Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Artistas de Barcelona e os cinemas

05 de março de 2010 2

Minha amiga Clarinha está estudando em BARCELONA, na Espanha. Nos seus relatos periódicos, tem enviado fotos de artistas de rua (veja as fotos abaixo), que são muitos pelas ramblas, e tem falado com curiosidade e estranheza sobre os cinemas locais, nos quais os filmes são dublados sempre para o espanhol, sem a opção da legenda. Só cinemas ou sessões especiais oferecem a possibilidade de ver o filme no idioma original.


Não sei como é em outros países da Europa, mas na Itália me chamou mesmo à atenção isso, o fato de os filmes todos serem dublados para o italiano. E mais: de fazerem intervalo, em geral de 10 a 15 minutos, para o público tomar um café, ir ao banheiro… É interessante, e às vezes dá margem para se conhecer gente no cinema, trocar impressões sobre a história etc e tal… Mas é chato também interromper o filme em momentos às vezes dramáticos…

Uma vez, para tentar ver uma produção não dublada, acabei no ODEON, em FLORENÇA, e fiquei encantada. O cinema fica num prédio construído em 1462, o Palazzo Strozzino, um dos mais interessantes exemplares da arquitetura renascentista. Virou cinema em 1922, conservando esculturas, tapeçarias e a cúpula com vitrais.

Por ali passaram músicos – Louis Armstrong e Ella Fitzgerald, por exemplo - e atrizes como Isabelle Adjani e Anjelica Huston, além dos diretores Bertolucci, Branagh, Salvatores e Benigni, entre muitos outros, por ocasião do Festival Internacional de Cinema de Florença. No caso do ODEON, adorei o intervalo. É que a sessão, no meio da tarde, era lotada de homens e mulheres ingleses que pareciam saídos do elenco de CHÁ COM MUSSOLINI (veja o trailer do filme abaixo).

Comentários (2)

  • Constantin Sokolski diz: 5 de março de 2010

    Além da beleza das fotos com os artistas de rua, chama a atenção a limpeza do entorno.
    Filme quando dublado, perde parte de sua essencia.
    No Canadá, filmes são apresentados com legenda, sempre quando a lingua não for o ingles.

  • Dana Geiger diz: 8 de março de 2010

    Aqui na Alemanha os filmes tambem sao todos dublados. Alguem uma vez me disse que seria um acordo com o sindicatos de atores para que estes tenham trabalho garantido. Nao sei se confere, mas que as vezes irrita, ah irrita. E ninguem entende quando eu reclamo, porque eles acham muito mais pratico e facil, logico (!), nao precisar ler. Só alguns poucos cinemas com sessoes especiais tem os filmes legendados. Abracos!

Envie seu Comentário