Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Em família: Luiza termina viúva em Paris

16 de julho de 2014 2

Luiza
Logo após a cerimônia de casamento, Laerte vai levar um tiro na porta da igreja. Luiza fica desolada, e resolve afogar as mágoas em Paris sozinha.

Ao ser baleado, Laerte cai em um poça de água e todos os convidados correm para local. As mulheres que passaram pela vida de Laerte se aglomeram em volta dele, e Luiza e Shirley se agarram ao músico aos prantos. Já agonizando, Laerte olha para as mulheres e lembra de momentos importantes com cada uma.

Ao olhar para Lívia, pergunta:

- Por quê?

A garota apenas chora e não responde. Logo chega uma ambulância e a polícia. Lívia é presa.

O tempo passa e Luiza chega de Paris com os Virgílio e Helena e vão ao Galpão Cultural. Em uma conversa com a amiga Alice, ela conta que sente falta do espaço:

- Sinto saudades do Galpão. É a música, a dança, a arte de uma maneira geral que nos deixa mais jovens e mais bonitos também. O Laerte me dizia: ‘Quero viver sempre num palco. É uma forma de não envelhecer e não morrer’”

Alice lembra que o flautista era um grande artista e Luiza completa:

- E um grande sedutor. Sabia errar e em seguida se desculpar. Pedir perdão. E a gente não tinha como não aceitar! Fui a mulher mais feliz do mundo tão cedo!”

A amiga diz que vai aparecer outro homem para encantar Luiza:

- Pode ser. Não fechei os olhos para a vida, a alegria e o amor. Um homem que não seja tão complicado como o Laerte, mas que me faça ir ao céu sempre que me tocar! Como ele sabia fazer!”- diz Luiza.

Comentários (2)

  • Maiko diz: 16 de julho de 2014

    Graças a Deus existe tele-cine, HBO, entre outros. A programação da Rede Globo é muito ruim, muita apelação.

  • suco diz: 16 de julho de 2014

    que ridículo

Envie seu Comentário