data: 16/6/1968
Local: Neckarstadion, Stuttgart (Alemanha)
Gols: Tostão (B); Held e Dörfel (A)
Time do Brasil:
Cláudio; Carlos Alberto Torres, Jurandir, Joel Camargo e Sadi (Rildo); Denilson e Gerson; Paulo Borges, Jairzinho (César Maluco), Tostão e Edu. Técnico: Aymoré Moreira.

Brasil 2 x 2 Alemanha
Amistoso
Data: 14/12/1968
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Gols: Edu (2) (B); Held e Gerwien (A)
Time do Brasil:
Picasso; Carlos Alberto Torres, Jurandir, Roberto Dias e Everaldo; Gerson (Zé Carlos) e Rivellino; Edu, Tostão (Dirceu Lopes), Pelé e Paulo César Caju (Naldo). Técnico: Aymoré Moreira.

Brasil 1 x 0 Alemanha
Amistoso
Data: 16/6/1973
Local: Estádio Olímpico, Berlim (Alemanha)
Gol: Dirceu
Time do Brasil:
Leão; Zé Maria, Luís Pereira, Piazza e Marco Antônio; Clodoaldo, Valdomiro e Rivellino; Jairzinho, Dirceu e Paulo César Caju. Técnico: Zagallo.

Brasil 1 x 1 Alemanha
Amistoso
Data: 12/6/1977
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Gols: Rivellino (B); Fischer (A)
Time do Brasil:
Leão; Zé Maria, Luís Pereira, Amaral e Rodrigues Neto; Toninho Cerezo, Zico e Rivellino; Gil (Marcelo), Roberto Dinamite e Paulo César Caju. Técnico: Cláudio Coutinho.


Brasil 1 x 0 Alemanha
Amistoso
Data: 5/4/1978
Local: Volksparkstadion, Hamburgo (Alemanha)
Gol: Nunes
Time do Brasil:
Leão; Zé Maria, Oscar, Amaral e Edinho; Toninho Cerezo, Rivellino (Batista) e Gil; Zico, Reinaldo (Nunes) e Dirceu. Técnico: Cláudio Coutinho.

Brasil 4 x 1 Alemanha
Mundialito
Data: 7/1/1981
Local: Estádio Centenário, Montevidéu (Uruguai)
Gols: Júnior, Toninho Cerezo, Serginho e Zé Sérgio (B); Allofs (A)
Time do Brasil:
João Leite; Edevaldo (Getúlio), Oscar, Luizinho e Júnior; Batista, Toninho Cerezo e Tita (Serginho); Paulo Isidoro, Sócrates e Zé Sérgio. Técnico: Telê Santana.

Brasil 2 x 1 Alemanha
Amistoso
Data: 19/5/1981
Local: Neckarstadion, Stuttgart (Alemanha)
Gols: Toninho Cerezo e Júnior (B); Fischer (A)
Time do Brasil:
Valdir Peres; Edevaldo, Oscar, Luizinho e Júnior; Toninho Cerezo, Sócrates e Zico (Vitor); Paulo Isidoro, César (Renato) e Éder. Técnico: Telê Santana.

Brasil 1 x 0 Alemanha
Amistoso
Data: 21/3/1982
Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Gol: Júnior
Time do Brasil:
Valdir Peres; Leandro, Oscar, Luizinho e Júnior; Vitor, Adílio e Zico; Paulo Isidoro, Careca e Mário Sérgio (Éder). Técnico: Telê Santana.

Brasil 0 x 2 Alemanha
Amistoso
Data: 12/3/1986
Local: Waldstadion, Frankfurt (Alemanha)
Gols: Briegel e Allofs
Time do Brasil:
Carlos; Edson Boaro, Oscar, Mozer e Dida; Falcão e Sócrates; Casagrande, Müller (Marinho), Careca e Sidney (Éder). Técnico: Telê Santana.

Brasil 1 x 1 Alemanha
Amistoso
Data: 12/12/1987
Local: Mané Garrincha, Brasília (DF)
Gols: Batista (B); Reuter (A)
Time do Brasil:
Gilmar; Zé Teodoro, Batista, Luizinho e Nelsinho (Eduardo); Douglas, Raí (Washington), Pita (Uidemar) e Valdo; Müller (Sérgio Araújo) e Renato. Técnico: Carlos Alberto Silva.

Brasil 3 x 1 Alemanha
Amistoso
Data: 16/12/1992
Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Gols: Luís Henrique, Bebeto e Jorginho (B); Sammer (A)
Time do Brasil:
Taffarel; Jorginho, Paulão, Célio Silva e Branco; Mauro Silva, Luís Henrique (Júnior), Silas (Luizinho) e Zinho; Bebeto (Renato Gaúcho) e Careca (Romário). Técnico: Carlos Alberto Parreira.

