Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Coisas para comprar em viagens

09 de maio de 2011 3

Fazia tempo que não adicionava nada nesta categoria, COISAS PARA COMPRAR EM VIAGENS.

Vai ver, também, que é por que não costumo comprar muitas coisas além das minhas “bobagens”.

Eu não procuro, mas quando encontro não resisto a uma xícara bonitinha/diferente ou a uma gravura, aquarela ou postal para ser emoldurado.

Aqui vão alguns que eu colecionei ao longo de viagens nos últimos anos.

As duas da direita eu garimpei em feirinhas de antiguidades por aqui. A da esquerda veio da POLINÉSIA FRANCESA, lembrando imagens do pintor Paul Gauguin, que viveu por lá e representou os polinésios em boa parte de sua obra.

A da direita, eu comprei numa loja da Vista Alegre em LISBOA, a capital portuguesa. A do meio, numa dessas fábricas de vidros de Murano, em VENEZA. A da esquerda era uma peça de família.

As aquarelas com índios peruanos vieram de feirinhas no VALE SAGRADO e em CUSCO, numa viagem inesquecível pelo PERU.

Desconte o reflexo, que eu não soube fazer as fotos de forma mais adequada… As gravuras emolduradas vêm do Museu da pintora mexicana FRIDA KHALO, na Cidade do MÉXICO.

Na parede da cozinha, o primeiro quadrinho ao alto traz uma receita de pizza napolitana (há um outro de spaghetti), vindo de uma feirinha de AREZZO, na Itália. Os dois debaixo foram presentes vindos de CURITIBA.


Este último não é gravura, mas uma foto tirada e emoldurada por mim mesma. Como dá para ler na placa, trata-se de um vilarejo no norte da ITÁLIA com o nome da minha família. Coloquei na parede do meu escritório e nem preciso dizer que tem um valor sentimental muito grande.

Comentários (3)

  • Coisas para comprar em viagens | Viagem diz: 9 de maio de 2011

    [...] o post completo no blog Recortes de Viagem: Coisas para comprar em viagens var a2a_config = a2a_config || {}; a2a_localize = { Share: "Compartilhar", Save: "Salvar", [...]

  • Maria Amelia diz: 9 de maio de 2011

    Olá, que belas dicas. Relacionadas a posters. Eu já comprei até um tubo especial para trazer as gravuras. Diferente de outros presentes, estes não quebram no caminho, não vazam, não significam peso na bagagem. Como viajo muito, tento trazer as imagens sempre. O problema é que já não tem mais parede para pendurar os quadros…. Adorei o blog!

  • Betty Oliveira diz: 9 de maio de 2011

    Rosane,
    considero essas lembranças pessoais de viagens as melhores que podemos trazer. nada relacionado com compras de muitos dólares ou euros, mas lembranças que, em casa, quando as vemos, nos aquecem o coração. Essas viagens não terminam….

Envie seu Comentário