Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Os jardins de Vancouver

14 de maio de 2010 6

Na volta das minhas férias, semana passada, postei fotos que mostravam os canteiros floridos de Washington. Me encantei com o cuidado dos jardins (se quiser ver o post, clique aqui).

Pois o leitor do blog Constantin Sokolski viu e mandou sua contribuição desde VANCOUVER, no Canadá, mostrando como são lindos e cuidados os jardins de lá. E como isso exige dedicação. Lá vão as belas fotos e as observações do Constantin:

“Dias atrás, você mencionou que, ao visitar Washington, apesar de encontrá-la com muitas flores, lamentou que as cerejeiras não estavam mais floridas. Como quase todas as cidades canadenses, Vancouver é repleta de parques, alguns enormes e famosos na América do Norte, como o Stanley Park, o Elizabeth Park ou o Van Dusen Botanical Gardens. Mas não são destes que irei falar.

O fato, é que a cidade é embelezada por milhares de pequenos jardins ou seja, quase todas as propriedades possuem alguma planta ou canteiro com flores. Exige trabalho, dedicação e investimento, pois, devido ao clima, geralmente é necessário plantar novas mudas três vezes ano.

Citaste que irias verificar como anda Porto Alegre neste quesito. Aqui, trata-se de fato comum encontrar-se ambientes com plantas e flores. As fotos que seguem não são dos parques especializados e enfeitados para o turista, mas sim de locações comuns nas ruas de Vancouver, inclusive do jardim do prédio onde resido.”

Em 2010, um inverno pouco rigoroso fez com que milhares de cerejeiras florissem mais cedo, entre fevereiro e março.

Existem cerca de 20 mil cerejeiras em Vancouver, plantadas em centenas de ruas. Com um pouco de imaginação, dá para dizer “que vão até onde a vista alcança”.

Todos os anos, o Parks Canada, que cuida da manutenção dos parques e avenidas, lança milhares de “ladybugs” (esqueci o nome do simpático inseto em português) nas árvores, para combater a proliferação de fungos e doenças nas mesmas.

Vaso ornamental em acesso de prédio. Esta é a versão de verão.

No inverno são plantadas as tulipas, que florescem entre abril e maio.

Um tipo de gerâneo, aqui conhecido como Martha Washington. Típica do verão.

Comentários (6)

  • Bianca diz: 14 de maio de 2010

    Lindos!
    Ladybug não é a JOANINHA?

    =)

  • Gabriele Bandeira diz: 14 de maio de 2010

    Não só Vancouver, mas Canadá em si é muito lindo na sua natureza. As ruas são enfeitadas com as cores das árvores e flores nos canteiros e nos jardins das casa. Ao conhecer a cidade de Banff, confesso que me senti como se estivesse em Gramado, pois além das flores, é uma cidade muito aconchegante e com hotéis pequenos e antigos.

    Vancouver é uma cidade incrível também, pois lá pode-se ver árvores em topos de edifícios, como se a natureza fosse mais valorizada do que qualquer coisa (e é!).
    O Canadá é simplesmente um país que todos deveriam conhecer.

  • Vilson diz: 14 de maio de 2010

    Que cidade maravilhosa essa tal de Vancouver, ´quem não gostaria de morar em uma cidade dessas, abraços

  • Constantin Sokolski diz: 14 de maio de 2010

    A leitora Bianca está certa. ” Ladybug ” é Joaninha.

  • Telmo Kotlhar diz: 14 de maio de 2010

    O Constantin foi meu colega de escola na Engenharia da PUC/RS.
    Por opção sua, reside há muitos anos no Canadá (percebe-se a longevidade da sua estada por lá, ao nem lembrar mais o nome que usamos para “joaninha”), aonde curte ativamente a vida deste mais-do-que civilizado país.
    Abração, Constantin
    Telmo

  • Maurício diz: 17 de maio de 2010

    Realmente o Canadá é um país maravilhoso… a Cidade de Victoria (Capital de British Columbia – em Vancouver Island) também parace uma “casa de bonecas” (também lembrei de Gramado, Grabriele)… o Beacon Hill Park é um espetáculo à parte, cada recanto mais lindo que o outro… Vancouver é linda mas com características de uma grande cidade… Whistler é um sonho… também acho que todos deveriam conhecer o Canadá, é realmente um show de civilização…

Envie seu Comentário