Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ainda o paraíso. Quer dizer, de novo a Polinésia

05 de janeiro de 2010 4

Ainda estou devendo a um leitor mais informações sobre a Polinésia Francesa, e promessa é dívida, mas depois de um post publicado na semana passada, o paraíso vem a mim sem que eu peça.

Há dias recebi de volta livros que estavam emprestados a uma pessoa querida
. Só hoje abri a sacola. Entre os cinco volumes estava O Paraíso na Outra Esquina, de Mario Vargas Llosa. Ganhei de minha amiga Carol Tarrío quando estava para embarcar rumo às ilhas do Pacífico. Como ela mesma escreveu, “não parecia haver nada mais adequado para o momento”. O livro mistura ficção e a realidade do pintor Paulo Gauguin em sua vida em Papeete, no Taiti. É uma leitura recomendável.

O que me chamou a atenção hoje, porém, não foi exatamente o livro e sua história, mas a coincidência e anotações que eu fiz na última página, durante a viagem entre Papeete (Taiti) e Santiago (Chile), ao tomar emprestado outro livro de um companheiro de viagem. É um trecho de Poemas Místicos, de Jalal ud-Din Rumi, poeta místico do século XIII, que diz o seguinte:

O Mundo Além das Palavras

Para mudar a paisagem,
basta mudar o que sentes;
e se queres passear por esses lugares,
basta expressar o desejo.

Quem haveria de imaginar essa morada,
esse céu, esse jardim do paraíso?
Tu, que lês este poema, traduze-o.
Diz a todos o que aprendeste sobre este lugar.

————————————-

Assim como a Carol, achei isso adequado para as nossas viagens, as suas e as minhas. Para ilustrar o paraíso, acrescento foto tirada em Huahine, uma das mais de cem ilhas da Polinésia. Essa italiana com um hibisco na orelha não está aí à toa. Ela foi muito importante nesse trecho da viagem, numa daquelas enrascadas que só quem viaja sabe que pode acontecer. Mas isso será tema de um outro texto.

Comentários (4)

  • Antonio Luzardo diz: 5 de janeiro de 2010

    Esse blog não está meio elitista? É só viagem cara. Quem pode ir à polinésia? Só jornalistas ricos

  • elio diz: 5 de janeiro de 2010

    Ora! Jornalista ganha que nem marajá, sabia? Tanto que nem precisa ter diploma de curso superior.

  • Blumenópolis » Blog Archive » _Jornal Zero Hora(RBS) 0601 2010 – Blumenau diz: 6 de janeiro de 2010

    [...] Mais uma vez a Polinésia [...]

  • SOLANGE diz: 7 de novembro de 2010

    Olá A.Luzardo?
    Teu nome me chamou a atenção… quando eu morava no Rio de Janeiro, tinha um amigo com o teu nome… muito amigo tb do Sérgio (menimo de olhos claros e cabelos cacheados)… Seria vc esse amigo da década de 70 do RJ, que após minha vinda para Brasília em 71, me escrevia cartas semanalmente, enviavas notícias da minha terra querida, me enviavas poesias, me enviavas letras de músicas traduzidas para o portugues, das canções que curtíamos???
    Um grande abraço,
    Solange

Envie seu Comentário