Brasil 3 x 3 Alemanha
US Cup
Data: 10/6/1993
Local: Estádio RFK, Washington (EUA)
Gols: Luizinho, Careca e Helmer (contra) (B); Klinsmann (2) e Möller (A)
Time do Brasil:
Taffarel; Jorginho, Júlio César, Márcio Santos e Branco (Nonato); Dunga, Luizinho, Raí e Elivelton (Cafu); Valdeir (Almir) e Careca. Técnico: Carlos Alberto Pareira.

Brasil 1 x 2 Alemanha
Amistoso
Data: 17/11/1993
Local: Muengersdorfer, Colônia (Alemanha)
Gols: Evair (B); Buchwald e Möller (A)
Time do Brasil:
Ronaldo; Jorginho, Márcio Santos (Mozer), Ricardo Gomes e Branco; Dunga, Paulo Sérgio, Raí (Edilson) e Zinho; Edmundo e Evair (Valber). Técnico: Carlos Alberto Parreira.

Brasil 2 x 1 Alemanha
Amistoso
Data: 25/3/1998
Local: Gottlied-Daimler, Stuttgart (Alemanha)
Gols: César Sampaio e Ronaldo (B); Kirsten (A)
Time do Brasil:
Taffarel; Cafu, Júnior Baiano, Aldair e Roberto Carlos; Dunga, César Sampaio, Rivaldo e Denilson (Doriva); Ronaldo e Romário (Bebeto). Técnico: Zagallo.

Brasil 4 x 0 Alemanha
Copa das Confederações (1ª rodada Grupo A)
Data: 24/7/1999
Local: Estádio Jalisco, Guadalajara (México)
Gols: Alex (2), Zé Roberto e Ronaldinho Gaúcho
Time do Brasil:
Dida; Evanilson, Odvan, João Carlos e Serginho; Flávio Conceição (Alex), Émerson, Vampeta e Zé Roberto (Beto); Ronaldinho Gaúcho e Christian (Warley). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Brasil 2 x 0 Alemanha
Copa do Mundo (Final)
Data: 30/6/2002
Local: Estádio Yokohama, Yokohama (Japão)
Gols: Ronaldo (2)
Time do Brasil:
Marcos; Lúcio, Edmilson e Roque Júnior; Cafu, Gilberto Silva, Kléberson, Ronaldinho Gaúcho (Juninho Paulista) e Roberto Carlos; Ronaldo (Denilson) e Rivaldo. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Brasil 1 x 1 Alemanha
Amistoso
Data: 8/9/2004
Local: Estádio Olímpico, Berlim (Alemanha)
Gols: Ronaldinho Gaúcho (B); Kevin Kuranyi (A)
Time do Brasil:
Júlio César; Beletti (Maicon), Juan, Roque Júnior e Roberto Carlos; Edmilson, Juninho Pernambucano (Renato), Edu e Ronaldinho Gaúcho (Alex); Adriano (Júlio Baptista) e Ronaldo. Técnico: Carlos Alberto Parreira.

Brasil 3 x 2 Alemanha
Copa das Confederações (semifinal)
Data: 25/6/2005
Local: Frankenstadion, Nüremberg (Alemanha)
Gols: Adriano (2) e Ronaldinho Gaúcho (B); Podolski e Ballack (A)
Time do Brasil:
Dida; Maicon (Cicinho), Lúcio, Roque Júnior e Gilberto; Émerson, Zé Roberto, Kaká (Renato) e Ronaldinho Gaúcho; Robinho (Júlio Baptista) e Adriano. Técnico: Carlos Alberto Parreira.

Brasil 2 x 3 Alemanha
Amistoso
Data: 10/8/2011
Local: Mercedes-Benz Arena, Stuttgart (Alemanha)
Gols: Robinho e Neymar (B); Schweinsteiger, Götze e Schürrle (A)
Time do Brasil:
Júlio César; Daniel Alves, Lúcio, Thiago Silva e André Santos (Luiz Gustavo); Ralf, Ramires e Fernandinho (Paulo Henrique Ganso); Robinho (Renato Augusto), Alexandre Pato (Fred) e Neymar. Técnico: Mano Menezes.

