Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Baar Fun-Fun, um clássico em Montevidéu

08 de setembro de 2009 3


Assino embaixo do que escreve a MELISSA BECKER, que esteve recentemente em MONTEVIDÉU, e passou pelo BAAR FUN-FUN. Não dá para deixar de ir. Você pode passar horas muito agradáveis por ali, ouvindo música, se divertindo, dançando… Não tem nenhum luxo, mas é um clássico da capital uruguaia.


Fotos Melissa Becker, Arquivo Pessoal

“É um bar de fachada até discreta, localizado a uma quadra do Teatro Solís, na Ciudad Vieja — mas é um clássico da capital uruguaia. Não esqueça de colocar o Baar Fun-Fun (Calle Ciudadela, 1.229, Mercado Central) no roteiro da próxima visita à Montevidéu. E o que ele tem de mais? Boa música, uma pizzeta saborosa, bebidinhas secretas e mais de cem anos de história. Esse mesmo ambiente já serviu de cenário para Carlos Gardel que, em 1933, lhe dedicou um tango, cantado à capela. Hoje, você até pode encontrar Jorge Drexler entre as mesas lotadas por gente de todas as idades.  

A casa foi fundada em 1895 por Don Augusto López, e seus descendentes seguem na administração. Don Augusto criou duas bebidas, Pegulo e UVITA, que permanecem com suas fórmulas secretas ainda hoje. Vale a pena experimentar a Uvita (na foto, à frente da Patrícia), uma combinação de vinhos doces. Uma dose custa apenas 35 pesos.

Para muitos, esse é o endereço para se ouvir tango em Montevidéu. Ouvir. Fui ao Fun-Fun em uma quinta, e a estrela era a veterana Edid Ábalos — que, além de cantar, diverte os frequentadores em tiradas com o maestro Lucho Martínez na guitarra. Ao fim da apresentação, o minúsculo palco que tem como cenário fotos, reportagens e objetos antigos acomodou o Urbano Trio, com um repertório mais experimental.

Para mim, o tango na voz de Edid havia sido o auge da noite. Na próxima vez, planejo ir numa sexta ou sábado, noites que contam com mais cinco cantantes de tango e um músico com bandoneón, além de candombe.

Y más una uvita, por favor.”

Postado por Rosane Tremea

Comentários (3)

  • Gilberto Jasper diz: 8 de setembro de 2009

    Rosane! Faz tempo que pretendo visitar Montevidéu, Quando não conhece muito bem uma cidade muitas vezes é difícil encontrar um lugar “descolado” e com preços civilizados. Parabéns pela dica!São informações deste tipo que tornam o blog ainda mais útil!

  • Maria Fernanda Passos diz: 8 de setembro de 2009

    Perfeito!! Este lugar é encantador mesmo!! Vale a pena conferir

  • gustavo peralta diz: 8 de setembro de 2009

    Es reconfortante ver esta nota sobre este clàsico reducto de la bohemia montevideana.

    Aprovechen para visitar Montevideo y Uruguay.-

    esperamos a nuestros hermanos brasileros!

Envie seu Comentário