Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Café colonial em Morro Reuter

11 de março de 2010 12
Não apenas eu me apaixonei por Morro Reuter. Meu colega Cláudio Thomas, querido e eventual colaborador deste blog, passou por lá no domingo e mandou um recado:

“Rosane, no domingo percorri a BR-116 entre Caxias do Sul e Novo Hamburgo e fiquei surpreso com o belo município de Morro Reuter. A pequena cidade esbanja progresso, as ruas são limpas e existe boas opções de restaurantes que servem café colonial.
Um deles é o Café Colonial Walachay, que fica na Estrada do Walachai. A quantidade de doces e salgados impressiona. Do restaurante é possível olhar todo o vale, um visual deslumbrante.
Quem deseja conhecer mais detalhes pode ver o site www.cafewalachay.com.br
Em anexo, uma foto de parte do café colonial, cujo preço é bem acessível.”

P.S.: seguindo a dica do Thomas, fui lá conferir no final de semana. Ele tinha razão. É um belo passeio, o café vale por um almoço e a vista é realmente linda. Para acrescentar, os garçons são corretos, os proprietários simpáticos e cheios de planos para o futuro do café, incluindo ampliar a vista para o vale e construir um deck.
Acrescento duas informações práticas: o preço por pessoa é R$ 27 e, por falta de linha telefônica, por enquanto não são aceitos cartões de crédito, e o pagamento deve ser feito em dinheiro ou cheque. 

E vão mais algumas fotos feitas por mim também.

Comentários (12)

  • Viagem » Arquivo » Café colonial diz: 11 de março de 2010

    [...] Tremea conta como tomar o melhor café colonial. [...]

  • Antonio diz: 11 de março de 2010

    Para gosta de apreciar natureza, belas paisagens, qualidade de vida, Morro Reuter e regiao é recomendável. Recomendo a todos, se querem conhecer uma parte das nossas belezas naturais, facam este caminho para Caxias, apreciando cada paisagem, cada lugar, respirando e sentido o ar puro, numa manha de sábado/domingo no inverno entao …
    Um dos nossos pequenos mas grandes “Recortes de Viagem” do nosso querido estado.

  • Alberto Ramos diz: 11 de março de 2010

    Que bela matéria! Conheço Morro Reuter há mais de 20 anos, inclusive tive uma chácara em Walachay. Esse lugar é maravilhoso! É uma imensa satisfação, ler e constatar que mais e mais pessoas estão descobrindo a nossa serra. Parabéns!

  • Ana Contessa diz: 11 de março de 2010

    O preço do café é R$27,00 por pessoa, não acho nem um pouco acessível, pelo contrário acho um absurdo.

  • Raquel diz: 11 de março de 2010

    Absurdo são os preços em Gramado/Canela, quase R$ 40 por pessoa.

  • marcos h diz: 11 de março de 2010

    Olha que eu conheço muito café colonial por aí mas este é 10. Um dos melhores do RS, sem dúvida, pena que é pouco divulgado e fica num lugar de acesso por estrada de chão. Mas quem não conhece não pode perder esta oportunidade. vale a pena. Tem um bolinho de aipim que é uma loucura…

  • Eliete diz: 11 de março de 2010

    Moro na Polinésia francesa, ilha de Tahiti. Estou indo para Porto Alegre de férias. Em aril estaremos ai no café, eu e toda familia.^Estamos muito curiosos para conhecer. Origada a reportagem.

  • Kenzo diz: 11 de março de 2010

    R$ 27,00 não é um preço acessível? eu discordo, até acho bem barato, mas enfim…
    Ana, indique-nos um café colonial com um preço mais acessível, com certeza será uma bela dica!

  • regina diz: 28 de outubro de 2010

    o cafe da regina e maravilhoso,o preco e muito acessivel,o lugar e muito charmoso recomendo,os funcionarios e proprietarios nos passam muita dedicacao,educacao e carinho com o cliente,provem o bolinho de aipim,a torta de maca, a torta de limao que e uma delicia,bom apetite,parabens pelo lugar.

  • Munique Machado diz: 7 de junho de 2011

    Olá Rosane,
    Esse final e semana resolvemos seguir mais uma dica sua e fomos ao café Walachay, adoramos, comida boa e o lugar é fantastico. Adoramos

  • Sérgio diz: 13 de junho de 2012

    Também fiquei curioso Ana. Onde tu consegue café colonial a menos de R$ 27,00 por pessoa?
    No aguardo da dica.

Envie seu Comentário