Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Para quem for a Punta no Carnaval, uma vista

12 de fevereiro de 2010 7

MARINA LOPES, que é correspondente de Zero Hora em Uruguaiana, esteve em PUNTA DEL ESTE há pouco e voltou de lá com uma dica, que pode servir para quem está indo passar o Carnaval na cidade uruguaia. A sugestão da Marina é um restaurante. Mais do que um restaurante, uma vista:

Se beber um clericot vendo iates e lanchas ancoradas no porto de Punta del Este já não é mais um programa suficiente para você, preste atenção: ver a cidade no topo de um dos prédios mais altos do balneário, num restaurante de vidro, que gira 360 graus em torno de seu eixo, pode ser uma pedida muito legal.

Esta é a proposta do restaurante La Vista, localizado no topo de 24 andares do edifício Torreón, no centro do balneário mais badalado da América do Sul. O local, até o ano passado, funcionava como uma boate, o Espaço Torreón Giratório.

Para quem chega, o privilégio já começa na entrada. No hall, que leva até o elevador panorâmico, há uma pequena galeria de arte. Depois de 12 segundos subindo dentro do elevador todo de vidro, já podendo contemplar a vista da cidade, as portas se abrem e apenas uma dúzia de degraus separa você do salão principal.

O ambiente é redondo, com piso de madeira e imensas janelas de vidro. A luz é suave e há aglomerados de minúsculas lâmpadas que lembram, sem exagero, partes de Pandora, o mundo dos avatares de James Cameron. A música ambiente mistura jazz e bossa nova com faixas exóticas proveniente de Egito, Índia e Tailândia. A cozinha e o bar ficam no meio do salão e na “borda” estão dispostas as mesas e confortáveis sofás. Esta é a parte que gira. Mas não se preocupe: o movimento é lento e não dá tempo de sentir enjoo. Uma volta completa é feita em uma hora. Então, a estrutura começa a girar para o lado oposto.

O cardápio é composto de uma variedade de tábuas espanholas. Quem pedir de entrada uma tábua de frios artesanais não vai se arrepender. Ah! Não esqueça de dar uma olhada na carta de vinhos da casa, há ótimos exemplares para todos os gostos e bolsos.

O La Vista fica na Calle Remanso, em diagonal com o cinema, na parada 1 da praia Mansa. Não é difícil identificá-lo quando se está rodando pelo centro da península. O restaurante está em um dos prédios mais altos da cidade e é muito parecido com um disco voador, devido ao formado e jogo de luzes que compõe seu exterior. Vale muito a pena!”

Comentários (7)

  • Paulo Pennaforte diz: 12 de fevereiro de 2010

    Rosane e Marina, a dica é boa para quem não conhece, Punta é sempre um lugar agradável. Agora, um pequeno reparo. Ao falar da música, classificam as de Egito, Índia e Tailândia como “exóticas”. Será que não dá para mudar essas cabecinhas bitoladas, que acham que música é só o que se faz no Ocidente, e em inglês? Música árabe ou indiana não tem nada de exótica, são apenas outros estilos de outras origens. E, felizmente, existem esses outros estilos, pois já chega ter que aguentar nossas rádios tocando o mesmo lixo americano o tempo todo. Vocês são viajadas, mas não conseguem abrir a cabeça e os olhos?

  • Felipe Porto diz: 12 de fevereiro de 2010

    A viagem até Punta realmente vale a pena, o cenário é deslumbrante.

  • Carla Bernardi Conte diz: 21 de abril de 2010

    Marina e Rosane
    Obrigada pela dica! O restaurante é tudo de bom mesmo. Exatamente o que a Marina descreveu com extrema sensibilidade. O lugar é deslumbrante, romântico…aliás, meu namorado (agora noivo) leu o post e me levou lá, advinhem para que? Me pedir em casamento!! Foi uma noite inesquecível e o local contou muito. Só fico triste por ter pessoas como o rapaz aí em cima que escrevem de maneira tão deselegante. As músicas realmente são exóticas, o que não tem nada de mais. Exótico é o que foge ao comum e o comum , aqui para nós, é ouvir música americana, brasileira, latina. Ou se ouve nas rádios música indiana todos os dias? OU seja, são sim exóticas e…maravilhosas, o que para mim ficou bem claro no relato de vocês. Sigam o trabalho maravilhoso que fazem, melhorando nosso lazer com essas dicas maravilhosas. Para mim, esta dica fez de uma noite fria em Punta as melhores horas da minha vida! Um abraço às duas

  • Daniela diz: 28 de setembro de 2010

    Oi Rosane, estou indo para Punta no próximo carnaval ( março de 2011), e gostaria de mais dicas de lugaras lá em Punta. Adoreeei seu blog, achei fantásticos seus relatos e a iniciativa de fazer um blogo para compartilhar suas experiencias..

  • Elisa diz: 21 de outubro de 2010

    Ola,
    você sabe qual é o site do restaurante?

Envie seu Comentário