Histórico de Confrontos: França x Alemanha

04 de julho de 2014 0
França e Alemanha pela Copa de 1982. Foto: Fifa/Divulgação

França e Alemanha pela Copa de 1982. Foto: Fifa/Divulgação

A rivalidade entre França e Alemanha promete movimentar a semifinal nesta sexta-feira. As duas seleções já se enfrentaram 25 vezes, com 11 vitórias da França, oito da Alemanha e seis empates. Os germânicos levam vantagem nos gols marcados: 42 contra 41.
O encontro é o quarto entre as duas seleções em Copas do Mundo. As duas seleções protagonizaram a primeira disputa de pênaltis da história da competição. Foi na semifinal de 1982, quando empataram em 1 a 1 no tempo normal, 2 a 2 na prorrogação e a Alemanha venceu por 5 a 4 nas cobranças de desempate.
Antes disso, já tinham se enfrentado em uma disputa épica pelo terceiro em 1958. A França venceu por 6 a 3, terminando a competição com o melhor ataque e a pior defesa. Em 1986, novo encontro na semifinal e nova vitória alemã, desta vez por 2 a 0.

Lances do jogo na Copa de 1982

Histórico de Confrontos: França x Nigéria e Alemanha x Argélia

30 de junho de 2014 0

França x Nigéria

Os dois se encontraram apenas em um amistoso, em 2009, em Saint-Etienne, na França. Vitória dos africanos por 1 a 0, gol de Akpala. Veja lances no vídeo abaixo.

 

Alemanha e Argélia na Copa de 1982. Foto: Fifa/Divulgação

Alemanha e Argélia na Copa de 1982. Foto: Fifa/Divulgação

Alemanha x Argélia

Por incrível que pareça, a Argélia nunca perdeu para a Alemanha. Foram dois jogos e duas vitórias africanas — 2 a 0 em um amistoso em 1964 e 2 a 1 pela primeira fase da Copa de 1982, na Espanha (veja vídeo abaixo).
Mas os argelinos também enfrentaram cinco vezes a antiga Alemanha Oriental, com quatro derrotas e um empate.

Histórico de Confrontos: Portugal x Gana, Alemanha x EUA, Argélia x Rússia e Coreia do Sul x Bélgica

26 de junho de 2014 0

Portugal x Gana

Será o primeiro confronto entre as duas seleções.

 

Alemanha e EUA em 2002. Foto: Divulgação/Fifa

Alemanha e EUA em 2002. Foto: Divulgação/Fifa

Estados Unidos x Alemanha

As seleções de futebol dos dois países se encontraram nove vezes, com sete vitórias alemãs e duas dos Estados Unidos (ambas nos dois primeiros jogos). A Alemanha marcou 23 gols, contra 12 dos adversários.
Em Copas do Mundo, eles se enfrentam pela terceira vez. Em 1998, na França, a Alemanha venceu por 2 a 0, em jogo válido pelo Grupo F. Quatro anos depois, os europeus eliminaram os americanos nas quartas de final, vencendo por 1 a 0 (veja lances desse jogo abaixo).

Argélia x Rússia

Depois de separada da União Soviética, as duas seleções não se encontraram mais. Foram três jogos entre URSS e Argélia, todos em amistosos. Em novembro de1964, foram dois jogos na casa dos africanos, com vitória soviética por 1 a 0 e empate por 2 a 2. Já em 1971, a URSS venceu em casa por 1 a 0. Não encontrei vídeos desses jogos.

Coreia do Sul x Bélgica

As duas seleções já estão acostumadas a se enfrentarem em Copas do Mundos. Dos três jogos realizados, dois foram na principal competição de futebol do planeta. Em 1990, pelo Grupo E, a Bélgica venceu por 2 a 0. Oito anos depois, também pelo Grupo E, empate por 1 a 1.
O terceiro encontro foi em um amistoso em 1999, vencido pelos sul-coreanos por 2 a 1. Veja abaixo lances do empate na Copa de 1998, que eliminou os belgas da competição.

Histórico de Confrontos: Argentina x Irã, Alemanha x Gana e Nigéria x Bósnia

21 de junho de 2014 0

Argentina x Irã

O Irã nunca perdeu para a Argentina. Tudo bem, foi apenas um jogo que terminou empatado em 1 a 1 (não foi a intenção fazer piada até porque ela não tem graça). O jogo aconteceu em 1977, em jogo válido pela Copa do 75º Aniversário do Real Madrid, na capital espanhola. Infelizmente, não consegui achar vídeo dessa partida.

 

Foto: Roberto Schmidt/AFP

Foto: Roberto Schmidt/AFP

Alemanha x Gana

Será a segunda partida entre Alemanha e Gana, novamente em Copas do Mundo. O único até agora foi em 2010, no Mundial da África do Sul, com vitória alemã por 1 a 0, gol de Özil, na última rodada da primeira fase.

Veja o golaço de Özil em 2010

Nigéria x Bósnia

Será apenas o primeiro encontro entre Nigéria e Bósnia. Nem antes, quando a Bósnia fazia parte da Iugoslávia, houve um encontro entre os dois países.